Aérospatiale Alouette II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SA 313 / SA 318 Alouette II
Alouette II da Polícia Federal Alemã
Descrição
Fabricante SNCASE/Sud-Aviation
Entrada em serviço agosto 1956
Missão Transporte ligeiro
Tripulação 1 piloto + 4 passageiros
Dimensões
Comprimento 9,70 m
Altura 2,75 m
Peso
Peso total 825 kg
Peso bruto máximo 1,600 kg
Propulsão
Motores 1 x Turbina Turboméca Artouste II
Performance
Velocidade máxima 180 km/h
Teto máximo 2,300 m
Armamento
Metralhadoras Sem armamento

O Alouette II é um helicóptero ligeiro, produzido, sob diversas versões, pelo construtor aeronáutico francês, SNCASE, que em 1957 deu origem à Sud Aviation, em 1970 à Aérospatiale, em 1992 à Eurocopter e que em 2000 passou a integrar a EADS[1] .

Foi o primeiro helicóptero do mundo, motorizado com turbina a gás a ser certificado para voo.

As versões militares eram usadas essencialmente em, fotografia aérea, observação, salvamento marítimo. ligação e treino. Na parte civil era usado essencialmente na evacuação médica principalmente em grande altitude, tirando partido do seu motor de turbina.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Origem[editar | editar código-fonte]

  • 1947: Sud Est SE 3000, modelo de duplo rotor com seis lugares, desenvolvido do capturado Focke-Achgelis Fa 223 modelo Alemão do final da Segunda Gerra Mundial. Usava um motor Bramo Fafnir BMW 323 R2 de 14 cilindros em dupla fileira radial, arrefecido a ar que desenvolvia 1000 hp. A tripulação em número de dois acomodava-se numa cabina (cockpit) totalmente envidraçada, com os passageiros, até quatro logo atrás. Um pequeno e pouco poderoso gancho era montado e tanto podia ser utilizado em salvamentos como em transporte de cargas pequenas e leves.[2]
  • 1947: Sud Ouest SO 1100 Ariel , o primeiro helicóptero da Sud Ouest, todo construído em metal, de dois lugares e dois rotores propulsionados por jactos, em pontas opostas.[2]
  • Junho 1948: Sud Est SE 3101 / 3110 modelos experimentais para teste de um novo, rotor duplo com estabilizador antitorque.[2]
  • 23 de Março 1949: Sud Ouest SO 1110 Ariel II, modelo com cauda modificada e motor de pistões com 190cv.[2]
  • 1951: Sud Ouest SO 1120 Ariel III, o último "Ariel" impulsionado por uma turbina Turbomeca com 275cv.[2]
  • 31 de Julho 1952: Sud Est SE 3120 Alouette, protótipo do Alouette II, apenas uma unidade construída. Bateu o recorde do mundo em circuito fechado ao manter-se em voo durante 13 horas e 56 minutos.[2]
  • 2 de Janeiro 1953: Sud-Ouest SO 1220, protótipo do "Djinn", primeiro voo.[2]
  • 16 de Dezembro 1953: Sud Ouest SO 1221 Djinn, desenvolvimento dos modelos "Ariel", foi um dos sucessos da indústria aeronáutica Francesa, com 178 unidades vendidas para 10 países.[2]
  • 12 de Março 1955: Sud-Est SE 3130 Alouette II, primeiro helicóptero no mundo movido por uma turbina a entrar em produção.[2]

Em 31 de Janeiro de1961 voou o protótipo SA-3180-01 (ex SE 3130 n°2), tinha uma nova turbina Turbomeca Astazou II de 530cv que substituiu o propulsor inicial, dando origem à última versão SA-318C, construída em números consideráveis, aumentou o total de aeronaves produzidas para 1 303.

O segundo protótipo SA-3180-02, que voou pela primeira vez em 24 de janeiro de 1966 serviu de plataforma de ensaio para um novo rotor. Elaborado com o apoio do construtor Alemão Bolkow, este rotor tinha as pás simplificadas em resina estratificada e embraiagens de ligação reforçadas e a sua principal inovação, a utilização de apenas 70 peças de reduzida lubrificação, em lugar das 377 do rotor original, veio a ser mais tarde utilizado no SA 340 Gazelle.

O SA-318C teve o seu certificado de voo atribuído em frança no final de 1964 e uns meses mais tarde nos Estados Unidos, terminou a sua produção em 1975 e é um dos helicópteros com maior longevidade em todo o mundo.[3]

Especificações[editar | editar código-fonte]

Vistas esquemáticas do Alouette II.
Pormenor - Alouette II (75-01) do Exército Alemão
SA 313 SA 318
Diâmetro rotor principal 10,20 m 10,20 m
Comprimento 9,70 m 9,75 m
Largura 2,08 m 2,30 m
Altura 2,75 m 2,75 m
Peso max. descolagem 1600 kg 1650 kg
Velocidade máxima 185Km/h 205Km/h
Velocidade cruzeiro 165Km/h 170Km/h
Tecto voo estacionário c/ efeito solo 1680m 1800m
Tecto voo estacionário s/ efeito solo 1100m 1200m
Tecto máx. prático 3000m 3200m
Combustível (596 litros) JP-1 JP-1
Autonomia ao nível do mar 4 horas 5 horas
Autonomia à altitude óptima 4h30m 6 horas
Alcance ao nível do mar 540Km 720Km
máx. Alcance altitude máx. 630Km 870Km
Motor - TURBOMECA Artouste IIC6 Astazou IIA
Potência máx 530cv 530cv
Potência em contínuo 360cv 480cv

Operação em Portugal[editar | editar código-fonte]

O Alouette II foi o segundo modelo de helicóptero ao serviço da Força Aérea Portuguesa, a seguir ao único Sikorsky UH-19 operado desde 1954. Foram recebidas sete unidades em 1957, começando a ser operadas no ano seguinte, uma das quais seria destruída por acidente.

Com o início da Guerra do Ultramar, os seis helicópteros remanescentes foram enviados para Angola, de onde operaram a partir das bases aéreas do Negaje e de Luanda. Foram utilizados sobretudo para evacuações sanitárias e para ligações. A partir de abril de 1963, começaram a ser substituídos em Angola pelos recém adquiridos Alouette III, sendo enviados para a Guiné Portuguesa onde se tinha aberto uma nova frente. Também neste teatro de operações começaram a ser substiuídos por Alouette III, sendo quatro transportados num DC-6 para a nova frente de Moçambique em 1966. Foram finalmente completamente substituídos operacionalmente pelos Alouette III e pelos Puma, sendo todas as unidades colocadas na Base Aérea de Tancos na função de instrução, onde serviram até 1976.

Em 1984, Portugal voltou a receber um segundo lote de Alouette II (11 unidades) provenientes do Exército Alemão, dos quais apenas quatro foram colocados ao serviço na Guarda Nacional Republicana.

Versões[editar | editar código-fonte]

  • SE-3120 Alouette: protótipo inicial equipado com motor de pistões Salmson 9NH de 200 CV, com o seu primeiro voo em 31 de julho de 1951;
  • SE-3130 Alouette II: modelo baseado no SE-3120 mas motorizado com uma turbina Turbomeca Artouste IIC ou IIC6;
  • SA-313 Alouette II: designação, a partir de 1968, dos SE-3130 com turbina Artouste IIC;
  • SA-313B Alouette II: designação, a partir de 1968, dos SE-3130 com turbina Altouste IIC6;
  • Hkp 2 Alouette II: versão do SE-3130 produzida na Suécia pela Saab;
  • SE-3131 Governeur: protótipo de uma versão de transporte VIP do SE-3130, com a fuselagem totalmente carenada;
  • SE-3140 Alouette II: protótipo equipado com uma turbina livre Turbomeca Turmo II de 400 CV;
  • SE-3150 Alouette Astazou: protótipos remotorizados com uma turbina Turbomeca Astazou IIA, caixa de transmissões do Alouette III, um rotor principal de 11 m e um rotor de cauda de três pás. Deram origem ao SA-315 Lama;
  • SE-3180 Alouette II: evolução do SE-3130, com uma turbina Astazou IIA ou IIA2 com um consumo específico inferior e uma embraiagem centrífuga;
  • SA-318B Alouette II: designação, a partir de 1968, dos SE-3180 com turbina Astazou IIA;
  • SA-318C Alouette II: designação, a partir de 1968, dos SE-3180 com turbina Astazou IIA2;
  • SA-315B Lama: evolução do SE-3150, optimizado para operações a muito grande altitude, com uma turbina Turbomeca Astazou IIIB com 550 CV
  • HAL Cheetah: versão do SA-315 Lama construída sob licença na Índia;
  • HAL Lancer: modernização do HAL Cheetah;
  • HB-315B Gavião: versão do SA-315B, fabricada sob licença no Brasil pela Helibrás.

Utilizadores[editar | editar código-fonte]

SA-315B Lama de um operador civil suíço.
Alouette II do Exército Alemão, equipado com mísseis anticarro SS10.
Alouette II da Força Aérea Portuguesa em exposição no Museu do Ar.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Os Avioes da Cruz de Cristo (75 anos da Aviação Militar em Portugal) Mário Canongia Lopes 1989, Dinalivro, Lisbon,180pp. ISBN 972-576-202-9

Helicopters at War - Blitz Editions, ISBN 1 85605 345 8

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Aérospatiale Alouette II
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.