Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Igreja Cristã de Nova Vida)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida
Classificação Protestante
Orientação Pentecostalismo Reformado[1]
Área geográfica Brasil
Fundador Robert McAlister[2]
Origem 1 de agosto de 1960 (60 anos)
Rio de Janeiro
Membros 90.568 (2010)[3]
Site oficial www.icnvcatedral.com.br

A Aliança das Igrejas Cristãs Nova Vida (AICNV), também conhecida simplesmente como Igreja Cristã Nova Vida (ICNV) é uma denominação protestante, de orientação pentecostal reformada. Foi fundada em 1960 pelo bispo Robert McAlister, depois de iniciar transmissão de programas de rádio[4][5]. É chefiada pelo seu bispo primaz Walter McAlister.[2]

O primeiro nome da denominação foi Igreja Pentecostal de Nova Vida, mas 2008 foi decidido pelo colégio que bispos que passaria a se chamar Igreja Cristã Nova Vida, devido a nova orientação pentecostal reformada e para evitar associações com o Neopentecostalismo, rejeitado pela denominação. [6]

Em 2010, a denominação tinha 90.568 membros, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo considerada a 24ª maior denominação protestante do país.[3] Todavia, no mesmo ano, 64.457 deles residiam no Rio de Janeiro, concentrando 71,16% dos membros da denominação.[7] Outros 4.581 membros (5,05%) residiam no Estado de São Paulo[8] e 4.842 membros (5,34%) residiam em Minas Gerais[9]. Logo, mais de 81% dos membros residiam apenas nestes três estados.

Em 2006 foi fundado o Instituto Bispo Roberto McAlister de Estudos Cristãos, para formação de pastores da denominação.[2]

Referências

  1. «Declaração de Fé da Alianças das Igrejas Cristãs Nova Vida». Consultado em 23 de Julho de 2020 
  2. a b c «Instituto Bispo Roberto McAlister de Estudos Cristãos». Consultado em 23 de Julho de 2020 
  3. a b «População residente, por situação do domicílio e sexo, segundo os grupos de religião» (PDF). censo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de Julho de 2020 
  4. de Santi, Alexandre; Brum, Maurício (5 de janeiro de 2018). «Como os programas evangélicos ganharam as rádios e TVs do Brasil». Super Interessante. Consultado em 23 de julho de 2020 
  5. Cunha, Magali do Nascimento (2007). A explosão gospel: um olhar das ciências humanas sobre o cenário evangélico no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad. ISBN 9788574782287 
  6. Walter McAlister e John McAlister (2018). O Pentecostal reformado. São Paulo: Nova Vida. ISBN 9788627508551 Verifique |isbn= (ajuda). Consultado em 23 de julho de 2020 
  7. «População residente, no Rio de Janeiro por renda, sexo, escolaridade e cor segundo os grupos de religião». censo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístic. 2010. Consultado em 23 de Julho de 2020 
  8. «População residente, em São Paulo por renda, sexo, escolaridade e cor segundo os grupos de religião». censo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de Julho de 2020 
  9. «População residente, em Minas Gerais por renda, sexo, escolaridade e cor segundo os grupos de religião». censo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2010. Consultado em 23 de Julho de 2020