Dean Ambrose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jon Moxley)
Ir para: navegação, pesquisa
Dean Ambrose
Dean Ambrose 2015.jpg
Ambrose em janeiro de 2015.
Informações pessoais
Nome completo Jonathan Good
Nascimento 7 de dezembro de 1985 (29 anos)
Cincinnati, Ohio
Residência Tampa, Florida
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Dean Ambrose
Jonathan Moxley
Jon Moxley
Moxley Moxx
Altura
anunciada
1,93 m
Peso
anunciado
102 Kg
Anunciado
de
Cincinnati, Ohio
Treinado
por
Cody Hawk

Les Thatcher

Estreia Junho de 2004

Jonathan Good (nascido em 7 de dezembro de 1985) é um lutador de wrestling profissional estadunidense, mais conhecido pelo seu ring name Dean Ambrose. Ele trabalha para a WWE, onde seu reinado como o WWE United States Champion foi o mais longo da história da empresa. Ele é um ex-membro do grupo The Shield.

Good também é conhecido por seu trabalho no circuito independente como Jon Moxley entre 2004 e 2011. Ele trabalhou em pleno Full Impact Pro (FIP), Combat Zone Wrestling (CZW) e Dragon Gate USA e ganhou o FIP World Heavyweight Championship uma vez e a CZW World Heavyweight Championship duas vezes.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Heartland Wrestling Association (2004-2011)[editar | editar código-fonte]

Good começou sua carreira na Heartland Wrestling Association (HWA) em 2004, usando o ring name Jon Moxley, e começou a treinar com Cody Hawk e Les Thatcher. Em junho de 2004 Moxley fez sua estréia. Com nem um ano na companhia, Moxley iniciou uma parceria com Jimmy Turner e eram conhecidos como Necessary Roughness, e em 11 de maio de 2005 eles venceram o time de Mike Desire e Track, ganhando o HWA Tag Team Championship. Após perder o título para Quinten Lee e Ala Hussein, que formavam o time Foreign Intelligence, Moxley iniciou uma parceria com Ric Byrne, onde ficaram conhecidos como Heartland Foundation. Eles venceram Lee e Hussein pelo título em 19 de agosto de 2005, no entanto, no mesmo dia o cinturão foi retirado da equipe por razões desconhecidas. Brock Guffman novamente concedeu o título ao time Foreign Intelligence, e essa foi a última corrida de Moxley na divisão de duplas por um período de tempo.

Moxley no circuito independente em 2010.

Em 2006, Moxley iniciou o desafio pelo HWA Heavyweight Championship. Em 9 de maio de 2006, ele venceu o veterano Pepper Parks, onde permaneceu com o título por mais de quatro meses, quando perdeu para Chad Collyer em 12 de setembro do mesmo ano. Moxley iniciou seu segundo reinado em 2006 após vencer novamente Pepper Parks em 30 de dezembro. Em 2 de janeiro de 2007, ele perdeu o título para o "Buffalo Bad Boy" Brian Jennings.

Moxley retornou para a divisão de duplas formando um time com seu ex-treinador Cody Hawk. Em 12 de junho de 2007, Moxley e Hawk venceram Tack e Tarek para conquistarem o HWA Tag Team Championship. O reinado da dupla foi de apenas quatro dias, quando Andre Heart e Richard Phillips, conhecidos como GP Code, venceram a dupla pelo título. Moxley continuou na divisão de duplas pelo resto de 2007 até o início de 2010. Em 2009, Jon começou uma equipe com King Vu, onde ficaram conhecidos como Royal Violence. Eles conquistaram o HWA Tag Team Championship duas vezes enquanto estavam juntos. Enquanto continuava campeão de dupla, Moxley conseguiu o HWA Heavyweight Championship pela terceira vez. King Vu acabou atacando Moxley, custando a eles o HWA Tag Team Championship. Em 14 de julho de 2010, Jon Moxley perdeu o HWA Heavyweight Championship para Gerome Phillips.

Dragon Gate USA (2009–2011)[editar | editar código-fonte]

Good começou a trabalhar para a Dragon Gate USA (DGUSA) em 28 de novembro de 2009, onde venceu B-Boy em uma dark match. Jonathan continuou trabalhando para a empresa em 2010, e em 23 de janeiro venceu Darin Corbin novamente em uma dark match. Após essa noite, ele atacou Lacey até que Tommy Dreamer o salvou. Good formou uma equipe com Brian Kendrick para enfrentar Paul London e Jimmy Jacobs, onde Good e Kendrick saíram vitoriosos. No entanto, após o encerramento da luta, London e Kendrick jogaram Jon contra uma mesa. Em 27 de março, Good fez sua estréia em um pay-per-view da Dragon Gate USA em Phoenix, Arizona, lutando contra Dreamer em uma hardcore match, onde acabou vencendo. Em 8 de maio, seguindo o pay-per-view, Good sofreu uma séria lesão em seu peito durante uma luta contra Jimmy Jacobs.

World Wrestling Entertainment (2011-presente)[editar | editar código-fonte]

Ambrose iniciou sua carreira na WWE em seu território de desenvolvimento, a FCW, onde teve um grande desempenho, formando até uma rivalidade com CM Punk durante uma passagem do lutador, além de outra com William Regal. Em dezembro de 2011, Ambrose começou a lutar em house shows da companhia, sendo derrotado por Daniel Bryan e Ted DiBiase, e vencendo Drew McIntyre. Na WrestleMania XXVIII Axxes, Ambrose confrontou o lutador veterano Mick Foley, alegando que Foley era o responsável por liderar uma geração no mau caminho.

The Shield e United States Championship[editar | editar código-fonte]

Ambrose entrando pelo público com Seth Rollins e Roman Reigns.

Ambrose fez sua estréia no elenco principal da empresa em 18 de novembro de 2012, no pay-per-view Survivor Series, junto a Seth Rollins e Roman Reigns, onde atacaram Ryback durante o main event, uma triple-threat match pelo WWE Championship, permitindo Punk fazer a contagem em cima de John Cena e reter o título. No Raw seguinte, o grupo voltou a atacar Ryback o atirando em cima da mesa dos comentaristas. No Raw de 26 de novembro, trio declarou-se como "The Shield", proclamando que lutariam contra a "injustiça" dentro da empresa e alegando que não estariam trabalhando para Punk. Mas no evento principal da noite, após Punk derrotar Kane, o grupo voltou a atacar, desta vez o derrotado Kane e posteriormente Daniel Bryan e Ryback que foram o ajudar. No dia 4 de dezembro, depois de Punk realizar uma cirurgia no joelho e ficar impossibilitado de competir no TLC: Tables, Ladders & Chairs contra Ryback, Mr. McMahon marcou uma Luta Tables, Ladders, and Chairs entre os membros da The Shield contra Ryback, Kane e Daniel Bryan no pay-per-view onde The Shield saiu venceram o combate. Nas proximas edicoes do Raw eles começaram uma rivalidade com John Cena Sheamus e Ryback resultando num combate no [[Elimination Chamber (2013). No evento Shield venceram a luta e continuaram sua rivalidade com Sheamus. No Raw apos Sheamus e Randy Orton derrotar Cody Rhodes e Damien Sandow The Shield desafiou os dois para um combate na WrestleMania 29. Sheamus e Orton escolheram Ryback como integrante do grupo mas Ryback foi tirado do combate por Vickie Guerrero para enfrentar Mark Henry na WrestleMania 29. Entao Big Show foi escolhido. No evento The Shield venceram o combate e permaneceram invictos. No Extreme Rules, Dean Ambrose conquistou seu primeiro título na desde de que debutou no The Shield, o United States Championship. Ele venceu Kofi Kingston, na luta pelo título. No Payback Dean Ambrose derrotou Kane por count-out numa luta pelo titulo. No Money in the Bank Ambrose participou na luta de escadas por um contrato para uma luta pelo World Heavyweight Championship mas a luta foi vencida por Damien Sandow. No Raw de 12 de Agosto Rob Van Dam ganhou uma battle royal eliminando por ultimo Mark Henry, ganhando a chance de uma luta com Ambrose pelo titulo no SummerSlam. No evento Ambrose foi desqualificado por causa da interfrencia de Seth Rollins e Roman Reigns, mas reteve o titulo. No Night of Champions Ambrose reteve o titulo numa luta contra Dolph Ziggler. Na noite seguinte do Raw Ambrose foi derrotado por Ziggler em uma Non-title match, o que levou uma luta pelo título no Smackdown seguinte com Ambrose retendo seu título após interferência de Seth Rollins e Roman Reigns. Em 16 de outubro no episódio do Main Event Ambrose defendeu com sucesso seu título novamente contra Ziggler. No Hell in a Cell, Ambrose defendeu seu título frente a Big E Langston, na qual perdeu por count-out. Durante a luta sofreu um corte sério debaixo de seu queixo. No Survivor Series The Shield e The Real Americans venceram a tradicional luta survivor series, após Reigns ser o único sobrevivente da partida. Ambrose perdeu o seu título meses depois, estabelecendo um periodo de 351 dias como campeão, para Sheamus numa Battle Royal de 20 pessoas na RAW.

Rivalidades com Seth Rollins e Bray Wyatt (2014-presente)[editar | editar código-fonte]

Ambrose em um evento da WWE em 2015

Ambrose começou a rivalizar com Seth Rollins, durante este período Ambrose estreou com uma nova música de entrada e um novo traje. Depois disso foi adicionado ao Money In The Bank Ladder Match no Money in the Bank, mas Ambrose perdeu a luta pois Kane o atacou e ajudou Rollins a pegar a maleta. Ambrose foi programado para enfrentar Rollins no Battleground, mas Ambrose foi expulso da arena por Triple H. Ambrose e Rollins, lutaram no SummerSlam em um Lumberjack match, e Rollins venceu com a ajuda de Kane. Na noite seguinte, Rollins venceu Ambrose em um Falls Count Anywhere match com a ajuda de Kane. Após isso Ambrose se lesionou, e retornou no Night Of Champions em 21 de setembro, atacando Rollins. Após semanas, Ambrose e Rollins, se enfrentaram em um Hell in a Cell match no Hell in a Cell. Rollins venceu a luta após Ambrose ser atacado por Bray Wyatt

No TLC: Tables, Ladders and Chairs...and Stairs, Ambrose foi derrotado por Wyatt. Ambrose conseguiu vencer Wyatt em um Boot Camp match, mas mais uma vez foi derrotado por Wyatt em um Street Fight match.

No dia 19 de janeiro, no Raw, Ambrose derrotou o WWE Intercontinental Champion Bad News Barrett. No Royal Rumble, Ambrose participou do Royal Rumble match, mas foi eliminado por Kane e Big Show. Nas semanas seguintes, Ambrose exigiu uma luta pelo Intercontinental Champion de Barrett. Ambrose perdeu a luta por desqualificação, mas roubou o título. 

Ambrose no Wrestlemania 31

No WrestleMania 31, Ambrose participou de uma 7 Man Ladder Match pelo Intercontinental Champion, envolvendo também Daniel Bryan, Bad News BarrettR-TruthLuke HarperDolph Ziggler e Stardust, e Bryan saiu vitorioso. No dia 02 de abril, no SmackDown, Ambrose lutou contra Harper e acabou em No Contest. Em 13 de abril, no Raw, Ambrose atacou Harper, fazendo com que Harper perdesse para Ryback por desqualificação. Em 20 de abril, no Raw, Ambrose e Harper, lutaram e novamente acabou em No Contest. No Extreme Rules, Ambrose derrotou Harper e pela primeira vez venceu em um PPV após a separação dos The Shield. No dia seguinte, no Raw, Ambrose participou do King of the Ring, mas não passou para a próxima fase, pois Ziggler atacou seu adversário Sheamus, fazendo com que Sheamus vencesse por desqualificação.

No dia 04 de maio, no Raw, Ambrose derrotou o WWE World Heavyweight Champion Seth Rollins. Ele foi adicionado a uma Fatal 4 pelo WWE World Heavyweight Champion, também envolvendo Rollins, Randy Orton e Roman Reigns no Payback. No entanto, no evento, Rollins manteve o título. No Elimination Chamber Ambrose enfrentou Rollins pelo título, Ambrose venceu por desqualificação, e Rollins manteve o título. Apesar da perda, Ambrose roubou o título e desafiou Rollins em uma Ladder Match no Money in the Bank, e Rollins saiu vitorioso. Na noite seguinte, no Raw, Ambrose derrotou Sheamus. No SmackDown do dia 18 de junho, Ambrose foi derrotado por Kane e Sheamus por desqualificação, na mesma noite Ambrose se uniu a Reigns e foram derrotados por Kane e Sheamus. No Raw do dia 22 de junho, Ambrose foi derrotado por Kane, no SmackDown do dia 25 de junho foi derrotado por Rollins, no Raw do dia 29 de junho Ambrose e Reigns perderam para Rollins e Kane e no SmackDown de 02 de julho perdeu para Wyatt. Após essa série de derrotas, Ambrose voltou a vencer no Raw do dia 06 de julho derrotando Bo Dallas. E novamente derrotou Dallas no SmackDown seguinte.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Ambrose no WWE Axxess em 2014.

Em agosto de 2014, Good começou a filmar 12 Rounds 3: Lockdown, uma co-produção da Lionsgate e WWE Studios.[1] [2] O filme será lançado em 2015.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Lista de atuação em filmes
Ano Título Papel Notas Fonte
2015 12 Rounds 3: Lockdown John Shaw [2]

No Wrestling[editar | editar código-fonte]

  • Ambrose aplicando um Dirty Deeds (headlock driver) em The Miz
    Movimentos de finalização
  • Como Dean Ambrose
  • Dirty Deeds (Headlock Driver - 2012 - 2014 ou snap double arm DDT - 2014 presente)
  • Arm Trap Cross-legged STF - paródia a William Regal - FCW
  • Midnight Special-FCW
  • Running Knee - paródia a William Regal - FCW
  • Como Jon Moxley
  • Hook and Ladder (Chickenwing facebuster)
  • Moxicity (Spinning side slam)
  • One Hitter (Vertical suplex DDT
  • Cutter
Ambrose aplicando um Dirty Deeds (snap double arm DDT) em John Cena
  • Alcunhas
    • "Street Dog"
    • "The Lunatic Fringe"
  • Temas de Entrada
  • "Special Op" por Jim Johnston (16 de dezembro de 2012 – 16 de junho de 2014)
  • "Retaliation" por CFO$ (16 de junho de 2014 – presente)

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Ambrose como WWE United States Champion, ele ficou com o tútulo por 351 dias
    Combat Zone Wrestling
    • CZW World Heavyweight Championship (2 vezes)
  • Full Impact Pro
    • FIP World Heavyweight Championship (1 vez)
  • Heartland Wrestling Association
    • HWA Heavyweight Championship (3 vezes)
    • HWA Tag Team Championship (5 vezes) - com Jimmy Turner (1), Ric Byrne (1), Cody Hawk (1), e King Vu (2)
    • Attack of the Trios (2009) - com Dean Jablonski e Dick Rick
  • Insanity Pro Wrestling
    • IPW World Heavyweight Championship (2 vezes)[3]
    • IPW Mid-American Championship (1 vez)
  • Westside Xtreme Wrestling
    • wXw World Tag Team Championship (1 vez) - com Sami Callihan

Referências

  1. Dean Ambrose to star in WWE Studios' and Lionsgate's 'Lockdown' WWE (August 15, 2014). Visitado em September 14, 2014.
  2. a b Graser, Marc (August 14, 2014). WWE's Dean Ambrose to Star in Action Movie 'Lockdown' (Exclusive) Variety. Visitado em September 14, 2014.
  3. Insanity Pro Wrestling Heavyweight Champions Insanity Pro Wrestling. Visitado em 10 de abril de 2010. Cópia arquivada em 11 de setembro de 2009.
  4. "PWI 500": 101–200 Pro Wrestling Illustrated (8 de agosto de 2011). Visitado em 8 de agosto de 2011.