José Loureiro dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Loureiro dos Santos)
Ir para: navegação, pesquisa
Loureiro dos Santos
General José Alberto Loureiro dos Santos fardado
Ministro(a) de Portugal Portugal
Período IV Governo Constitucional
  • Ministro da Defesa Nacional

V Governo Constitucional

  • Ministro da Defesa Nacional
Antecessor(a) Mário Firmino Miguel
Sucessor(a) Adelino Amaro da Costa
General Loureiro dos Santos
Vida
Nome completo José Alberto Loureiro dos Santos
Nascimento 2 de setembro de 1936
Sabrosa, Celeirós, Vilela do Douro
Dados pessoais
Profissão Militar

José Alberto Loureiro dos Santos GCCCvAComA • 4 MPSDMOSDMSMMMPMMGCIHMPCEMOCE (Sabrosa, Celeirós, Vilela do Douro, 2 de Setembro de 1936), é um militar e político português.[1]

Loureiro dos Santos ingressou no exército em 1953, tendo passado à reserva em 1993.[2]

Militar do ramo de Artilharia, tem o Curso de Estado-Maior (1966 a 1969) e Curso de Comando e Estado-Maior do Exército Brasileiro.[1][2]

Foi Vice-Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas (Portugal) e Chefe do Estado-Maior do Exército.

Ocupou diversos cargos em governos portugueses e surge, com frequência, nos meios de comunicação como comentador de assuntos sobre estratégia, segurança e defesa.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Carreira Militar[editar | editar código-fonte]

No ano em que concluiu os estudos secundários em 1953, ganhando o prémio nacional de melhor aluno dos liceus, ingressou na Escola do Exército onde escolheu a Arma de Artilharia, fazendo o tirocínio na Escola Prática (1956/1957). Foi promovido a Alferes e, sucessivamente, a: Tenente (1959), Capitão (1961), Major (1969), Tenente-Coronel (1976), Coronel (1979), Brigadeiro (1982), General (1987) e General de 4 estrelas (1991). Transitou para a situação de reserva em 1993, a seu pedido, por desentendimentos com o Governo de então, e passou à reforma em 1998.

Prestou serviço na Escola Prática de Artilharia, Regimento de Lanceiros nº1, Estado-Maior do Exército, Instituto de Altos Estudos Militares e Estado-Maior General das Forças Armadas.

Cumpriu duas comissões no Ultramar, respectivamente, em Angola (1962/1965) e Cabo Verde (1972/1974).

Frequentou o Curso de Estado-Maior do Exército português (1966-1969) e o Curso de Comando e Estado-Maior do Exército Brasileiro, corresponde ao doutoramento em Ciências Militares (Doutor em Aplicações, Planejamento e Estudos Militares). 

Colocações Militares[editar | editar código-fonte]

Loureiro dos Santos ocupou estes postos militares ordenados cronologicamente:

Carreira Académica (militar e não militar)[editar | editar código-fonte]

Loureiro dos Santos foi também: colaborador de publicações e revistas nacionais e estrangeiras em assuntos de Estratégia e Segurança e Defesa, assim como da imprensa escrita nacional e estrangeira, tendo sido colunista regular nos jornais Diário de Notícias (1978 a 2004), Público desde essa data, e no Correio da Manhã (2008 a 2011).

Foi ainda: membro fundador do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, membro do Centro de Estudos Estratégicos do Instituto de Altos Estudos Militares, membro cooptado da Assembleia estatutária da Universidade Nova de Lisboa, presidente do Conselho Deontológico da Associação dos Oficiais das Forças Armadas, presidente da Assembleia Geral do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, presidente da Assembleia Geral da Associação dos Militares na Reserva e na Reforma, membro do Grupo de Reflexão Estratégica do Ministério da Defesa Nacional, e participou na Comissão de Revisão do Conceito Estratégico de Defesa Nacional em 2012.

É também: sócio efectivo da Revista Militar, sócio efectivo da Sociedade de Geografia de Lisboa, sócio honorário da Associação dos Auditores dos Cursos de Defesa Nacional, sócio vitalício e emérito do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, sócio honorário da Associação dos Militares na Reserva e na Reforma, sócio do Clube Europeu para a Governança dos Sistemas de Informação (Portugal), membro do Conselho Científico do Boletim do Instituto de Estudos Superiores Militares, do Conselho Consultivo da Revista Relações Internacionais do Instituto Português de Relações Internacionais, do Conselho Executivo da Revista Segurança e Defesa.  

Actividades Políticas[editar | editar código-fonte]

Loureiro dos Santos exerceu funções político-militares:

  • Encarregado do governo, delegado da Junta de Salvação Nacional, quando era Comandante-Chefe das Forças Armadas em Cabo Verde (com o posto de major, de 05/1974 - 09/1974).
  • Secretário do Conselho da Revolução (03/1975 - 08/1975).
  • Como major, participou no planeamento e execução das operações que contiveram o golpe de 25 de Novembro de 1975, contenção que permitiu a concretização de um regime democrático pluralista no país.
  • Vice-Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (como Tenente-Coronel graduado em General de 4 estrelas), em 1977; acumulou, então, por inerência, as funções de membro do Conselho da Revolução.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Apontamentos de História para Militares (1979)[4]
  • Forças Armadas, Defesa Nacional e Poder Político (1980)[4]
  • Incursões no Domínio da Estratégia (1983)[4]
  • Abordagem Estratégica da Guerra da Independência (1986)[1]
  • Como Defender Portugal (1991)[4]
  • Reflexões sobre Estratégia (2000)[5]
  • Segurança e Defesa na Viragem do Milénio – Reflexões sobre Estratégia II (2001) [6]
  • Ceuta 1415 – A Conquista (2002) [7]
  • A Idade Imperial – Reflexões sobre Estratégia III (2003) [8]
  • E depois do Iraque? (2003) [8]
  • Convulsões Ano III da "Guerra" ao Terrorismo – Reflexões sobre Estratégia IV (2004)[9]
  • O Império Debaixo de Fogo - Ofensiva Contra a Ordem Internacional Unipolar – Reflexões sobre Estratégia V(2006)[10]
  • A Ameaça Global – O Império em Cheque, a Guerra do Iraque em Crónicas (2008)[11]
  • As Guerras Que Já Aí Estão e as Que nos Esperam se os Políticos Não Mudarem – Reflexões sobre Estratégia VI (2009)[12]
  • História Concisa de Como se Faz a Guerra (2010)[13]
  • Forças Armadas em Portugal (2012)
  • Tempos de Crise - Reflexões sobre Estratégia VII (2014)
  • Diversas comunicações na Academia das Ciências de Lisboa
  • Coordenou e participou na obra, com a classificação “Reservado”, Elementos para a Defesa da Zona de Operações Terrestre de Portugal (1982), participou em várias obras colectivas, e foi colaborador da Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura e orientador dos assuntos militares da Enciclopédia Verbo Século XXI.

Condecorações[14][15][editar | editar código-fonte]

Também lhe foram atribuídas:

  • Placa de Honra da Cruz Vermelha Portuguesa
  • Medalha de Ouro do Município de Sabrosa
  • Medalha de Ouro do Município de Vila Pouca de Aguiar
  • Medalha de Mérito Grau Ouro do Município de Oeiras

Funções governamentais exercidas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «Figuras Ilustres / Loureiro dos Santos». Município de Sabrosa. Sabrosa.pt. 2010. Consultado em 2 de dezembro de 2010 
  2. a b c «Ciclo de Conferências de Senadores». Instituto Politécnico de Portalegre. Ipportalegre.pt. Consultado em 2 de dezembro de 2010 
  3. «E Depois do Iraque?». Publicações Europa-América. Europa-america.pt. 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2010 
  4. a b c d «Loureiro dos Santos». Academia das Ciências de Lisboa. Consultado em 2 de dezembro de 2010 
  5. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/reflexoes-sobre-estrategia/a/id/65768  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  6. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/seguranca-e-defesa-na-viragem-do-milenio/a/id/65978  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/ceuta-1415/a/id/110143  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  8. a b Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/a-idade-imperial/a/id/66160  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/convulsoes-ano-iii-da-guerra-ao-terrorismo/a/id/63175  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  10. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/o-imperio-debaixo-de-fogo/a/id/181049/filter/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  11. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/a-ameaca-global-o-imperio-em-cheque/a/id/202602  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  12. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/as-guerras-que-ja-ai-estao-e-as-que-nos-esperam-se-os-politicos-nao-mudarem/a/id/3249545  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  13. Wook.pt http://www.wook.pt/ficha/historia-concisa-de-como-se-faz-a-guerra/a/id/10305008  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  14. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras». Resultado da busca de "José Alberto Loureiro dos Santos". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 12 de fevereiro de 2015 
  15. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "José Alberto Loureiro dos Santos". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 12 de fevereiro de 2015 
Precedido por
Mário Firmino Miguel
Ministro da Defesa Nacional
IV Governo Constitucional e V Governo Constitucional
Sucedido por
Adelino Amaro da Costa
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.