José Carlos Ferreira Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zé Carlos
Informações pessoais
Nome completo José Carlos Ferreira Filho
Data de nasc. 24 de abril de 1983 (30 anos)
Local de nasc. Maceió (AL),  Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1,86 m
Destro
Apelido Zégol
Informações profissionais
Clube atual =Emirados Árabes Unidos Sharjah
Número 9
Posição Atacante
Clubes de juventude
20012002 Brasil Corinthians-AL
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20022004
20022003
2004
2004
2005
20052006
20052006
20062008
2009
2009
2009
20102011
20102011
20112013
2013
2013
Brasil Corinthians-AL
Portugal Porto (emp.)
Portugal FC Vizela (emp.)
Brasil CRB-AL
Brasil Ponte Preta
Brasil CRB-AL
Coreia do Sul Ulsan Hyundai Horang-i (emp.)
Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors
Brasil Paulista
Brasil Cruzeiro
Brasil Portuguesa (emp.)
Japão Gamba Osaka
Brasil Portuguesa (emp.)
Brasil Criciúma
República Popular da China Changchun Yatai
=Emirados Árabes Unidos Sharjah








0017 000(10)
0009 0000(1)
0016 0000(8)
0004 0000(1)
0017 0000(5)
0071 000(57)
0010 0000(1)
0007 0000(6)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 20 de Outubro de 2013.

José Carlos Ferreira Filho, mais conhecido como Zé Carlos (Maceió, 24 de abril de 1983), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Sharjah.

Carreira[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de abril de 2009, diretoria do Cruzeiro anunciou a contratação do atacante.[1]

Em 12 de julho de 2009, Zé Carlos bateu o recorde de expulsão mais rápida do futebol brasileiro. Quando defendia o Cruzeiro, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro contra o Atlético Mineiro, o jogador foi expulso aos sete segundos de partida, após dar uma cotovelada no rosto de Renan.[2]

Criciúma[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2011 foi contratado pelo Criciúma para a série B do mesmo ano.[3] O jogador foi o artilheiro da equipe no campeonato, com 13 gols em 22 partidas. Levou sete cartões amarelos e um vermelho.[4]

No dia 5 de abril de 2012, em partida entre Criciúma e Atlético-PR pela Copa do Brasil, o jogador marcou um gol polêmico, aos 19 minutos do segundo tempo. Zé Carlos usou a cabeça para tirar a bola que estava na mão do goleiro Vinícius, dominou e marcou de forma irregular, mas que foi validado pela arbitragem.[5] [6]

No dia 10 de abril de 2012, Zé Carlos foi afastado pela diretoria, por dar declarações polêmicas sobre a equipe.[7] No dia 16, após uma conversa entre o jogador e a direção, o atleta foi reintegrado ao elenco.[8]

Zé Carlos nesse ano de 2012 entrou para a história do Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B como o jogador a marcar mais gols em uma única edição, com 27 gols, superando os até então recordistas Uéslei, do Bahia em 1999 com 25 gols e Alessandro, do Ipatinga em 2007 também com 25 gols.[9]

Após uma grande passagem pelo Tigre, acertou com o Changchun Yatai, da China, em fevereiro de 2013.[10]

Em junho de 2013, Zé Carlos rescinde o contrato com o Changchun Yatai, da China para assinar com Sharjah, dos Emirados Árabes.[11]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Porto
Ulsan Hyundai
Jeonbuk Hyundai Motors
Cruzeiro

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Criciúma

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.