Esporte Espetacular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esporte Espetacular
Informação geral
Formato Programa jornalístico
Gênero Esportivo
Duração 180 minutos (60 minutos nos domingos com Fórmula 1 no horário)
Criador(es) Armando Nogueira
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Ali Kamel (DGJE)
Renato Ribeiro (CGESP)
Produtor(es) Cauê Dias
Fábio Juppa
Guilherme Van Der Laars
Jefferson Rodrigues
Marcela Zóia
Marcelo Pizzi
Marcelo Prata
Monika Leitão
Paloma Fukusig
Priscila Carvalho
Rafael Freitas
Rafael Honório
Yuri Bobeck
Editor(es) Charles Rosa
Douglas Lima
Guilherme Lima
Paulo Giglio
Raphael Palumbo
Rubian Natanael
Ueliton Silva
Apresentador(es) Ivan Moré
Glenda Kozlowski
Tema de abertura "Dr. Jeckle and Hyde Park" (Carnaby Street Pop Orchestra And Choir) (1973-2013)
Dr. Jeckle and Hyde Park (Orquestra Sinfônica Brasileira) (2013-presente)
Tema de
encerramento
"Dr. Jeckle and Hyde Park" (Carnaby Street Pop Orchestra And Choir) (1973-2013)
Dr. Jeckle and Hyde Park (Orquestra Sinfônica Brasileira) (2013-presente)
Exibição
Emissora de
televisão original
Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 1ª fase: 8 de dezembro de 1973 (40 anos) - 30 de abril de 1983
2ª fase: 22 de março de 1987 – presente
Cronologia
Programas relacionados Globo Esporte

Esporte Espetacular é o nome de uma revista eletrônica semanal de esportes, exibida pela Rede Globo desde 8 de dezembro de 1973, sendo um dos mais antigos programas ainda em exibição da televisão brasileira: atualmente, o programa é apresentado nas manhãs de domingo, com apresentação de Ivan Moré e Glenda Kozlowski.

O programa apresenta entrevistas, reportagens sobre ciência esportiva, personagens históricos e a relação social do esporte. Também apresenta o que foi notícia na semana esportiva, além de mostrar os gols da rodada e a preparação dos times de olho nos jogos do dia.

Quando há jogos na manhã de domingo, de vôlei, futebol de praia, futsal, etc., podem ser exibidos ao vivo durante o programa, assim como torneios de natação, entre outros.

O tema do programa, usado há vários anos, até 2013, é Dr. Jeckle and Hyde Park, da Carnaby Street Pop Orchestra And Choir.

Em 5 de junho de 2011, o ex-jogador de de vôlei Tande passou a fazer dupla com Glenda Kozlowski na apresentação do programa. O apresentador Luís Ernesto Lacombe, que estava no programa desde 2004, passou a apresentar a coluna de esportes do Bom Dia Brasil. Já Luciana Ávila, que apresentava o Esporte Espetacular desde 2009, deixa a apresentação, mas continuou no EE fazendo reportagens.[1]

Em 26 de agosto e 2 de setembro de 2012, o programa, juntamente com a empresa de artigos esportivos Adidas, produziram uma campanha para a escolha do nome da bola da Copa do Mundo FIFA 2014.[2]

Em 27 de janeiro de 2013, o jornalista Ivan Moré passou a apresentar o Esporte Espetacular ao lado de Glenda Kozlowski.[3] Até então ele substituiria o titular Tande, que estava de férias. O ex-jogador de vôlei deveria voltar a apresentar o esportivo em 17 de fevereiro, mas Ivan Moré, que substituía com frequência Tiago Leifert na edição paulistana do Globo Esporte, acabou efetivado, confirmando as então especulações de um desejo da nova direção de esportes da Rede Globo de fazer mudanças na apresentação do EE. Com a mudança dos apresentadores, Tande passou a fazer reportagens especiais para o programa[4]

Em 27 de julho de 2014, o jornalista Tiago Leifert apresentou o Esporte Espetacular ao lado de Glenda Kozlowski. Ele substituiu o titular Ivan Moré, que estava de férias. Depois, Ivan voltou ao comando.

Quadros e Séries[editar | editar código-fonte]

  • Base: Da Terra à Grama

Série sobre os desafios dos times brasileiros para buscar os novos talentos que possam ajudar na renovação do Futebol Brasileiro, abalada após a eliminação na Copa do Mundo de 2014.

  • Medina 360 Graus

Traz a trajetória do surfista Gabriel Medina, que pode ser o primeiro brasileiro a conquistar o título mundial de Surfe. Essa série acompanha a presença dele na etapas do WCT.

  • Passaporte Dourado

Um especial com João da Silva, advogado que agora irá participar de uma maratona fora do Brasil. Por isso, ele faz exercicios e treinos para o que é considerado o maior desafio de sua vida. Série feita pelo Eu Atleta.

  • Na Estrada com o Galvão

Quadro apresentado por Galvão Bueno que traz uma série de entrevistas com as estrelas do esporte nacional.

  • #partiuglenda

Quadro com Glenda Kozlowski que realiza o maior sonho de pessoas comuns: encontrar os idolos e conhecer o seu time do coração. Estreou em 27/07/2014.

  • Heróis Olimpícos

É uma viagem no tempo com as grandes conquistas dos atletas brasileiros em Jogos Olímpicos, com depoimentos, imagens e narrações históricas.

  • Mulheres Espetaculares

Com apresentação da jornalista Juliana Sana, registra a vida e carreira das mulheres que brilham no esporte. Em alguns casos, Juliana também participa dessas histórias, encarando os dificeis dias de treinos das atletas.

  • SuperClássicos do Brasileirão

Com uma mesa de Futebol de Botão, imagens em câmera lenta e a participação de ex-jogadores, o quadro reapresenta partidas históricas do Campeonato Brasileiro. Essa série contém 8 jogos.

Aberturas[editar | editar código-fonte]

São elas as aberturas desde 1973, os atletas são presentes nas aberturas do Esporte Espetacular, assim como o Globo Esporte.

  • 1976-1978: Essa abertura tem imagens de Atletas Brasileiros e surgiu o logotipo da Globo e o programa no meio da Abertura.
  • 1978-1981: Essa abertura surgiu o logotipo no inicio. E Atletas Brasileiros foram adicionados no meio da abertura ao som do tema original.
  • 1981-1983: Essa abertura surgiu fotos dos atletas brasileiros. E no final, surgiu o logotipo desde 1981. A música tema é uma instrumental estilizada.
  • 1987-1996: A abertura reabriu o programa com novo instrumental (que é atualmente executada nas chamadas), os atletas foram modificados em desenhos, depois que saiu em 1983. E no final, o logotipo de 1981 foi jogado para transmitir o logotipo.
  • 1996-1997: A versão curta da abertura de 1987 com regravação do arranjo, foi exibida no início do bloco. A outra vinheta que ganhou uma nova regravação para Dr. Jeckle and Hyde Park (que viria na vinheta de 2005-2013), foi exibida uma vinheta com imagens reais de atletas. E no final, o logotipo de 1981 (da cor vermelha) jogou novamente no chão.
  • 1997-2005: Essa abertura, a canção tema ganhou nova roupagem, os atletas foram modificados novamente em 1997 nos fundos azuis e fundo verde. A vinheta foi movida para o logotipo no fim.
  • 2000-2005: Adicionado o globo de vidro.
  • 2005-2013: Essa abertura tem letra com atletas no fundo e a música da vinheta é a mesma executada em 1996. E no final, surgiu o zoom menos em SD e o Zoom mais em HD.
  • 2013-presente: Essa abertura, logotipo e atletas foram modificados no fundo preto e cinza. No fim, o logotipo de 1981 foi modificado com três cores: Verde-lima, Abacate e Verde-chá e o arranjo foi modificado.

Referências

  1. Flávio Ricco (02/06/2011). Globo realiza alterações importantes nos programas de esporte UOL Televisão.
  2. Site oficial da campanha (http://globoesporte.globo.com/nome-da-bola-2014/)
  3. Keila Jimenez (25/01/2013). Globo renova seu time de âncoras Folha de S. Paulo.
  4. Flávio Ricco (15/02/2013). Globo afasta Tande e Ivan Moré assume "Esporte Espetacular" UOL Televisão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.