Sony Music Publishing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sony/ATV Music Publishing)
Sony Music Publishing
Limited liability company (LLC)
Atividade Editora musical
Fundação 1955 (como Associated Television)
1988 (como CBS Music Publishing)
1995 (como Sony/ATV Music Publishing)
Sede 25 Madison Avenue, Cidade de Nova Iorque, Estados Unidos
Proprietário(s) Sony Corporation
Subsidiárias EMI Music Publishing
Extreme Music
APM Music
Hickory Records
EMI Production Music
Bleeding Fingers Music
Website oficial www.sonymusicpub.com

Sony Music Publishing (anteriormente Sony/ATV Music Publishing) é uma editora musical, com sede nos Estados Unidos e parte do Sony Music Group, de propriedade da Sony Entertainment. É a maior companhia do ramo a nível mundial desde 2016.[1]

A empresa formou-se, originalmente, pela união da Sony of America com a ATV Music, de propriedade do cantor Michael Jackson. Cada uma das partes faturava metade dos direitos autorais das músicas do catálogo. Em 2016, os herdeiros do artista decidiram vender a sua participação de 50% no catálogo para a Sony, numa quantia avaliada em 750 milhões de dólares. Em 2019, Jon Platt tornou-se CEO e chairman da Sony/ATV;[2] em agosto, a curadoria da editora e da Sony Music Entertainment foram unidas sob a cautela do recém-formado Sony Music Group.[1]

Em 10 de fevereiro de 2021, a Sony/ATV mudou seu nome para Sony Music Publishing, revelando um novo logo e uma nova estratégia de marca.[3]

[editar | editar código-fonte]

Dentre suas mais valiosas aquisições está o catálogo Northern Songs, que consiste em 180 músicas escritas pelos Beatles, sendo a maioria de autoria de John Lennon e Paul McCartney. O álbum de maior sucesso da gravadora é o álbum Thriller, de Michael Jackson, que vendeu mais de 100 milhões de cópias no mundo todo. Além disso, a Sony/ATV detém os direitos autorais sobre as músicas dos artistas que mais venderam discos na história da música mundial: The Beatles, Michael Jackson e Elvis Presley. De acordo com o biógrafo John Blaney, o catálogo da editora tem o valor de 30 bilhões de dólares, contemplando mais de 300 mil canções.

No Brasil, músicas de Alcione, Zeca Pagodinho, Elaine de Jesus e Zezé di Camargo e Luciano também estão no catálogo.

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.