Comic Cavalcade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comic Cavalcade
250px
Capa da Comic Cavalcade #6 (Primavera de 1944), arte da capa por Paul Reinman.
País de origem Estados Unidos Estados Unidos
Língua de origem Estados Unidos Inglês
Editora(s) DC Comics
Formato de publicação Série Regular
Lançada em Inverno de 1942
Terminou em Junho/Julho de 1954
Edições 63
Argumento Bill Finger
Gardner Fox
Sheldon Mayer
William Moulton Marston
Desenho Sheldon Mayer
Irwin Hasen
H.G. Peter
Martin Nodell
Arte-finalista(s) Sheldon Mayer
Irwin Hasen
H.G. Peter
Martin Nodell
Personagens principais Flash
Lanterna Verde
Mulher-Maravilha
Periodicidade Trimestral:
#1–13
Quinzenal:
#14–63

Comic Cavalcade foi uma revista em quadrinhos de antologia publicada originalmente nos Estados Unidos pela DC Comics de 1942 a 1954.

Publicação original[editar | editar código-fonte]

A maioria das editoras estadunidense de revistas em quadrinhos da Era de Ouro dos Quadrinhos da década de 30 e 40, publicaram títulos de antologia que apresentavam uma variedade de personagens, geralmente com uma estrela — como o Lanterna Verde na All-American Comics ou a Mulher-Maravilha na Sensation Comics. Comic Cavalcade, no entanto, mostrava ambos os personagens protagonistas, além do Flash, estrela em seu próprio título, bem como no spin-off All-Flash.

Inicialmente com 96 páginas, Comic Cavalcade era bem maior que as revistas em quadrinhos da época e custava 15 centavos de dólar, enquanto que o preço médio dos gibis da época era 1 centavo de dólar. Muitas histórias da Comic Cavalcade foram escritas por roteiristas regulares de outros personagens, por motivos de prazo. O escritor do Batman, Bill Finger, por exemplo, ocasionalmente escreveu histórias do Flash para a Comic Cavalcade quando o escritor regular do Flash, Gardner Fox, estava engajado em outros projetos.

Um personagem que não era super-herói introduzido na Comic Cavalcade foi o misterioso Johnny Periln na edição #19 (fevereiro de 1947). Suas origens, antes dessa primeira aparição, vieram da história "Just a Story" na edição #15 (julho de 1946), pelo escritor-artista Howard Purcell.[1] Na edição #22 (setembro de 1947), a série antológica "Just a Story" tinha Peril como testemunha ou narrador, e não mais como parte integrante da narrativa[2][nota 1]. O personagem passou a aparecer em sua própria série na All-Star Comics, Danger Trail e Sensation Comics[3] por volta de 1953. Ele retornou na Era de Prata dos Quadrinhos em 1958, na The Unexpected.[4]

Inicialmente publicado trimestralmente, o título passou a ser quinzenal a partir da edição #14 (abril–maio de 1946). Com a renovação completa na edição #30 (dezembro–janeiro de 1948), passou a ser uma revista de humor com tema funny-animal quando os super-heróis perderam sua popularidade na era do pós-guerra. O tamanho do gibi por esse tempo já era de 76 páginas.

O título seria posteriormente referenciado na série da DC da década de 70, Cancelled Comic Cavalcade.

Notas e referências

Notas

  1. Subtitulado "Just Another Story". Continuação da série anterior, agora com um novo título. O mesmo personagem (Johnny Peril) apareceu como Mr. Nobody em Comic Cavalcade #19.

Referências

  1. The Man That Time Forgot (Just a Story) Comic Cavalcade (1942-) #15, Gainlee Publishing Co - All American Comics, Junho-Julho de 1946
        Argumento : Howard Purcell - Desenho : Howard Purcell - Arte-final: Howard Purcell- 8 páginas
  2. The Kid by the Side of the Road (Johnny Peril) Comic Cavalcade (1942–) #22, National Comics Publications, Inc., Agosto–Setembro de 1947
        Argumento : Howard Purcell - Desenho : Howard Purcell - Arte-final: Howard Purcell- 8 páginas
  3. Irvine, Alex "1950s" in Dolan, p. 68: "For most of Sensation Comics run the lead feature remained Wonder Woman, but from issue #107, the theme changed as the mysterious adventurer known as Johnny Peril took center stage…At issue #110, Sensation Comics changed its name to Sensation Mystery to better represent its new focus. Johnny Peril remained the lead feature of the comic until its demise six issues later in July 1953"
  4. Markstein, Donald D. «Johnny Peril no Don Markstein's Toonopedia» 🔗. toonopedia.com. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 22 de março de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]