Império do Futuro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de GRCESM Império do Futuro)
Ir para: navegação, pesquisa
Império do Futuro
Bandeira do GRCESM Império do Futuro.png
Cores Verde e branco
Presidente Arandir do Santos (Careca)
Intérprete oficial Jorginho do Futuro

GRCESM Império do Futuro é uma escola de samba mirim da cidade do Rio de Janeiro, que participa todos os anos do desfile oficial de escolas de samba mirins, realizado na Marquês de Sapucaí.

História[editar | editar código-fonte]

Desfile do Império do Futuro em 2012.

O Império do Futuro é considerado a primeira escola mirim[1], tendo sido idealizado ainda na década de 1970, quando do chamado Ano Internacional da Criança.[1] Segundo Arandir do Santos, o Careca, a ideia seria que a escola desfilasse a frente do Império Serrano, em seu desfile oficial[1], o que não foi possível por problemas no regulamento.

Finalmente, a escola foi de fato criada em 1983, com instrumentos de percussão doados por Alcione.[1]

Em 2011, reeditou o samba-enredo do Império Serrano de 1972.[2]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Império do Futuro

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Arandir do Santos (Careca) ? - ? [3]


Carnavais[editar | editar código-fonte]

Império do Futuro
Ano Colocação Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
2009 Não divulgado A Império do Futuro desfila na Sapucaí avec élégance, merci! Jorginho [1]
2011 13º lugar Alô Alô, Taí, Carmem Miranda

(reedição do Império de 1972)

[4]
2012 Não divulgado Todo Menino é um Rei, Toda Mulher é Guerreira

Compositores:Ala dos Compositores.

Jorginho e Jade
2013 Não divulgado
2014
2015 Não divulgado
2017

Referências

  1. a b c d e O Dia (26 de dezembro de 2008). «Corações Unidos do Ciep traz a realeza para o samba». Consultado em 19 de abril de 2011 
  2. Extra (22 de junho de 2010). «Escolas de samba mirins apresentam enredos e lançam CD». Consultado em 17 de março de 2011 
  3. [1]
  4. TV Rio Samba (março de 2011). «AESM-RIO divulga notas das agremiações mirins». Consultado em 28 de maio de 2011. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2013