Akira Suzuki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Akira Suzuki
鈴木 章
Conhecido(a) por Reação de Suzuki
Nascimento 12 de setembro de 1930 (86 anos)
Mukawa, Hokkaido, Japão
Nacionalidade Japão Japonês
Alma mater Universidade de Hokkaido
Prêmios Medalha de Ouro Paul Karrer (2009), Nobel prize medal.svg Nobel de Química (2010)
Instituições Universidade de Hokkaido
Campo(s) Química

Akira Suzuki (鈴木 章, Suzuki Akira?, Mukawa, 12 de setembro de 1930) é um químico japonês.

Foi agraciado com o Nobel de Química de 2010, pela reação de Suzuki, parte da reação orgânica de um ácido borânico de arila ou vinil com um haleto de arila ou vinil, catalisado por um paládio de complexidade zero, em 1979.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Suzuki se formou pela Universidade de Hokkaido, onde também concluiu seu Ph.D. e trabalhou como professor assistente. No período de 1963 a 1965, trabalhou com o também químico Herbert Charles Brown, na Universidade Purdue, e após retornar à Universidade de Hokkaido se tornou professor efetivo.

Em 2010 foi laureado com o Nobel de Química, juntamente com Richard Heck e Ei'ichi Negishi.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Venkatraman Ramakrishnan, Thomas Steitz e Ada Yonath
Nobel de Química
2010
com Richard Heck e Ei-ichi Negishi
Sucedido por
Dan Shechtman


Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Akira Suzuki