Parque Eduardo Guinle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Área verde do Parque Guinle.

O Parque Eduardo Guinle, também conhecido popularmente como Parque Guinle, é um parque público localizado no bairro de Laranjeiras, na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

Com uma área de aproximadamente 24.750 m², o seu acesso se dá pela rua Gago Coutinho.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Primitivamente, a área do parque constituía os jardins do palacete de Eduardo Guinle (1846-1914), erguido na década de 1920. Foram projetados pelo paisagista francês Gérard Cochet, tendo, mais tarde, recebido algumas intervenções pontuais de Roberto Burle Marx.

As dependências do parque comportam o primeiro conjunto de edifícios residenciais direcionado para a elite carioca. Projetado pelo arquiteto Lucio Costa e erguidos entre 1948 e 1954, caracterizam-se pelos traços de uma arquitetura moderna e repleta de brasilidade, integrando a edificação ao meio-ambiente. O Jardim foi refeito nessa ocasião por Burle Marx. Tanto Burle Marx quanto Lucio Costa, receberam fortes influências do Modernismo e é possível observar esta particularidade nas composições dispostas no parque.

O projeto original de Lucio Costa incluía seis prédios dispostos de forma radial ao redor do parque, dos quais somente três foram construídos. O conjunto foi completado posteriormente por um prédio do escritório MMM Roberto.

O parque em nossos dias[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a mansão dos Guinle, conhecida como Palácio Laranjeiras, é a residência do Governador do Estado do Estado do Rio de Janeiro. Por esta razão, o parque é diuturnamente vigiado e os seus freqüentadores podem desfrutar de uma belíssima área verde, com relativa segurança.

Atrativos[editar | editar código-fonte]

Equipamentos de ginástica do parque.

Situado num pequeno vale, no sopé do morro Nova Cintra, em Laranjeiras, apresenta-se sob a forma de um anfiteatro, tendo ao fundo um córrego e lagos artificiais, cercados por encostas em suave declive.

A primeira vista é o pórtico de acesso em granito que sustenta o portão em ferro fundido ladeado por duas estátuas de leão alado.

O conjunto foi inteiramente reformado pela Fundação Parques e Jardins.

O visitante encontra uma área para crianças, com balanço e gangorra, além de equipamentos para ginástica (barras paralelas e fixas, além de prancha abdominal).

O parque não dispõe de estacionamento, nem de churrasqueiras.

Por ter sido projetado por Lúcio Costa e seus jardins planejados pelo paisagista Burle Marx, o Parque Guinle tem uma grande semelhança com as superquadras do Plano Piloto de Brasília.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um parque é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.