Guilherme Aguiar Camacho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Camacho
Informações pessoais
Nome completo Guilherme de Aguiar Camacho
Data de nasc. 2 de março de 1990 (31 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,81 m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 2008–presente (12 anos)
Clube atual Corinthians
Número 20
Posição Volante
Clubes de juventude
?
1999–2008
Madureira
Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes
2008–2014
2008
2010
2011
2013
2014
2014
2015–2016
2015
2016–
2018–2019
Flamengo
Paraná (emp.)
Goiás (emp.)
Bahia (emp.)
Audax Rio (emp.)
Audax (emp.)
Guaratinguetá (emp.)
Audax
Botafogo (emp.)
Corinthians
Athletico Paranaense (emp.)
Seleção nacional
2009 Brasil Sub-20

Guilherme de Aguiar Camacho (Rio de Janeiro, 2 de março de 1990), mais conhecido como Camacho, é um futebolista brasileiro que joga como volante. Atualmente, joga pelo Corinthians.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Categorias de base e Flamengo[editar | editar código-fonte]

Nascido no Rio de Janeiro, Camacho começou sua carreira nas categorias de base do Madureira. Chegou ao Flamengo ainda muito jovem, aos 9 anos de idade, e passou um bom tempo no futsal até poder jogar pelo time de campo. Camacho passou por praticamente todas as categorias de base do rubro-negro, vivendo o cotidiano do clube. Acabou ganhando a camisa 10 quando chegou nos juniores, inclusive, era responsável por reger a criação das jogadas do time, e com méritos, já que encantava com seus passes precisos, e boa visão de jogo, além da facilidade de bater na bola, principalmente em cobranças de bola parada.

Paraná[editar | editar código-fonte]

Tido como uma joia pela diretoria, em 2008 chegou a treinar com o time profissional a pedido do então treinador do Flamengo Caio Júnior, mas acabou sendo emprestado para o Paraná.[1] A ideia era fazer com que o ainda jovem atleta ganhasse experiência. No Paraná, Camacho fez seu primeiro jogo como profissional.

Retorno ao Flamengo[editar | editar código-fonte]

Voltou para o Flamengo no ano seguinte, inclusive, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2009, no entanto, a sua habilidade, aliado a alguns problemas de contusões passados pelo elenco profissional na disputa do Campeonato Brasileiro de 2009, fez com que o jogador fosse promovido ao elenco principal do clube e estreasse como profissional no clube que o revelou.

Goiás[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2010, com poucas chances no time, foi emprestado até o final da temporada para Goiás junto com o volante Lenon.[2]

Bahia[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte foi emprestado ao Bahia.[3] Pelo tricolor da boa terra teve uma participação bastante regular sendo treinado por nomes conhecidos do Flamengo, como Rogério Lourenço e o experiente Joel Santana.

Retorno ao Flamengo[editar | editar código-fonte]

Após a boa passagem pelo Bahia, retornou do empréstimo e foi reintegrado para a temporada 2012.[4] Marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra na vitória de 4 a 0 sobre o Bonsucesso, em partida válida pelo Campeonato Carioca de 2012.[5] No final de 2012, passou por uma cirurgia endovascular e perdeu muito espaço no Flamengo.[6]

Audax Rio[editar | editar código-fonte]

Passou pelo Audax Rio por empréstimo em 2013.[7]

Audax São Paulo[editar | editar código-fonte]

Ainda em 2013, se transferiu também por empréstimo para o Osasco Audax de São Paulo.

Guaratinguetá[editar | editar código-fonte]

Com o sucesso obtido com a camisa do Osasco Audax no Paulistão de 2014, Camacho acertou com o Guaratinguetá para a disputa da Série C, numa parceria entre os dois clubes aonde foi transferido com outros 19 atletas.[8]

Retorno ao Audax-SP[editar | editar código-fonte]

Retornou para o Audax no início de 2015.[9]

Botafogo[editar | editar código-fonte]

Após boas aparições no futebol de São Paulo, foi contratado por empréstimo pelo Botafogo para a disputa da Série B de 2015.[10]

Segundo retorno ao Audax[editar | editar código-fonte]

Acertou a sua volta para o Audax no inicio de 2016, após o Botafogo decidir não renovar o seu contrato.

Foi titular durante todo o Campeonato Paulista, sendo um dos destaques da equipe que chegou à final da competição, chegando a integrar a lista dos melhores do Paulistão 2016. Com um bom futebol apresentado no estadual, despertou o interesse do Corinthians. [11]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Em 2016 foi contratado pelo Corinthians, assinando contrato até o final de 2019.[12] Estreou pela equipe, no dia 17 de junho, em uma derrota por 1-0, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro 2016.[13] Marcou seu primeiro gol, com a camisa do clube alvinegro, no dia 16 de novembro de 2016, em um empate por 1-1, contra o Figueirense, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro 2016.[14]

Em 2017, fez parte do elenco campeão do Campeonato Paulista[15] e do Campeonato Brasileiro.[16]

Em 2018, foi emprestado para o Athletico Paranaense.[17]

Em 2020, retornou de empréstimo do Athletico Paranaense.[18]

Athletico Paranaense[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de fevereiro de 2018, foi anunciado como reforço do Athletico Paranaense em uma negociação de empréstimo envolvendo o lateral-esquerdo Sidcley, onde ambos ficaram emprestados até o fim da temporada.[19] Fez parte do elenco campeão da Copa Sul-Americana 2018.[20]

Em 04 de janeiro de 2019, seu contrato de empréstimo foi renovado até o final do ano.[21] Fez parte do elenco campeão da Copa do Brasil 2019.[22][23] No dia 10 de dezembro de 2019, se despediu do clube paranaense.[24]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Athletico Paranaense
Corinthians
Botafogo
Flamengo
Paraná
  • Campeonato Paranaense Segundo Turno: 2008

Base[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Prêmio Time Resultado Ref.
2016 Seleção do Campeonato Paulista Melhor meia Audax Venceu [25]

Referências

  1. «Flamengo libera outro jogador para poder apresentar Everton». GloboEsporte.com. 20 de agosto de 2008. Consultado em 11 de agosto de 2011 
  2. «Sem chance em seus times, trio chega ao Goiás». GloboEsporte.com. 24 de setembro de 2010. Consultado em 11 de agosto de 2012 
  3. «Bahia anuncia dois reforços do Rio de Janeiro: Titi e Camacho». GloboEsporte.com. 31 de janeiro de 2010. Consultado em 11 de agosto de 2012 
  4. «Camacho é convocado para voltar ao Flamengo e espera por uma chance». GloboEsporte.com. 30 de dezembro de 2012. Consultado em 11 de agosto de 2011 
  5. «Garotada faz bonito, e Fla estreia com goleada sobre o Bonsucesso». GloboEsporte.com. 21 de janeiro de 2012. Consultado em 11 de agosto de 2012 
  6. «Camacho passará por cirurgia para corrigir problema na artéria vertebral». GloboEsporte.com. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  7. «Flamengo empresta novamente meia Camacho ao Audax Rio». GloboEsporte.com. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  8. «Guará tem 23 jogadores após parceria com Audax; confira lista para estreia». globoesporte.com. Filipe Rodrigues. 26 de abril de 2016. Consultado em 2 de julho de 2016 
  9. «Bahia anuncia dois reforços do Rio de Janeiro: Titi e Camacho». GloboEsporte.com. 31 de janeiro de 2010. Consultado em 11 de agosto de 2012 
  10. «Guilherme Camacho se apresenta, e Lulinha realiza exames no Botafogo». GloboEsporte.com. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  11. «Paulistão: Osasco Audax confirma retorno de Tchê Tchê e Camacho». FutebolInterior.com.br. 8 de janeiro de 2016. Consultado em 20 de janeiro de 2016 
  12. «Corinthians oficializa contratação de Camacho, que assina por 3 anos». cidadeverde.com. Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians. 23 de maio de 2016. Consultado em 2 de julho de 2016 
  13. «Camacho estreia no Corinthians e pode ser titular em partida contra ex-clube». espn.uol.com.br. Daniel Augusto Jr. 17 de junho de 2016. Consultado em 2 de julho de 2016 
  14. «Camacho comemora primeiro gol marcado com a camisa do Corinthians». Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes. 17 de novembro de 2016. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  15. «Confira o elenco completo do campeão paulista de 2017 - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  16. «Elenco do Corinthians 2017». Elencos. 2 de outubro de 2019. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  17. «Camacho se despede do Corinthians em rede social após empréstimo ao Atlético-PR». Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes. 23 de fevereiro de 2018. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  18. «Camacho confirma sua volta ao Corinthians para 2020». Esporte Interativo. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  19. «Atlético-PR anuncia contratação de Camacho por empréstimo até o fim do ano». www.uol.com.br. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  20. «Elenco do Athletico Paranaense 2018». Elencos. 27 de setembro de 2019. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  21. «Corinthians renova empréstimo de Camacho ao Athletico-PR por mais um ano». www.uol.com.br. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  22. «É campeão! Um perfil dos protagonistas do Athletico na conquista da Copa do Brasil». ge. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  23. «Elenco do Athletico Paranaense 2019». Elencos. 11 de julho de 2019. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  24. «Camacho se despede do Athletico e revela volta ao Corinthians». Tribuna PR - Paraná Online. 10 de dezembro de 2019. Consultado em 13 de janeiro de 2021 
  25. «Santos domina seleção do Paulistão; Audax emplaca dois e mais o técnico». GloboEsporte.com. 9 de maio de 2016. Consultado em 16 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.