Leonardo Renan Simões de Lacerda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Léo
Léo
Comemoração gol do zagueiro Léo em 2010 no Palmeiras.
Informações pessoais
Nome completo Leonardo Renan Simões de Lacerda
Data de nasc. 30 de janeiro de 1988 (30 anos)
Local de nasc. Belo Horizonte (MG), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,87 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Cruzeiro
Número 3
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
2002–2006 Grêmio
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007–2009
2010
2010–
Grêmio
Palmeiras
Cruzeiro
0119 000(10)
0023 0000(3)
0325 000(19)
Seleção nacional3
2007
2008
Brasil Sub-23
Brasil
0000 0000(0)
0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 21 de outubro de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 11 de julho de 2012.

Leonardo Renan Simões de Lacerda, mais conhecido como Léo (Belo Horizonte, 30 de Janeiro de 1988), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro.[1] Atualmente, joga pelo Cruzeiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Léo saiu de Belo Horizonte onde nasceu para iniciar sua carreira profissional no Grêmio em 2007. Após boas atuações pelo Tricolor Gaúcho, o jogador foi chamado pelo técnico Dunga à Seleção Brasileira para o jogo contra a Suécia, em 26 de março de 2008. Apesar disso, ele acabou não entrando em campo pela equipe.

Em 28 de abril de 2009, Léo renovou seu contrato com o Grêmio até 2012. Mas em 18 de dezembro do mesmo ano, foi transferido para o Palmeiras em troca do empréstimo de outro zagueiro, Maurício, mais o abatimento de uma parte (R$ 6,5 milhões) de uma dívida de R$8 milhões do clube gaúcho com o clube paulista.

Estreou pelo Palmeiras no dia 16 de janeiro de 2010, em vitória frente ao Mogi Mirim, na estreia do Campeonato Paulista, quando o Palmeiras venceu por 5–1 e Léo marcou o segundo gol da equipe alvi-verde.

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

2010 e 2011[editar | editar código-fonte]

Na metade de 2010, foi contratado pelo Cruzeiro, em troca do zagueiro Leandro Amaro mais uma quantia em dinheiro. No Cruzeiro ele vivenciou um péssimo momento do time em 2011, Léo não chegou como grande estrela no Cruzeiro, ocupou seu espaço aos poucos, conquistou a torcida por jogar simples e claro torcer para o clube.[carece de fontes?]

2012[editar | editar código-fonte]

Em 2012, fez uma boa temporada, foi algumas vezes improvisado na lateral direita e sempre correspondeu[carece de fontes?] quando foi chamado.

2013[editar | editar código-fonte]

Seu bom desempenho fez a diretoria renovar seu contrato, e assim permaneceu para a temporada de 2013, temporada que enfim conquistou seu primeiro grande título com o Cruzeiro, o Campeonato Brasileiro daquele ano, porém sendo reserva na maioria do jogos.

2014[editar | editar código-fonte]

Em 2014, conquistou o Campeonato Mineiro em cima do Atlético e disputou a Copa Libertadores daquele ano, sendo eliminado nas quartas de finais pelo então campeão San Lorenzo.

No final do ano veio o presente, o bi campeonato consecutivo do Campeonato Brasileiro, feito único até então na história celeste, dessa vez Léo foi titular absoluto da defesa cruzeirense, fazendo grandes partidas e marcando gols importantes[carece de fontes?]. O quarto titulo na história do Cruzeiro.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grêmio
Cruzeiro

Outras conquistas[editar | editar código-fonte]

Palmeiras
Cruzeiro

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clube Competição Jogos Gols
Grêmio Copa Sul-americana de 2008 2 1
Grêmio Campeonato Gaúcho de 2009 14 2
Grêmio Copa Libertadores da América de 2009 11 2
Grêmio Campeonato Brasileiro de 2009 24 0

Atualizadas em 11 de abril de 2013[2]

Referências

  1. [1]
  2. ACEG Estatísticas de Carlos Pimenta

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.