Lista de fundações partidárias do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coat of arms of Brazil.svg
Parte da série sobre
Política do Brasil
Portal Portal do Brasil

Esta é a lista de fundações partidárias do Brasil. Elas são organizações ligadas aos partidos políticos no Brasil e a elas cabem o fomento à educação política, bem como a formulação e discussão de projetos políticos, conforme as diretrizes e princípios ideológicos do partido político.[1][2] No país, por obrigação legal, os partidos devem criar e manter essas organizações de pesquisa e formação com rapasse mínimo de 20% dos recursos recebidos do Fundo Partidário.[3][4] Desde 2005, ela deve ser única nacionalmente e pertencer à categoria de pessoa jurídica de fundação — uma vez que não há a categoria de "instituto" no Código Civil brasileiro.[3] As fundações são questionadas pela sua efetividade na formação política, pelo uso do dinheiro público sem muita fiscalização e por ser acusada de servir de "cabide de empregos" para candidatos derrotados nos pleitos eleitorais.[5][6]

Partido político Fundação partidária
DEM Fundação Liberdade e Cidadania[7]
PCB Fundação Dinarco Reis[7]
PCdoB Fundação Maurício Grabóis[7]
PDT Fundação Leonel Brizola - Alberto Pasqualini[7]
PEN Fundação Ecológica Nacional[7]
PHS Fundação Solidarista[7]
PMDB Fundação Ulysses Guimarães[7]
PMN Fundação Juscelino Kubitschek[7]
PP Fundação Milton Campos[7]
PPS Fundação Astrojildo Pereira[7]
PR Fundação Álvaro Valle[7]
PRB Fundação Republicana Brasileira[7]
PRP Fundação Dirceu Gonçalves Resende[7]
PRTB Instituto Jânio Quadros[7]
PSB Fundação João Mangabeira[7]
PSC Fundação Instituto Pedro Aleixo[7]
PSD Espaço Democrático[7]
PSDB Instituto Teotônio Vilela (ITV)[7]
PSDC Instituto Democrata Cristão de Formação Política[7]
PSL Instituto de Inovação e Governança (INDIGO)[8][9]
Extinto: Instituto Milton de Lyra Bivar[7]
PSOL Fundação Lauro Campos[7]
PSTU Instituto José Luiz e Rosa Sundermman[7]
PT Fundação Perseu Abramo (FPA)[7]
Extinto: Fundação Wilson Pinheiro
PTB Fundação Instituto Getúlio Vargas[7]
PTC Instituto de Estudos Políticos São Paulo[7]
PV Fundação Verde Herbert Daniel[7]
REDE Instituto Democracia e Sustentabilidade[7]
SD Fundação 1º de Maio[7]

Hoje, encontram-se extintos, mas quando em seus períodos de atividades, os seguintes partidos políticos brasileiros possuíam institutos:

  • PFL: Instituto Tancredo Neves[7]
  • PRONA: Instituto de Ciência Política Marechal Rondon[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Postscript-viewer-blue.svgVer também a categoria: Instituições de pesquisa do Brasil

Referências

  1. Preusser, Fernando (20 a 22 de Maio de 2015). «Fundações Partidárias e Think Tanks no Brasil: uma proposta de análise». Curitiba. 6º Seminário Nacional de Sociologia & Política. Consultado em 26 de abril de 2017  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. FERNANDES, Ivan Filipe de Almeida Lopes; DANTAS, Humberto (2012). «Fundações partidárias no Brasil e no mundo: funções legais, ações formativas e análise em perspectiva comparada» (PDF). VIII Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. Consultado em 26 de abril de 2017 
  3. a b «TSE altera Resolução sobre regras para fundações partidárias». Migalhas. 27 de março de 2008 
  4. «Projeto reduz percentual de repasse a fundações partidárias». Senado Federal. 26 de outubro de 2016 
  5. «Partidos veem 'fartura' em fundações - Política - Estadão». Estadão 
  6. Braziliense, Correio. «Fundações partidárias viram cabides de emprego para políticos derrotados». Correio Braziliense 
  7. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad TRE-RJ. «Fundações partidárias» (PDF). Consultado em 6 de Setembro de 2014 
  8. «PSL/Livres lança site do Indigo, seu novo instituto de políticas públicas – Boletim da Liberdade». Consultado em 26 de abril de 2017 
  9. «Candidato do PSL defende privatizações e Prefeitura menor em Porto Alegre - Sul21». Sul21. 1 de agosto de 2016