Helmut Kohl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde março de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Helmut Kohl
Helmut Josef Michael Kohl
Helmut Kohl
Chanceler da Alemanha Alemanha
Mandato 1 de Outubro 1982 até
27 de Outubro de 1998
Antecessor(a) Helmut Schmidt
Sucessor(a) Gerhard Schröder
Primeiro-Ministro de Renânia-Palatinado
Mandato 19 de Maio de 1969 até
2 de Dezembro de 1976
Antecessor(a) Peter Altmeier
Sucessor(a) Bernhard Vogel
Vida
Nascimento 3 de Abril de 1930 (84 anos)
Ludwigshafen am Rhein, Renânia-Palatinado
 Alemanha
Dados pessoais
Partido CDU
Profissão Historiador
Assinatura Assinatura de Helmut Kohl

Helmut Josef Michael Kohl GCCGCIH (Ludwigshafen am Rhein, 3 de Abril de 1930) é um político alemão, chanceler do país de 1982 a 1998. É católico e democrata cristão.

Kohl participou na fase final da Segunda Guerra Mundial como jovem soldado. Juntou-se à CDU em 1947. Depois decidiu tirar um Doutoramento em História. De 1969 a 1976 foi Primeiro-Ministro do Estado da Renânia-Palatinado, e posteriormente tornou-se membro do Parlamento Federal para se tornar o líder da oposição da CDU contra o governo liderado pelo SPD da altura.

A 1 de Outubro de 1982 sucedeu a Helmut Schmidt como Chanceler através de um Voto Construtivo de Inconfidência, o único da história da Alemanha do pós-guerra até à data. Kohl tem o recorde de ser o Chanceler da Alemanha durante mais tempo desde Otto von Bismarck, até ter sido sucedido por Gerhard Schröder a 27 de Outubro de 1998, depois de uma vitória do SPD nas eleições federais de 1998.

A 14 de Maio de 1984 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.[1]

Em 1983, deu inicio a um processo de privatizações com a venda de ações da Volkswagen, da VEBA (setor elétrico e indústria química) e da Deutsche Lufthansa (aviação)[2] .

Helmut Kohl em 1990.

Helmut Kohl orientou o processo de integração da República Democrática Alemã e da República Federal da Alemanha, que teve início em 1990. Teve o arrojo de assumir esse grande desígnio político, mas enfrentou também as dificuldades sociais e económicas (a elevada taxa de desemprego, por exemplo) que o processo de integração acarretou. Ao mesmo tempo, foi considerado um dos grandes arquitectos da União Europeia e uma das individualidades essenciais na tomada de decisões a este nível no Velho Continente.

Em 1990 foi o grande obreiro da unificação alemã.

A 13 de Agosto de 1998 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.[3]

Sua mulher Hannelore, que padecia há alguns anos de uma alergia à luz, cometeu suicídio em 5 de Julho de 2001. Kohl casou em 8 de Maio de 2008 com Maike Richter, com quem tinha relação estável desde 2005.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Helmut Schmidt
Chanceler da Alemanha
1982 — 1998
Sucedido por
Gerhard Schröder


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons