Estação Jundiaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CPTM icon.svg Jundiaí
Plataforma da estação
Uso atual Bahn aus Zusatzzeichen 1024-15.svg Estação de trens metropolitanos
Proprietário Bandeira do estado de São Paulo.svg Governo do Estado de São Paulo
Administração RFFSA (1975–1984)
CBTU Logo2.svg CBTU (1984–1994)
CPTM icon.svg CPTM (1994–atualmente)
Linhas 7roxo.png Rubi
Expresso Turístico
Sigla JUN
Movimento em 2014 14,2 mil
Serviços Terminal rodoviário
Informações históricas
Inauguração 16 de fevereiro de 1867 (152 anos)
Localização
Localização Gnome-globe.png Estação Jundiaí
Endereço Av. União dos Ferroviários, s/nº, Vila Arens, Jundiaí,  São Paulo
Próxima estação
Sentido Jundiaí 7roxo.png Sentido
Francisco Morato/Luz
- Várzea Paulista
Jundiaí

A Estação Jundiaí é a estação terminal da extensão operacional da Linha 7–Rubi da CPTM. Está localizada no município de Jundiaí no bairro de Vila Arens.

Futuramente, deverá atender a linha de trem regional entre Americana e Santos, sendo a primeira estação com transferência para o sistema metroferroviário da Região Metropolitana de São Paulo.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Estação Jundiaí foi inaugurada pela São Paulo Railway em 16 de fevereiro de 1867. No início dos anos 1870, com a construção da linha tronco da Companhia Paulista de Estradas de Ferro a partir de Jundiaí até Campinas, a estação passa a ser o ponto inicial dessa linha, servindo como estação de baldeação entre a linha da SPR e a da Paulista. Desde 1994, é administrada pela CPTM, e hoje faz parte da Extensão Operacional da Linha 7–Rubi.

Tabela[editar | editar código-fonte]

Sigla Estação Inauguração Integração Plataformas Posição Notas
JUN Jundiaí 16 de fevereiro de 1867 Bilhete Único da SPTrans. Laterais e centrais Superfície Estação original da SPR

Referências

  1. Secretaria de Transportes Metropolitanos-SP (15 de agosto de 2013). «Trens Regionais». Secretaria de Transportes Metropolitanos-SP. Consultado em 12 de março de 2015. Arquivado do original em 15 de setembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]