Globeleza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Globeleza
Logotipo na versão de 2015
Informação geral
Formato Programa de variedades
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Erick Bretas
Cristina Piasentini
Tema de abertura "Lá Vou Eu, Lá Vou Eu" - Jorge Aragão
Exibição
Emissora de
televisão original
Rede Globo
Canal Viva (desde 2014)
Transmissão original 1991 - presente (22 anos)

Globeleza é o nome dado à cobertura do carnaval no Brasil feita pela Rede Globo. É também o nome dado à mulata que samba nas vinhetas da emissora, pelo qual consagrou a carreira da dançarina Valéria Valenssa, que durante 14 anos foi a Mulata Globeleza, dançando apenas com o corpo completamente pintado nas vinhetas da emissora designadas para o carnaval.

Cobertura[editar | editar código-fonte]

A cobertura do carnaval é feita de três formas: com flashes durante a programação, com entradas ao vivo nos telejornais da emissora e com transmissões ao vivo nos fins de noite, nas madrugadas e no começo da manhã, dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo, além das apurações destes dois desfiles. Durante as transmissões nos períodos citados, há ainda entradas ao vivo ou gravadas de outras cidades, como Salvador (BA), Recife e Olinda (PE).

A transmissão do desfile do Rio de Janeiro, é apresentado desde a década de 1970 e a transmissão do desfile de São Paulo, começou nos anos 1990. além de ter a transmissão dos desfiles de Porto Alegre, que existe desde 2008, só para o Rio Grande do Sul. O mesmo que ocorreu em 2013, onde o desfile das escolas de samba da Série A (fusão dos grupos A e B) do Carnaval Carioca passou a ser transmitido só para o estado do Rio de Janeiro[1] e o Especial, cujo nesse ano, não mostrou o início da primeira escola, mostrando a parte final desta e o desfile inteiro.

Em 2014, o canal VIVA será o responsável por mostrar os desfiles das escolas de samba do Grupo de acesso do Carnaval Paulista e também da Série A do Carnaval Carioca, além do desfile das campeãs e compactos do desfiles dos Grupos especial, que até 2012, eram exibidos em outras TVs abertas[2] [3] [4] .

Em 2015, não existirá mais a transmissão dos desfiles de Porto Alegre, pela RBS[5] . fazendo com que os Desfiles das escolas de samba de São Paulo e Série A do Carnaval Carioca passem agora a dividir a escolha por cada afilhada da Globo.

Equipe e Transmissões[editar | editar código-fonte]

Logotipo da cobertura adotado de 2009 a 2011.

Rede Globo[editar | editar código-fonte]

Apresentadores
Comentaristas
Repórteres

Canal Viva (Viva Folia)[editar | editar código-fonte]

Apresentadores
Comentaristas

Ex-apresentadores[editar | editar código-fonte]

Mulatas Globeleza[editar | editar código-fonte]

Mulatas Globeleza

A mulata Globeleza é uma personagem promovida pelo canal brasileiro de televisão Rede Globo durante o período de carnaval, no qual a referida emissora promove sua cobertura das festividades sob o nome de Globeleza. Tal personagem surgiu no início da década de 1990 e consiste numa mulata sambando ao som do tema global para o carnaval daquele ano, exibida em vinhetas ao longo da programação diária. As mesmas vinhetas, sempre criadas pelo designer Hans Donner, também consagraram a música-tema da Globeleza, composta pelo sambista Jorge Aragão e conhecida pelo refrão "Na tela da TV, no meio desse povo, a gente vai se ver na Globo". Inicialmente, durante mais de uma década a mulata Globeleza foi interpretada por Valéria Valenssa, mulher do próprio diretor de arte Hans Donner. Em 2004 a Rede Globo coloca no ar uma vinheta com uma Globeleza virtual, apostando em tecnologia, sendo mudando novamente para uma Globeleza de carne e osso quando Giane Carvalho assume o posto em 2005. A partir de 2006, a belíssima Aline Prado assume a função com muito samba no pé e simpatia, ficando como Globeleza por 7 anos (2006-2013), quando deixa o posto para se dedicar a carreira de atriz. Em 2014, no programa Fantástico, Nayara Justino vence o concurso e se torna a Globeleza 2014, e agora em 2015, os produtores da vinheta, foram nos barracões das Escolas de Samba do Rio de Janeiro e São Paulo, onde descobriram a mais nova Globeleza. Erica Moura.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Alberto João – Carnavalesco (29/09/2012). Transmissão da TV Globo dos desfiles da Série A será para todo o Rio e com padrão do Grupo Especial 15:51. Visitado em 29/09/2012.
  2. TV Magazine (24/10/2013). Viva vai transmitir o Carnaval 2014 junto com a Globo 10:22. Visitado em 25/10/2013.
  3. Carnavalesco (21/10/2013). Canal Viva pode transmitir desfile das campeãs 13:36. Visitado em 23/10/2013.
  4. VIVA (28/10/2013). VIVA se une à TV Globo para transmitir o carnaval 2014 15:29. Visitado em 29/10/2013.
  5. setor 1 (28/08/2014). CONFIRMADO: Carnaval de Porto Alegre não será transmitido pela RBS TV. Visitado em 27/11/2014.