William Moerner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William Moerner Medalha Nobel
William Moerner em 2013
Nascimento 24 de junho de 1953 (64 anos)
Pleasanton, Califórnia
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Prêmios Prêmio Wolf de Química (2008), Prêmio Irving Langmuir (2009), Prêmio Peter Debye (2013), Medalha do prêmio Nobel Nobel de Química (2014)
Instituições IBM, Universidade da Califórnia em San Diego, Universidade Stanford
Campo(s) Física, química

William Esco Moerner (também conhecido como W. E. Moerner; Pleasanton, Califórnia, 24 de junho de 1953) é um físico e químico estadunidense. Em 8 de outubro de 2014 foi laureado juntamente com Eric Betzig e Stefan Hell com o Nobel de Química pelo desenvolvimento da microscopia de fluorescência de alta definição.[1]

Moerner obteve um B.S. em física, um B.S. em engenharia elétrica e um A.B. em matemática na Universidade Washington em St. Louis em 1975. Em seguida obteve um M.S. em 1978 e um Ph.D. em física em 1982 na Universidade Cornell. De 1981 a 1995 foi pesquisador da IBM. Em seguida foi até 1998 professor da Universidade da Califórnia em San Diego.

Moerner é desde 1998 Professor e em 2002 Professor da Cátedra Harry S. Mosher de química da Universidade Stanford. Sua área de pesquisa é físico-química, biofísica e nanofotônica. Graças a suas pesquisas foi possível localizar e estudar a espectroscopia de moléculas individuais por fluorescência em corpos sólidos.

Recebeu em 1984 o Roger I. Wilkinson National Outstanding Young Electrical Engineer Award e em 2001 o Earle K. Plyler Prize da American Physical Society. É fellow da American Physical Society, Optical Society of America, Associação Americana para o Avanço da Ciência, Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos e desde 2007 membro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. Recebeu em 2008 o Prêmio Wolf de Química, em 2009 o Prêmio Irving Langmuir e em 2013 o Prêmio Peter Debye.

Referências

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • com L. Kador: Optical detection and spectroscopy of single molecules in a solid, Phys. Rev. Lett., Band 62, 1989, S. 2535
  • com Michael Orrit: Illuminating single molecules in condensed matter, Science, Band 283, 1999, S. 1670-1676
  • com Th. Basché, M. Orrit, H. Talon: Photon antibunching in the fluorescence of a single dye molecule trapped in a solid, Phys. Rev. Lett., Band 69, 1992, S. 1516
  • com S. M. Silence: Polymeric photorefractive materials, Chemical reviews, Band 94, 1994, S. 127-155
  • com Stephen Ducharme, J. C. Scott, R. J. Twieg: Observation of the photorefractive effect in a polymer, Phys. Rev. Lett., Band 66, 1991, S. 1846
  • com P. Yeh: Introduction to Photorefractive Nonlinear Optics, Physics Today, Heft 3, 2008, S. 89-98
  • com Brahim Lounis: Single photons on demand from a single molecule at room temperature, Nature, Band 407, 2000, S. 491-493

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Martin Karplus, Michael Levitt e Arieh Warshel
Nobel de Química
2014
com Eric Betzig e Stefan Hell
Sucedido por
Tomas Lindahl, Paul Modrich e Aziz Sancar


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.