Iproniazida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Estrutura química de Iproniazida
Iproniazida
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
N'-isopropylisonicotinohydrazide
Identificadores
CAS 54-92-2
ATC N06AF05
PubChem 3748
DrugBank DB04818
Informação química
Fórmula molecular C9H13N3O
Massa molar 179.219 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade ?
Metabolismo ?
Meia-vida ?
Excreção ?
Considerações terapêuticas
Administração ?
DL50 ?

Iproniazida (Marsilid, Rivivol, Euphozid, Iprazid, Ipronid, Ipronin) é um inibidor da monoamina oxidase (IMAO) irreversível não-seletivo da classe hidrazina.[1][2] Foi interrompido em quase todo o mundo na década de 1960, mas permaneceu em uso na França até muito recentemente.[3]

Referências

  1. Robert A. Maxwell; Shohreh B. Eckhardt (1990). Drug discovery. [S.l.]: Humana Press. pp. 143–154. ISBN 9780896031807  Parâmetro desconhecido |isbn10= ignorado (ajuda)
  2. Fagervall I, Ross SB (abril de 1986). «Inhibition of monoamine oxidase in monoaminergic neurones in the rat brain by irreversible inhibitors». Biochemical pharmacology. 35 (8): 1381–7. PMID 2870717. doi:10.1016/0006-2952(86)90285-6 
  3. Maille F, Duvoux C, Cherqui D, Radier C, Zafrani ES, Dhumeaux D (outubro de 1999). «[Auxiliary hepatic transplantation in iproniazid-induced subfulminant hepatitis. Should iproniazid still be sold in France?]». Gastroenterol. Clin. Biol. (em French). 23 (10): 1083–5. PMID 10592880