Rio Jundiaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: se procura o rio potiguar, veja Rio Jundiaí (Rio Grande do Norte).
Rio Jundiaí
Rio Jundiaí.jpg

Rio Jundiaí no município de Salto.

Localização
País
Dimensões
Comprimento
123 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Nascente
Serra da Pedra Vermelha
Foz

O rio Jundiaí é um rio que corre no estado de São Paulo, no Brasil.

Percurso[editar | editar código-fonte]

Nasce na Serra da Pedra Vermelha, no município de Mairiporã. Possui uma extensão de 123 quilômetros, percorrendo oito municípios: Mairiporã, Atibaia, Campo Limpo Paulista, Várzea Paulista, Jundiaí, Itupeva, Indaiatuba e Salto, sendo que o primeiro está situado na Região Metropolitana de São Paulo. Exceto Atibaia, os quatro seguintes estão localizados na Aglomeração Urbana de Jundiaí. Todos se localizam no estado de São Paulo. O rio percorre a zona rural de Indaiatuba antes da chegada à sua foz na cidade de Salto, onde se une ao Rio Tietê, sendo um de seus inúmeros afluentes.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Jundiaí" é proveniente da língua tupi antiga, significando "rio dos jundiás".[2]

Recuperação[editar | editar código-fonte]

O rio já não é considerado poluído em toda sua extensão segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Um intenso processo de despoluição é realizado em alguns municípios, como Jundiaí, Várzea Paulista e Indaiatuba. Atualmente, estão, em curso, investimentos em tratamento de esgoto nas demais cidades, contribuindo para a despoluição do rio. A recuperação do rio vem sendo feita desde 1997. Em 2017, o rio estava numa boa condição, segundo relatório da SOS Mata Atlântica, e a sua principal espécie de peixe, o jundiá, estava retornando ao rio.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.