São Francisco do Oeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São Francisco do Oeste
Vista panorâmica da cidade.

Vista panorâmica da cidade.
Bandeira de São Francisco do Oeste
Bandeira
Fundação 25 de outubro de 1963 (51 anos)
Gentílico oestense
Prefeito(a) Gildene Barreto
(2009–2012)
Localização
Localização de São Francisco do Oeste
Localização de São Francisco do Oeste no Rio Grande do Norte
São Francisco do Oeste está localizado em: Brasil
São Francisco do Oeste
Localização de São Francisco do Oeste no Brasil
05° 58' 30" S 38° 09' 07" O05° 58' 30" S 38° 09' 07" O
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Mesorregião Oeste Potiguar IBGE/2008[1]
Microrregião Pau dos Ferros IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Rodolfo Fernandes, Pau dos Ferros, Francisco Dantas, Taboleiro Grande e Ererê (CE)
Distância até a capital 391 km[2]
Características geográficas
Área 75,588 km² [3]
População 4 138 hab. (RN: 135º) –  estimativa IBGE/2014[4]
Densidade 54,74 hab./km²
Altitude 181 m
Clima Semiárido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,628 (RN: 42°) – médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 19 215 mil IBGE/2009[6]
PIB per capita R$ 5 047 36 IBGE/2009[6]
Página oficial

São Francisco do Oeste é um município brasileiro no interior do estado do Rio Grande do Norte. Localiza-se na região do Alto Oeste, na Microrregião de Pau dos Ferros e Mesorregião do Oeste Potiguar, a uma distância de 391 quilômetros a oeste da capital do estado, Natal. Ocupa uma área de 75,588 km², sendo que apenas 0,3682 km² estão em perímetro urbano. A população do município foi estimada no ano de 2011 em 3 904 habitantes, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo então o 135º mais populoso do estado.

São Francisco do Oeste foi emancipado de Portalegre, na década de 1960, com o nome de Salamandra. Somente em 1967, o município teve seu nome alterado para São Francisco do Oeste, em homenagem ao seu padroeiro, São Francisco de Assis. Desde a sua emancipação, o município é formado apenas pelo distrito sede.

História[editar | editar código-fonte]

A história do município de São Francisco do Oeste, localizado no região Alto Oeste do Rio Grande do Norte, começa quando Enéas Filgueira - proprietário das terras de Salamandra - doou parte do seu terreno a Vicente Honorato Barreto, para a construção da capela de São Francisco de Assis, que foi concluída no mesmo ano da doação (1942) e a primeira missa foi celebrada pelo padre Carlos Theissen. Com essa capela, começou a expansão do povoado.[7] [8]

Um dos pioneiros no crescimento do povoado foi o senhor Raimundo Marinho (pseudônimo de Raimundo Nonato Leite), responsável pela entrega de parte de seu patrimônio local para a consolidação de um núcleo populacional naquele lugar.[7] [8]

Somente em 1963, por força da lei estadual nº 2966, o povoado se tornou município, desmembrado de Portalegre, com o nome de Salamandra, fazendo referência a uma espécie de anfíbio comum na Europa e ignorado no Brasil que, de acordo com a tradição, consegue atravessar as chamas de fogo sem sofrer queimaduras. Entretanto, a relação com o nome da localidade com o animal era desconhecida. Somente quatro anos mais tarde, o nome do município foi alterado para São Francisco do Oeste, em homenagem ao padroeiro São Francisco de Assis e à sua localização geográfica, no oeste do Rio Grande do Norte.[7] [8]

Geografia[editar | editar código-fonte]

São Francisco do Oeste, em vermelho, e municípios limítrofes (em verde, municípios do Ceará).

São Francisco do Oeste está localizado no Alto Oeste do estado do Rio Grande do Norte, na Mesorregião do Oeste Potiguar e Microrregião de Pau dos Ferros,[1] a uma altitude média de 181 metros acima do nível do mar.[9] Ocupa uma área de 75,588 quilômetros quadrados, e está distante 391 quilômetros de Natal, capital estadual,[2] e 1 840 quilômetros de Brasília, capital federal.[10]

O relevo do município, com altitudes variando entre duzentos e quatrocentos metros, é constituído pela Depressão Sertaneja-São Francisco, que compreende uma série terrenos de transição entre o Planalto da Borborema e a Chapada do Apodi, com a serra do Jatobá. São Francisco do Oeste está situado em área de abrangência de rochas metamórficas que formam o embasamento cristalino, formadas durante o período Pré-Cambriano médio (entre 1 e 2,5 bilhões de anos). Geomorfologicamente predominam formas de relevos tabulares com topo plano.[7]

São Francisco do Oeste encontra-se com todo o seu território inserido na bacia hidrográfica do rio Apodi/Mossoró, que corta o município. O principal reservatório é o açude São Gonçalo, localizado a dezesseis quilômetros da sede, construído em 1987 e com capacidade total para 3,764 milhões de metros cúbicos de água.[11]

A cobertura vegetal é constituída pela caatinga hiperxerófila, sem folhas na estação seca, com espécies de plantas de pequeno porte e cactáceas. Entre as espécies mais encontradas estão o facheiro (Pilosocereus pachycladus), o faveleiro (Cnidoscolus quercifolius), a jurema-preta (Mimosa hostilis), o marmeleiro (Cydonia oblonga), o mufumbo (Combretum leprosum) e o xique-xique (Pilosocereus polygonus).[7]

Clima[editar | editar código-fonte]

São Francisco do Oeste possui clima semiárido quente (do tipo Bsh na classificação climática de Köppen-Geiger),[7] [12] com temperatura média anual de 26,8 °C e precipitação média de 805 milímetros (mm) anuais, concentrados entre os meses de fevereiro e maio, sendo março o mês de maior precipitação (221 mm).[13] O tempo médio de insolação é de aproximadamente 2 700 horas anuais, com umidade relativa do ar de 66%.[7]

Segundo informações da prefeitura, divulgados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), o maior acumulado de precipitação (chuva) registrado em São Francisco do Oeste, entre os anos de 2005 a 2009 e a partir de 2012, foi de 165 mm em 4 de abril de 2014.[14] Outros grandes acumulados foram de 136 mm em 20 de dezembro de 2013,[15] 120 mm em 22 de janeiro de 2009,[16] 110 mm em 14 de fevereiro de 2013,[15] 105 mm em 14 de maio de 2006[17] e 104 mm em 16 de março de 2008.[18] O maior volume de precipitação registrado em um mês foi de 719 mm em março de 2008.[19]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para São Francisco do Oeste Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32,8 31,9 30,9 30,5 30,3 30,4 30,9 32 32,9 33,4 33,5 33,4 31,9
Temperatura média (°C) 27,6 27,1 26,6 26,3 26 25,6 25,7 26,3 27 27,5 27,8 27,9 26,8
Temperatura mínima média (°C) 22,5 22,4 22,3 22,1 21,7 20,9 20,5 20,6 21,2 21,7 22,1 22,5 21,7
Precipitação (mm) 65 111 221 197 104 44 25 5 3 4 5 21 805
Fonte: Climate Data.[13]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional
Censo Pop.
1970 1 651
1980 2 332 41,2%
1991 2 795 19,9%
2000 3 480 24,5%
2010 3 874 11,3%
Est. 2014 4 138 [4] 18,9%
Censos demográficos do
IBGE (1970-2010)[20] [21]

A população de São Francisco do Oeste no censo demográfico de 2010 era de 3 874 habitantes, sendo o 135º município mais populoso do Rio Grande do Norte (em 167) e apresentando uma densidade populacional de 51,25 km².[21] Desse total, 2 948 habitantes viviam na zona urbana (76,1%) e 926 na zona rural (23,9%). Ao mesmo tempo, 1 945 pessoas eram do sexo masculino (50,21%) e 1 929 do sexo feminino (49,79%), tendo uma razão de sexo de 100,83.[22] [23] Quanto à faixa etária, 896 pessoas tinham menos de 15 anos (23,13%), 2 641 entre 15 e 64 anos (68,17%) e 337 possuíam 65 anos ou mais (8,7%).[24] Ainda segundo o mesmo censo, a população era formada por 1 999 pardos (51,6%), 1 637 brancos (42,26%), 161 pretos (4,16%) e 77 indígenas (1,98%).[25]

Considerando-se a nacionalidade, toda população municipal era de brasileiros natos.[26] Em relação à região de nascimento, 3 731 eram nascidos na Região Nordeste (96,3%), 102 no Sudeste (2,63%), 25 no Centro-Oeste (0,64%) e dezessete no Norte (0,43%), além de seis sem especificação (0,08%). 3 240 habitantes eram naturais do Rio Grande do Norte (83,62%) e, desse total, 2 195 nascidos em São Francisco do Oeste (56,66%). Entre os naturais de outras unidades da federação, havia quatrocentos cearenses (10,33%), noventa paulistas (2,33%), 64 paraibanos (1,66%), 23 maranhenses (0,6%), onze goianos (0,28%), onze brasilienses (0,28%), oito paraenses (0,21%), sete amazonenses (0,18%), sete mineiros (0,18%), cinco fluminenses (0,12%), três baianos (0,09%), três mato-grossenses (0,08%) e dois tocantinenses (0,05%).[27] [28] Para 2014, a estimativa populacional é de 4 138 habitantes.[4]

O Índice de Desenvolvimento Humano do município é considerado médio, de acordo com dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Segundo dados do relatório de 2010, divulgados em 2013, seu valor era de 0,628, sendo o 42º maior do Rio Grande do Norte e o 3 519 º do Brasil. Considerando-se apenas o índice de longevidade, seu valor é de 0,779, o valor do índice de renda é de 0,581 e o de educação é de 0,547.[5] De 2000 a 2010, o índice de Gini passou de 0,53 para 0,41 e a proporção de pessoas com renda domiciliar per capita de até 140 reais caiu de 63,7% para 25,7%, apresentando uma redução de 59,7%. Em 2010, 74,3% da população vivia acima da linha de pobreza, 14% entre as linhas de indigência e de pobreza e 11,6% abaixo da linha de indigência. No mesmo ano, os 20% mais ricos eram responsáveis por 45,7% do rendimento total municipal, valor mais de onze superior à dos 20% mais pobres, que era de apenas 4,1%.[24] [29]

Religião[editar | editar código-fonte]

Conforme a divisão oficial da Igreja Católica no Brasil, o município está inserido na Diocese de Mossoró, Zonal do Alto Oeste, e pertence à paróquia de Nossa Senhora da Conceição, localizada em Portalegre (que também abrange os municípios de Francisco Dantas, Riacho da Cruz, Taboleiro Grande e Viçosa), além de possuir duas capelas, uma na zona urbana e outra em zona rural.[30] No censo de 2010 o catolicismo romano era a religião da maioria da população, com 3 456 adeptos, ou 89,2% dos habitantes.[31]

São Francisco do Oeste também possui alguns credos protestantes ou reformados. Em 2010, 294 habitantes se declararam evangélicos (7,59%), sendo que 222 pertenciam às igrejas pentecostais (5,74%), dezoito às de missão (0,45%) e 54 a evangélicas indeterminadas (1,4%). Considerando as igrejas evangélicas pentecostais, 142 pertenciam à Assembleia de Deus (3,67%), cinco ao Evangelho Quadrangular (0,14%), dois à Congregação Cristã do Brasil (0,06%) e 72 a outras igrejas (1,87%). Dentre as de missão, doze eram batistas (0,31%) e os demais adventistas (0,14%). Além do catolicismo romano e do protestantismo, também existiam três testemunhas de Jeová (0,07%). Outros 119 não tinham religião (3,06%), dentre os quais dois ateus (0,06%).[31]

Política[editar | editar código-fonte]

O poder executivo do município de São Francisco do Oeste é exercido pelo prefeito, auxiliado pelo seu gabinete de secretários e eleito pelo voto direto para um mandato de quatro anos, podendo ser reeleito para um segundo mandato consecutivo.[32] [33] A atual prefeita municipal é Antônia Gildene Costa Barreto Lobo (PTB), eleita nas eleições suplementares realizadas em dezembro de 2010[34] e reeleita nas eleições municipais de 2012,[35] tendo como vice Manoel Leidimar de Morais (DEM).[36]

O poder legislativo é exercido pela Câmara Municipal, formada por nove vereadores eleitos para mandatos quadrienais.[33] Na atual legislatura, iniciada em 2013, a casa legislativa é constituída por duas cadeiras do Partido Socialista Brasileiro (PSB), duas do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), duas do Democratas (DEM), uma do Partido dos Trabalhadores (PT), uma do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e uma do Partido da Mobilização Nacional (PMN).[37] Cabe à casa elaborar e votar leis fundamentais à administração e ao executivo, especialmente o orçamento municipal (conhecido como Lei de Diretrizes Orçamentárias).[33]

Existem também conselhos municipais em atividade: Alimentação Escolar, Assistência Social, Direito da Criança e do Adolescente, Educação, Saúde e Transportes.[7] O município se rege pela sua lei orgânica, promulgada em 3 de abril de 1990,[7] e é termo à Comarca de Pau dos Ferros, de terceira entrância, cujos outros termos são Água Nova, Encanto, Francisco Dantas, Rafael Fernandes e Riacho de Santana.[38] Conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral, referentes a dezembro de 2014, o município possuía 3 226 eleitores, o que representa 0,139% do eleitorado estadual.[39]

Economia[editar | editar código-fonte]

De acordo com dados do IBGE, relativos a 2009, o PIB do município de São Francisco do Oeste era de R$ 19 215 mil. (R$ 1 260 mil de impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes) e o PIB per capita era de R$ 5 047,36.[6]

O setor primário é o menos relevante da economia oestense. De todo o PIB da cidade 2 071 mil reais é o valor adicionado bruto da agropecuária. Segundo o IBGE, em 2009 o município possuía um rebanho de 3 117 bovinos, setenta equinos, 467 suínos, 1 815 caprinos, noventa asininos, 55 muares, 2 598 ovinos, mil galinhas e 2 810 galos, frangos e pintinhos. No mesmo ano, o município produziu 702 mil de litros de leite, seis mil dúzias de ovos de galinha e 1 840 quilos de mel de abelha. Nas lavouras temporária e permanente foram produzidos arroz, banana, batata-doce, cana de açúcar, castanha de caju, coco-da-baía, feijão, mamão, mandioca, manga, maracujá e milho.[6]

O setor secundário é o segundo mais relevante para a economia do município. 2 394 reais do PIB municipal são do valor adicionado bruto da indústria (setor secundário). Já o setor terciário rende 13 491 reais ao PIB oestense. De acordo com o IBGE, a cidade possuía, no ano de 2009, cinquenta unidades locais, sendo todas atuantes e 719 trabalhadores, sendo 342 do tipo "pessoal ocupado total" e 377 do tipo "ocupado assalariado". Salários juntamente com outras remunerações somavam 2 451 reais e o salário médio mensal de todo município era de 1,2 salários mínimos.[6]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Em 2009, o município possuía apenas dois estabelecimentos de saúde, sendo ambos públicos. A cidade também conta com atendimento ambulatorial com atendimento médico em especialidades básicas, atendimento odontológico com dentista e presta serviço ao Sistema Único de Saúde (SUS).[6] O município pertence à VI URSAP, que reúne 36 municípios do Rio Grande do Norte e está sediada na cidade de Pau dos Ferros.[40] Em 2009 existiam 1 173 mulheres em idade fértil (entre 10 e 49 anos). São Francisco do Oeste contava em abril de 2010 com dois médicos de família, dois cirurgiões dentistas, três enfermeiros, um farmacêutico, um fonoaudiólogo, um nutricionista e quatro técnicos de enfermagem e um auxiliar de enfermagem, totalizando dezessete profissionais de saúde. Em 2008 foram registrados 58 nascidos vivos, sendo que 3,4% eram prematuros e 67,2% eram partos cesáreos e 17,2% das mães tinham idades entre dez e dezenove anos de idade (3,4% entre dez e quatorze anos); a taxa bruta de natalidade era de 15,3. No mesmo ano, foram registrados 31 óbitos e a taxa de mortalidade infantil era de 17,2 por mil nascidos vivos.[41]

Educação[editar | editar código-fonte]

Educação do São Francisco do Oeste em números[6]
Nível Matrículas Docentes Escolas (total)
Ensino pré-escolar 171 5 2
Ensino fundamental 594 41 6
Ensino médio 100 10 1

O município de São Francisco do Oeste possuía, em 2009, 865 matrículas e dezesseis escolas nas redes públicas e particulares entre os ensinos pré-escolar, fundamental e médio.[6] O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) das escolas estaduais era, de acordo com Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) de 3,4 para estudantes de 1ª à 4ª série (2007) e 3,7 para estudantes de 5ª à 8ª série (2009), enquanto que o índice das escolas municipais era de 3,1 para estudantes no ensino primário (2009) e 2,5 para estudantes do ginásio (2007).[42] Atualmente, o governo do estado vem trabalhando e realizando estudos para melhorar o IDEB do estado e dos municípios.[43] Ainda de acordo com o INEP, a escola oestense de primeira à quarta série com o melhor IDEB era a Escola Municipal 7 de Setembro, cujo valor do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica era de 3,2 (2009), classificando esta escola como sendo a 440ª melhor escola do estado do Rio Grande do Norte (empatado com várias outras escolas existentes no estado) e a 35788ª do país.[44] Já dentre as escolas que ministravam o ginásio (quinta à oitava série), ocupava a primeira posição a Escola Estadual Professor Manoel Herculano, cujo índice era de 3,3 (classificando-a como a 148ª escola potiguar com maior IDEB).[45]

Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e do Ministério da Educação (MEC), o índice de analfabetismo no ano de 2000 entre pessoas era mais frequente entre pessoas com faixa etária entre acima de 25 anos de idade (39,86%), enquanto o menor índice era registrado com pessoas entre quinze e dezessete anos (6,35%).[46] A taxa bruta de frequência à escola passou de 60,65% em 1991 para 82,85% em 2000.[47] Quatrocentos habitantes possuíam menos de um ano de estudo ou não contava com instrução alguma.[48]

Transporte e serviços[editar | editar código-fonte]

BR-405, na entrada da cidade.

A frota municipal no ano de 2010 era de 739 veículos, sendo 483 motocicletas, 130 automóveis, 38 caminhonetes, 64 motonetas, doze caminhões, quatro camionetas, três micro-ônibus, dois ônibus e um veículo utilitário. Outros tipos de veículos incluíam duas unidades.[6] Por não possuir rios em abundância, o município não possui muita tradição no transporte hidroviário. São Francisco do Oeste também não é cortado por ferrovias em seu território.[7] Oficialmente, a única rodovia que corta o território oestense é a BR-405. Essa rodovia começa em Mossoró e se estende até o estado da Paraíba.[49]

O serviço de abastecimento de água da cidade é feito pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN),[50] enquanto a responsável pelo abastecimento de energia elétrica em São Francisco do Oeste é a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), que fornece energia em todos os municípios do estado do Rio Grande do Norte.[51] No ano de 2007 existiam 1 272 consumidores e foram consumidos 1 865 mwh de energia.[7] Ainda há serviços de internet discada e banda larga (ADSL) sendo oferecidos por diversos provedores de acesso gratuitos e/ou pagos. O serviço telefônico móvel, por telefone celular, é oferecido por diversas operadoras. O código de área (DDD) de São Francisco do Oeste é 084[52] [53] e o Código de Endereçamento Postal (CEP) da cidade é de 59908-000.[54] No dia 10 de novembro de 2008 o município passou a ser servido pela portabilidade, juntamente com outras cidades de DDDs 33 e 38, em Minas Gerais; 44, no Paraná; 49, em Santa Catarina; além de outros municípios com código 84, no Rio Grande do Norte.[55]

Habitação e infraestrutura básica[editar | editar código-fonte]

Vista panorâmica da cidade a partir da BR-405.

De acordo com o censo demográfico de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), São Francisco do Oeste possuía 1 160 domicílios, sendo 1 158 casas (99,83%) e apenas dois apartamento (0,17%).[56] Já em relação à condição de ocupação do domicílio, 836 eram imóveis próprios (72,07%), 170 eram alugados (14,66%), 152 cedidos (13,1%) e apenas dois eram ocupados sob uma outra condição (0,17%). Em relação ao abastecimento de água realizado nas residências, 975 recebiam água tratada a partir de uma rede geral de distribuição (84,05%), 95 imóveis eram abastecidos por um poço ou nascente na propriedade (8,19%) e noventa unidades possuíam abastecimento de água vindo de outras fontes (7,76%). Quanto à energia elétrica, 1 157 imóveis eram abastecidos (99,74%), sendo 1 151 a partir de uma companhia distribuidora de energia (99,52%) e apenas seis com energia vinda de outra fonte (0,52%); outros três domicílios não tinham ou não eram abastecidos pela rede elétrica (0,26%).[57]

Em relação ao destino do lixo, 967 domicílios possuíam coleta (83,36%), dos quais 964 eram coletados por serviço de limpeza (83,1%) e apenas três possuíam a coleta feita a partir de uma caçamba de serviço de limpeza (0,26%); outros 193 imóveis jogavam o lixo em outros destinos (16,64%).[57] Quanto ao esgotamento sanitário, 39 domicílios não possuíam banheiros nem sanitários (3,36%); já entre os 1 121 domicílios que a possuíam (96,64%), dois tinham esgotamento sanitário feito a partir da rede geral de esgotos ou pluvial (0,17%), quatro a partir de uma fossa séptica (0,34%) e 1 152 com esgotamento sanitário feito de uma outra maneira (96,12%).[58]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Artesanato[editar | editar código-fonte]

O artesanato é uma das formas mais espontâneas da expressão cultural oestense. Em várias partes do município, assim como do estado, é possível encontrar uma produção artesanal diferenciada, feita com matérias-primas regionais e criada de acordo com a cultura e o modo de vida local. Alguns grupos reúnem diversos artesãos da região, disponibilizando espaço para confecção, exposição e venda dos produtos artesanais. Normalmente essas peças são vendidas em feiras, exposições ou lojas de artesanato.[59] [60] [61]

Principais eventos[editar | editar código-fonte]

Para estimular o desenvolvimento socioeconômico local, a prefeitura de São Francisco do Oeste, juntamente ou não com empresas locais, investe no segmento de festas e eventos. Dentre as principais, destacam-se a festa religiosa, realizada no dia 31 de maio; o Festival do Folclore, que acontece no mês de agosto; a festa do padroeiro São Francisco de Assis, realizada no dia 4 de outubro de cada ano e a festa de emancipação política de São Francisco do Oeste, realizada no dia 22 de outubro, data que o município se emancipou de Portalegre.[7]

Referências

  1. a b c Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. a b Distância entre Natal/RN e São Francisco do Oeste/RN Google Maps. Visitado em 30 de março de 2014.
  3. Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 1, de 15 de janeiro de 2013 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (15 de janeiro de 2013). Visitado em 30 de março de 2013.
  4. a b c ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NO BRASIL E UNIDADES DA FEDERAÇÃO COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 (PDF) Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (28 de agosto de 2014). Visitado em 22 de fevereiro de 2015.
  5. a b Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 04 de setembro de 2013.
  6. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas IBGE_CIDADES_S.C3.83O_FRANCISCO_DO_OESTE_RN
  7. a b c d e f g h i j k l SÃO FRANCISCO DO OESTE IDEMA/RN. Visitado em 15 de janeiro de 2012. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2012.
  8. a b c Histórico Biblioteca IBGE. Visitado em 26 de março de 2012.
  9. Embrapa Monitoramento por Satélite. Rio Grande do Norte. Visitado em 27 de fevereiro de 2011. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2011.
  10. Distância entre Brasília/DF e São Francisco do Oeste/RN Google Maps. Visitado em 30 de março de 2014.
  11. Ficha Técnica do Reservatório São Gonçalose s Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH/RN). Visitado em 26 de março de 2012. Cópia arquivada em 26 de março de 2012.
  12. Municípios localizados no Semi-árido Banco do Brasil. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  13. a b Clima: São Francisco do Oeste Climate Data. Visitado em 30 de março de 2014. Cópia arquivada em 30 de março de 2014.
  14. Prefeitura (2014). Ocorrência de Chuvas (mm) - 2013 - Posto: SAO FRANCISCO DO OESTE(PREFEITURA) Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. Visitado em 30 de abril de 2014.
  15. a b Prefeitura (2013). Ocorrência de Chuvas (mm) - 2013 - Posto: SAO FRANCISCO DO OESTE(PREFEITURA) Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. Visitado em 30 de março de 2014.
  16. Ocorrência de Chuvas (mm) - 2009 - Posto: SAO FRANCISCO DO OESTE(PREFEITURA)autor=Prefeitura Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (2009). Visitado em 30 de março de 2014.
  17. Prefeitura (2006). Ocorrência de Chuvas (mm) - 2006 - Posto: SAO FRANCISCO DO OESTE(PREFEITURA) Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. Visitado em 30 de março de 2014.
  18. Prefeitura (2008). Ocorrência de Chuvas (mm) - 2008 - Posto: SAO FRANCISCO DO OESTE(PREFEITURA) Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. Visitado em 30 de março de 2014.
  19. Prefeitura (2008). Análise de precipitação acumulada por mês - Ano: 2008 Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. Visitado em 30 de março de 2014.
  20. População Total - São Francisco do Oeste - RN Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte. Visitado em 27 de março de 2012. Cópia arquivada em 27 de março de 2012.
  21. a b Tabela 2.1 - População residente, total, urbana total e urbana na sede municipal, em números absolutos e relativos, com indicação da área total e densidade demográfica, segundo as Unidades da Federação e os municípios – 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  22. Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo - Sinopse Sistema IBGE de Recuperação Automática (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  23. Razão de sexo, população de homens e mulheres, segundo os municípios – 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  24. a b São Francisco do Oeste, RN Atlas Brasil. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  25. Tabela 2093 - População residente por cor ou raça, sexo, situação do domicílio e grupos de idade - Amostra - Características Gerais da População Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  26. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Tabela 1497 - População residente, por nacionalidade - Resultados Gerais da Amostra Sistema IBGE de Recuperação Automática. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  27. Tabela 631 - População residente, por sexo e lugar de nascimento Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  28. Tabela 1505 - População residente, por naturalidade em relação ao município e à unidade da federação - Resultados Gerais da Amostra Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  29. 1 - acabar com a fome e a miséria Portal ODM (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  30. Zonal do Alto Oeste Portal da Diocese de Mossoró. Visitado em 22 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 17 de fevereiro de 2014.
  31. a b Tabela 2094 - População residente por cor ou raça e religião Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  32. EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 16, DE 04 DE JUNHO DE 1997 Planalto (4 de junho de 1997). Visitado em 9 de março de 2014.
  33. a b c Como funcionam os poderes. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  34. Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) (6 de dezembro de 2010). Antônia Gildene Costa Barreto Lobo é eleita prefeita de São Francisco do Oeste Portal JusBrasil. Visitado em 27 de março de 2012. Cópia arquivada em 27 de março de 2012.
  35. Tribunal Superior Eleitoral (2012). São Francisco do Oeste RN UOL Eleições. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  36. Leidimar - 14 Portal Eleições Brasil. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  37. Raio X das eleições 2012: vereadores. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  38. Poder Judiciário do Rio Grande do Norte (TJRN). Comarca: Pau dos Ferros. Visitado em 27 de março de 2012. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2011.
  39. Quantidade de eleitores por município/região - Região/UF/Município Tribunal Superior Eleitoral. Visitado em 23 de fevereiro de 2015.
  40. Dispositivos 6ª região de saúde  » Dispositivos da 6ª região de saúde do Rio Grande do Norte. Visitado em 28 de março de 2012. Cópia arquivada em 15 de outubro de 2011.
  41. Município: São Francisco do Oeste - RN (xls) DATASUS. Visitado em 28 de março de 2012.
  42. IDEB - Resultados e Metas Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Visitado em 28 de março de 2012.
  43. RN: Governo trabalha para melhorar Ideb Jornal de Fato (19 de setembro de 2011). Visitado em 27 de março de 2012. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2011.
  44. IDEB 2009 CLASSIFICAÇÃO DAS ESCOLAS DO RIO GRANDE DO NORTE – 1ª A 4ª SÉRIES INEP (2009). Visitado em 27 de março de 2012. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2011.
  45. IDEB 2009 CLASSIFICAÇÃO DAS ESCOLAS DO RIO GRANDE DO NORTE – 5ª A 8ª SÉRIES INEP (2009). Visitado em 28 de março de 2012. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2011.
  46. Analfabetismo. Visitado em 28 de março de 2012. Cópia arquivada em 3 de julho de 2012.
  47. Freqüência Escolar Confederação Nacional de Municípios (CNM). Visitado em 28 de março de 2012. Cópia arquivada em 3 de julho de 2012.
  48. Anos de Estudo Confederação Nacional de Municípios (CNM). Visitado em 28 de março de 2012. Cópia arquivada em 28 de março de 2012.
  49. Coordenação de Estudos Socioeconômicos (CESE) (1999). Mapa Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA). Visitado em 29 de março de 2012. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2011.
  50. Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Resumo dos Custos Totais de Poços Para Atender a Demanda Humana Concentrada no Ano 2020. Visitado em 29 de março de 2012. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2011.
  51. Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte. A COSERN. Visitado em 19 de julho de 2011.
  52. Estado: Rio Grande do Norte (RN) Web Busca. Visitado em 15 de dezembro de 2011.
  53. CÓDIGOS DO RIO GRANDE DO NORTE Anatel (8 de junho de 2011). Visitado em 26 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2011.
  54. Sobre São Francisco do Oeste CityBrazil. Visitado em 29 de março de 2012. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2011.
  55. Estadão (7 de novembro de 2008). Portabilidade numérica chega a mais 8 milhões na 2ªf. Visitado em 26 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 1º de março de 2011.
  56. IBGE (2010). Tabela 3152 - Domicílios particulares permanentes, por tipo do domicílio e número de moradores - Resultados Preliminares do Universo Sistema IBGE de Recuperação Automática (SIDRA). Visitado em 26 de janeiro de 2012.
  57. a b IBGE (2010). Tabela 3157 - Domicílios particulares permanentes, por condição de ocupação do domicílio, da existência de energia elétrica, da forma de abastecimento de água e do destino do lixo - Resultados Preliminares do Universo Sistema IBGE de Recuperação Automática (SIDRA). Visitado em 26 de janeiro de 2012.
  58. IBGE (2010). Tabela 3154 - Domicílios particulares permanentes, por existência de banheiro ou sanitário e tipo de esgotamento sanitário - Resultados Preliminares do Universo Sistema IBGE de Recuperação Automática (SIDRA). Visitado em 26 de janeiro de 2012.
  59. SEBRAE/RN – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte. Mãos Potiguares. Visitado em 23 de dezembro de 2011.
  60. Sebrae lança catálogo de artesanato potiguar Correio da Tarde (27 de outubro de 2010). Visitado em 23 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 25 de outubro de 2011.
  61. Cleonildo Mello (20 de outubro de 2010). Sebrae lança catálogo para divulgar peças artesanais do RN SEBRAE/RN. Visitado em 23 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 25 de outubro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]