Cyborg (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cyborg
CyborG dc.jpg

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição DC Comics Presents #26
Criado por Marv Wolfman
George Pérez
Características do personagem
Alter ego Victor Stone
Espécie Ciborgue
Afiliações Liga da Justiça, Novos Titãs
Parentesco Silas Stone (pai), Elionore Stone (mãe)
Situação presente Ativo
Codinomes conhecidos Cyberion
Homem-Robô
Habilidades O corpo cibernético de Cyborg possui;
  • Força sobre-humana
  • Velocidade sobre-humana
  • Durabilidade sobre-humana
  • Voo: Através de jatos
  • Armas integradas
  • Teletransporte
  • Sensores
  • Respirar embaixo d'água: Seu pulmão humano foi substituído por um pulmão cibernético
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Cyborg (ou Ciborgue em português) é um personagem norte americano da companhia de quadrinhos DC Comics. Ex-líder dos Novos Titãs e membro fundador da Liga da Justiça desde o reboot dos Novos 52 em Agosto de 2011. Victor era um atleta de futebol americano que numa explosão perdeu grande parte de seu corpo, e graças ao seu pai cientista, conseguiu substituir a massa perdida por componentes robóticos e tornou-se um ciborgue. Cyborg também é um dos membros fundadores dos Titãs na série de TV Os Jovens Titãs.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Filho único dos cientistas Silas e Elionore Stone, Victor Stone cresceu cercado pela ciência, sendo induzido a seguir a carreira dos pais, pois eles descobriram que Vic possuía um Q.I. de 170. Entretanto o garoto não teve uma infância normal, justamente por seus pais se dedicarem totalmente à ciência. Quando jovem, Vic começou a se relacionar com o encrenqueiro Ron Evers, metendo-se em problemas diversas vezes. Mas Vic continuou amigo de Ron, pois se sentia muito só e sem a atenção de seus pais.

Por insistência de Elionore, Silas permitiu que Victor frequentasse uma escola pública. Assim, o garoto fez muitos amigos e começou a desenvolver seu potencial atlético. Neste tempo, Vic conheceu sua primeira namorada, Marcy Reynolds. Victor treinava arduamente na esperança de se ingressar nos Jogos Olímpicos. Seu pai se irritou, pois seus planos para Victor eram outros. Queria que seu filho fosse um cientista, o que acarretou num relacionamento conturbado entre os dois. Um dia, Vic decidiu visitar seus pais nos Laboratórios S.T.A.R.. Silas e Elionore trabalhavam em dois projetos: Estudo e observação de outras dimensões e desenvolvimento de peças cibernéticas para serem usadas em soldados deficientes. Ao observar outra dimensão, Silas permitiu acidentalmente que uma criatura surgisse de uma barreira interdimensional. A entidade matou Elionore e deixou Victor gravemente ferido.

Desesperado com a situação, Silas não queria que seu filho tivesse o mesmo destino da mãe. Decidiu reconstituir o corpo dele com os protótipos em estudo. Utilizou aço reforçado, polímeros especiais e plástico. Vic sobreviveu e Cyborg nasceu. Irritado com seu pai e com sua situação atual, Vic se isolou da sociedade, mudando-se para a “Cozinha do Inferno”, local onde Ravena encontrou Vic e o convidou a se juntar aos Titãs. Satisfeito por seu filho estar se relacionando com o grupo, Silas construiu a Torre Titã e a deu de presente a ele e seus amigos. Alguns meses mais tarde, Silas veio a falecer devido a um envenenamento radioativo. Neste tempo, Vic se reconciliou com o pai e permaneceu junto dele até o final.

Com o tempo, Victor nutriu uma amizade íntima com o amigo Garfield Logan (Mutano). Conheceu também Sarah Simms, que trabalhava com crianças deficientes. As crianças tinham Victor como exemplo devido às suas próteses cibernéticas. Sarah e Victor se tornaram íntimos, entretanto nunca se relacionaram como namorados.

Mais tarde[editar | editar código-fonte]

Houve tentativas em substituir as peças cibernéticas por Promethium e por uma pele artificial, mas o corpo de Victor rejeitou as próteses. Neste período, Vic conheceu a Dra. Sarah Charles dos Laboratórios S.T.A.R.. Apaixonaram-se e iniciaram um romance. E também apareceram seus avós paternos, Tucker e Maude. Vic nutria um ressentimento por eles, pois não acompanharam sua infância e não compareceram ao funeral de seu próprio filho, Silas Stone. Entretanto, após uma longa conversa eles se entenderam. Os avós transformaram-se num suporte importante para a vida de Victor. Mais tarde, Sarah recebeu uma oferta para trabalhar nos Laboratórios S.T.A.R. da Costa Oeste. Isto abalou o relacionamento entre ela e Victor, mas superaram e continuaram o namoro à distância. Logo após estes eventos, membros antigos e atuais dos Titãs foram capturados pela Sociedade Gnu por razões desconhecidas. Exterminador, Tróia, Asa Noturna, Pantha, Fantasma e Arella se uniram ao resgate do grupo. Ficaram chocados ao descobrir que o líder dos Gnus era Joseph Wilson, seu amigo. Durante o conflito, foi lançado um foguete que continha em seu interior Victor Stone. O foguete caiu na Rússia. Com isso, os Titãs restantes se dirigiram à Rússia e lá encontraram outro amigo, Leonid Kovar, o Estrela Vermelha. Victor sofreu consequências decorrentes da queda do foguete. Um grupo de cientistas russos fez o possível para reconstituir Victor, mas não conseguiram recuperar sua mente. O novo corpo de Vic era mais volumoso e possuía novas habilidades, entretanto não interagia com as demais pessoas. Os Titãs voltaram aos EUA para encontrarem uma cura para Vic e tentar resgatar os outros amigos. O grupo derrotou os Gnus, mas perdeu Arella e Danny Chase. Ainda assim, Vic permaneceu inoperante.

Cyberion[editar | editar código-fonte]

Os Titãs encontraram, mais tarde, uma raça ciber-alienígena conhecida como Technis, que viajava pela galáxia explorando e catalogando dados. Estavam morrendo e precisavam de um humano, uma alma para sobreviverem. Elegeram Victor como receptáculo, fundindo-se ao Titã. Com isso, Victor passou a se chamar Cyberion e possuía um novo corpo. Victor viajou com a raça pela galáxia como seu protetor. Mais tarde, Cyberion se reuniu aos seus amigos num conflito interestelar, o qual destruiu Tamaran. Logo após, Ravena, Mínion e Garfield se uniram a Victor em sua viagem pela galáxia. Tempos depois, Garfield e Jarras decidiram cancelar a viagem. Jarras presenteou Victor com seu traje bélico, o Omegadromo. Este traje permitiu a Vic reconstruir o Império de Technis. Victor capturou uma variedade de “entulhos” de tecnologia de outros planetas. Dirigiu-se à Terra e decidiu transformar nossa Lua em um o novo planeta Technis, povoando-a com seus amigos Titãs. A LJA e os Titãs se uniram para impedir Victor. Conseguiram abrigar a alma de Victor no Omegadromo, recuperando assim sua sanidade e se tornando novamente Cyborg. Então os cinco fundadores dos Titãs decidiram reformar o grupo e convidaram Vic a se integrar. Victor aceitou e se juntou aos Titãs mais uma vez. Vic descobriu que Sarah estava se relacionando com um técnico dos Laboratórios S.T.A.R., DeShawn. Durante uma batalha com Tartarus e C.O.L.M.E.I.A., Vandal Savage ofereceu a Victor um novo corpo se o ajudasse a colher o sangue imortal de Adeline Kane. Antes de tomar qualquer decisão, Estelar destruiu o corpo de Adeline, impedindo Victor a fazer a escolha.

Voltando a ser humano[editar | editar código-fonte]

Asa Noturna, com a ajuda de Jesse Quick, resolveu ajudar Victor a encontrar uma nova “cura” para seu estado. Foram bem sucedidos. Victor recebeu um novo corpo, clonado de suas células originais, que foram coletadas pelos russos durante sua estada naquele país. Embora sua mente e habilidades cibernéticas estivessem interligadas ao Omegadromo, Victor possuía novamente um corpo biológico. E, pela primeira vez em anos, Victor pôde sentir-se humano novamente. Mudou-se para a Costa Oeste dos EUA, deixando os Titãs. Victor ajudou Flash durante “Mundos em Guerra” e resolveu retomar suas atividades como herói, mudando-se para Keystone City. Na tentativa de deter uma entidade demoníaca cibernética, que atacava a cidade, Victor teve seu corpo mecanicamente paralisado, revertendo, então, a seu corpo antigo prateado.

Mais tarde, um conglomerado conhecido como Optitron ofereceu patrocínio aos Titãs e à Justiça Jovem. Durante a proposta, uma garota cibernética vinda do futuro, Índigo, ativou um dos androides do Superman, acarretando nas mortes de Donna Troy e Lilith. No funeral de Donna, Dick dissolveu os Titãs.

Diante dos fatos, os membros da Justiça Jovem, especialmente Moça-Maravilha, sentiram-se responsável pelas mortes. Assim, Cyborg, Estelar e Mutano decidiram fundar novamente o grupo e orientar Superboy, Robin e Moça-Maravilha. Cyborg recebeu novas peças para seu corpo após o conflito com Índigo. Os Titãs se estabeleceram e tornaram-se um grupo coeso. Quando a equipe foi atacada pelo novo irmão sangue, que possuía poderes sobrenaturais e a ameaça de Jericó, o filho do vilão exterminador que possuía o poder de tomar corpos, Vic usou seu HardWare para aprisionar Jericó dentro dele. Durante um confronto com o doutor luz, Cyborg ativou uma nova contingência e criou escudos solares para sua armadura, que ficou negra. Após voltar ao normal, Vic foi atacado e semi-destruído por um Superboy controlado por Lex Luthor. Vic decidiu ajudar Donna Troy, que ressuscitou em um confronto estelar e, durante a Crise Infinita, que foi promovida por Superboy Primordial e Alex Luthor, Victor acabou destruído novamente. Foi desativado por um ano e depois voltou aos Titãs, ajudando a reconstituir o grupo.

Os Novos 52[editar | editar código-fonte]

A partir de Agosto de 2011, Cyborg é caracterizado como um dos principais personagens da nova série em curso da Liga da Justiça escrita por Geoff Johns e desenhada por Jim Lee como parte dos Novos 52.

Após o reboot, Victor Stone é apresentado como uma estrela do futebol americano no Ensino Médio fortemente procurado por olheiros universitários, mas que aparentemente possui uma relação distante de sue pai, Silas. Depois de ganhar um grande jogo, Victor é mostrado com raiva por seu pai ter quebrado novamente a promessa de assistir seus jogos. Mais tarde, Victor aparece nos Laboratórios S.T.A.R., onde seu pai trabalha. Os cientistas ali presentes trabalham na Caixa Materna encontrada por Superman com uma parademônio. Victor se envolve em uma discussão com o pai e se entristece quando Silas diz que nunca irá a nenhum de seu jogos. Só então a caixa Materna explode matando vários dos cientistas e destruindo a maior parte do corpo de Victor. Silas, juntamente com a estagiária Sarah Charles, usa a tecnologia do Quarto Vermelho, uma sala com as mais avançadas tecnologias do universo já encontradas na Terra, para salvar seu filho. A vida de Vic é salva e a energia da Caixa Materna é incorporada à sua nova forma como Cyborg. Isso permite a Victor acessar a vasta biblioteca de dados dos Novos Deuses e descobrir os verdadeiros planos de invasão de Darkseid.

Superman, Batman, Mulher Maravilha, Flash, Lanterna Verde, Aquaman e Cyborg se unem contra as forças de Darkseid e o mandam de volta pra Apokolips. Logo após a batalha, os sete ficam conhecidos com Liga da Justiça.

Cyborg morreu em batalha em DC Sneak Peek: Cyborg #1 (2015), mas voltou à vida na mesma edição.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

  • Cyborg aparece em The Super Powers Team: Galactic Guardians (a encarnação final de Superamigos), dublado por Ernie Hudson. A origem de Cyborg é contada através de uma revista médica lida pelo Dr. Martin Stein dizendo que Cyborg era um atleta promissor até que um acidente destruiu a maior parte de seu corpo e seu pai substituiu parte dele por peças de máquinas. Além disso, ele não é um Titã. Victor torna-se rapidamente amigo com o colega de equipe Nuclear. Vic é um afiliado da Liga da Justiça da América na série.
  • Cyborg é um dos personagens principais da série animada Os Jovens Titãs, onde é dublado por Khary Payton. Esta versão de Cyborg é muito parecida com seu homólogo dos quadrinhos. A principal diferença dos quadrinhos é que na série ele tem uma personalidade mais descontraída. Na série, Victor é órfão de mãe e ganhou suas partes cibernéticas após um grave acidente de carro.
  • Cyborg aparece na série live-action Smallville pela primeira vez no 15º episódio da quinta temporada. Nesta versão, interpretada por Lee Thompson Young, ele é uma ex-estrela de futebol da Metropolis High School.
  • Victor aparece no filme Teen Titans: Trouble in Tokyo novamente dublado por Khary Payton.
  • Cyborg aparece em Justice League: Doom dublado por Bumper Robinson. No filme, ele aparece como uma pessoa alegre, mas muito engenhoso.
  • Cyborg retorna na série Os Jovens Titãs em Ação com Khary Payton no papel. Ele é o melhor amigo de Mutano e sua comida favorita é hambúrguer. Apesar da série ser vagamente baseada na original de 2003, as origens e personalidade de Cyborg foram altamente alteradas.
  • Victor aparece em LEGO Batman: The Movie dublado por Brian Bloom.
  • Cyborg aparece como um membro da Liga da Justiça no filme Justice League: The Flashpoint Paradox dublado por Michael B. Jordan.
  • Cyborg aparece em Justice League: War dublado por Shemar Moore. O filme, baseado na origem da Liga da Justiça nos Novos 52, mostra como Victor se tornou o Cyborg, além de membro fundador da Liga da Justiça.
  • Cyborg aparece no filme de animação JLA Adventures: Trapped in Time, dublado por Avery Kidd Waddell.
  • Cyborg aparece no filme de animação Justice League: Throne of Atlantis, com Shemar Moore reprisando seu papel.
  • Cyborg aparece no filme de animação LEGO DC Comics Super Heroes: Justice League vs. Bizarro League, com Khary Payton reprisando seu papel.
  • Uma versão alternativa de Victor aparece em Justice League: Gods and Monsters dublado por Taylor Parks. No filme, seu pai Silas foi chamado pelo Superman para criar armas secretas, mas Vic e seu pai são mortos por uma criatura de metal projetado para parecer com o Superman. O momento em que Silas encaixa uma arma sônica em seu braço é uma referência à Cyborg, que possui uma arma semelhante.
  • Cyborg aparece no filme de animação LEGO DC Comics Super Heroes: Justice League: Attack of the Legion of Doom, dublado novamente por Khary Payton.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]