Rio Jundiaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o rio potiguar, veja Rio Jundiaí (Rio Grande do Norte).
Rio Jundiaí
Rio Jundiaí no município de Salto
Comprimento 123 km
Nascente Serra da Pedra Vermelha
Foz Rio Tietê
País(es)  Brasil

O Rio Jundiaí é um rio que corre no estado de São Paulo, no Brasil. Nasce na Serra da Pedra Vermelha, no município de Mairiporã. Possui uma extensão de 123 quilômetros, percorrendo oito municípios: Mairiporã, Atibaia, Campo Limpo Paulista, Várzea Paulista, Jundiaí, Itupeva, Indaiatuba e Salto, sendo que o primeiro está situado na Região Metropolitana de São Paulo, exceto Atibaia os quatro seguintes estão localizados na Aglomeração Urbana de Jundiaí, todos no estado de São Paulo, até a sua foz na cidade de Salto, onde se une ao Rio Tietê, sendo um de seus inúmeros afluentes.[1]

O Rio Jundiaí já não é considerado poluído em toda sua extensão segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, um intenso processo de despoluição é realizado em alguns municípios, como Jundiaí, Várzea Paulista e Indaiatuba. Atualmente, estão em curso investimentos em tratamento de esgoto nas demais cidades, contribuindo para a despoluição do rio.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Jundiaí" é proveniente da língua tupi, significando "rio dos jundiás".[2]

Recuperação[editar | editar código-fonte]

A recuperação do rio vem sendo feita a quase duas décadas e atualemnte está numa boa condição, segundo relatório da SOS Mata Atlântica e a principal espécie de peixe, o Jundiá, conhecido como bagre-sapo, está retornando ao rio.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.