Luís Gomes

Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um município brasileiro. Para outros significados, veja Luís Gomes (desambiguação).
Luís Gomes
  Município do Brasil  
Praça Zéo Fernandes, com a torre da Igreja Matriz ao fundo
Praça Zéo Fernandes, com a torre da Igreja Matriz ao fundo
Símbolos
Bandeira de Luís Gomes
Bandeira
Brasão de armas de Luís Gomes
Brasão de armas
Hino
Gentílico luís-gomense
Localização
Localização de Luís Gomes no Rio Grande do Norte
Localização de Luís Gomes no Rio Grande do Norte
Luís Gomes está localizado em: Brasil
Luís Gomes
Localização de Luís Gomes no Brasil
Mapa de Luís Gomes
Coordenadas 6° 24' 50" S 38° 23' 20" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Norte
Municípios limítrofes Em sentido horário: Riacho de Santana (a norte); José da Penha (a nordeste), Major Sales (a leste), Paraná (a sudeste), Uiraúna/PB (a sul), Poço Dantas/PB (a sudoeste), Venha-Ver (a oeste) e Coronel João Pessoa (a noroeste).
Distância até a capital 442 km
História
Fundação 5 de julho de 1890 (132 anos)
Administração
Prefeito(a) Carlos Augusto de Paiva (Tututa) (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 166,638 km²
População total (IBGE/2021[1]) 10 175 hab.
 • Posição RN: 69º
Densidade 61,1 hab./km²
Clima Tropical semiárido
Altitude 636 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[2]) 0,608 médio
 • Posição RN: 80º
PIB (IBGE/2019[3]) R$ 78 464,61 mil
 • Posição RN: 79º
PIB per capita (IBGE/2019[3]) R$ 7 756,49

Luís Gomes é um município brasileiro no interior do estado do Rio Grande do Norte. Localiza-se na região do Alto Oeste Potiguar, a uma distância de 442 km da capital estadual, Natal. Com uma área de aproximadamente 167 km², possui uma população estimada em mais de dez mil habitantes.

Emancipado de Pau dos Ferros em 1890, o nome do município é uma referência ao tenente-coronel caicoense Luís Gomes de Medeiros. Desde a sua emancipação, desmembraram-se de seu território os atuais municípios de José da Penha (1958), Paraná (1963) e Major Sales (1992). O município possui ainda importantes pontos turísticos, como o Alto do Tabor, Igreja Matriz, a Cachoeira do Rela e o Complexo Turístico Mirante.

História[editar | editar código-fonte]

A história do município de Luís Gomes tem suas raízes na chegada do tenente-coronel Luís Gomes de Medeiros, potiguar natural de Caicó, em 1756, à serra do Senhor Bom Jesus, onde construiu a primeira casa de um futuro povoado, em que se plantavam de milho, feijão, mandioca e árvores frutíferas. Antes de regressar a Caicó, Luís Gomes de Medeiros herdou a propriedade ao seu escravo Jacó. Posteriormente, Luís Gomes retorna ao local, numa época em que se consolidava o crescimento econômico e demográfico do povoado, com a construção de novas moradias e o avançado da agropecuária e comércio locais. Com isso, os moradores da localidade decidiram mudar o nome do povoamento para Luiz Gomes, em homenagem ao desbravador caicoense.[4]

O povoado, subordinado ao município de Pau dos Ferros, foi elevado à categoria de distrito, criado pela lei provincial nº 976, de 1° de junho de 1886, e desmembrado em 5 de julho de 1890, pela lei nº estadual 31, tornando-se município do Rio Grande do Norte, com a denominação Luiz Gomes, instalado oficialmente em 6 de agosto do mesmo ano. Em 30 de dezembro de 1943, pelo decreto-lei estadual n° 268, a grafia do município foi alterada de Luiz Gomes (com Z) para Luís Gomes (com S), nomenclatura mantida até os dias atuais.[4][5]

Foto antiga de Luís Gomes

Na década de 1920, dois fatos importantes de grande impacto, marcaram a história da municipalidade. O primeiro refere-se à presença da Coluna Prestes, em 5 de fevereiro de 1926, e o segundo à passagem do temido bando de Lampião (Virgulino Ferreira da Silva) em 15 de maio de 1927 na localidade de Fazenda Nova, que hoje pertence ao município de Major Sales.[6][7] Outros fatos históricos sucederam as décadas seguintes: a criação da Agência de Estatística, em 14 de agosto de 1936; elevação à categoria de cidade, em 4 de abril de 1938 e a criação da comarca, em 23 de dezembro de 1948.[8] Em 31 de dezembro de 1958, Luís Gomes perderia território, com a criação do município de José da Penha e, em 26 de março de 1963, o distrito de Paraná também fora emancipado. Nesse ano, também foram criados dois novos distritos, Major Sales e São Bernardo.[5]

Além disso, vale ressaltar a chegada de Pe. Raimundo Osvaldo Rocha à paróquia de Luís Gomes em 21 de fevereiro de 1960; a inauguração da Banda de Música Paroquial “Dr. Vicente Fernandes Lopes" em 6 de maio de 1962; implantação do Ginásio Comercial “Luís Gomes”, em 4 de março de 1968; fundação da equipe de futebol mais tradicional, 26 de Julho, em 26 de julho de 1978; promulgação da lei orgânica municipal em 3 de abril de 1990.[8] Em 1992, o distrito de Major Sales é emancipado e se torna município, restando até hoje apenas distrito de São Bernardo.[5] Fatos históricos mais recentes são instituição do código de postura, em 12 de novembro de 1999, e a eleição da primeira prefeita constitucional do município, em 5 de julho de 2015.[8]

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vigente desde 2017,[9] Luís Gomes pertence à região geográfica imediata de Pau dos Ferros, dentro da região geográfica intermediária de Mossoró.[10] Até então, com a vigência das divisões em mesorregiões e microrregiões, o município fazia parte da microrregião da Serra de São Miguel, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Oeste Potiguar.[11] Com uma área territorial de 166,638 km²[1] (0,3155% da superfície estadual), dos quais 1,314 km² em área urbana,[12] limita-se com os municípios de Riacho de Santana (a norte); Uiraúna e Poço Dantas, ambas na Paraíba (a sul), José da Penha, Major Sales e Paraná (a leste); Venha-Ver e novamente Poço Dantas a oeste. Está a 442 km da capital estadual, Natal.[13]

O relevo do município, em sua maior parte, é constituído pelo Planalto da Borborema, com altitudes predominando entre 400 e 800 metros, estando as áreas mais baixas inseridas na Depressão Sertaneja.[14] Os terrenos de Luís Gomes se situam no embasamento cristalino, constituído por rochas metamórficas do período Pré-Cambriano médio, de idade entre um bilhão e 2,5 bilhões de anos.[15] Os solos são bem drenados e bastante férteis, variando entre o podzólico vermelho amarelo equivalente eutrófico e o bruno não cálcico,[16] havendo a predominância do primeiro, presente nas áreas de maior declividade e mais argiloso que o segundo, que ocorre nas áreas de relevo plano a suave ondulado.[15] Ambos são chamados de luvissolo na nova classificação brasileira de solos.[17]

Esses solos são cobertos pela vegetação da caatinga, variando entre arbustiva e arbórea, cujas espécies perdem suas folhas na estação seca.[18][19][20] Em Luís Gomes localiza-se a nascente do Rio Apodi-Mossoró, o maior rio totalmente potiguar, que percorre a região oeste do Rio Grande do Norte, em uma extensão de 210 km, desaguando no Oceano Atlântico, entre os municípios de Areia Branca e Grossos.[21][22] Cortam o território luís-gomense os riachos da Panela, Pintadas e do Saco. Os principais reservatórios, com capacidade igual ou superior a 100 000 metros cúbicos de água são Arapuá e Luís Gomes ou Dona Lulu Pinto, com capacidade para 4 295 000 m³ e 1 286 000 m³, respectivamente.[15]

Clima[editar | editar código-fonte]

Levando-se em conta apenas o índice pluviométrico, Luís Gomes apresenta características de clima tropical chuvoso.[15] Incluindo o risco de seca, o município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro definida pelo antigo Ministério da Integração Nacional.[23] Sua localização em serra faz com que a cidade experimente temperaturas relativamente agradáveis durante a noite, caindo para abaixo dos 20 °C em algumas ocasiões, possibilitando a ocorrência de nevoeiros, com maior frequência nos meses mais frios.[24][25] As precipitações ocorrem sob a forma de chuva, embora já tenham sido registrados raros episódios de granizo.[26]

Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), que possui dados pluviométricos de Luís Gomes desde novembro de 1910, o recorde de chuva acumulada em 24 horas é de 234,2 mm em 26 de fevereiro de 1973, seguido por 200 mm em 29 de abril de 1955. Março de 1960, com 551 mm, foi o mês mais chuvoso da série histórica, enquanto os maiores acumulados anuais ocorreram em 1974 (1 731,5 mm) e 1985 (1 541,1 mm).[27] A partir de março de 2021, quando entrou em operação uma estação meteorológica da EMPARN na cidade, as temperaturas variaram de 17 °C em 8 de setembro de 2022 a 39,1 °C em 16 de dezembro de 2021.[28]

Dados climatológicos para Luís Gomes (1911-2020)
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 34,3 35,7 34,6 33,4 33,3 33,3 34,4 34,5 37,5 38,1 38,8 39,1 39,1
Temperatura mínima recorde (°C) 19,3 20,1 19,2 18,4 18,7 17,7 17,3 17,3 17 19,4 20,1 20,2 17
Precipitação (mm) 91,7 131,3 223,9 180,5 104,8 59,9 33,4 12 6,4 10,1 16,7 32,5 903,2
Fonte: EMPARN (médias de precipitação: 1910-2020;[28] recordes de temperatura: 16/03/2021-presente)[27]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional
Censo Pop.
19002 901
19205 66195,1%
19408 41248,6%
195011 16432,7%
19608 884−20,4%
19708 9200,4%
198010 00112,1%
199111 33613,3%
20009 154−19,2%
20109 6105,0%
Est. 202110 175[1]5,9%
Fonte: IBGE.[29][30]

A população de Luís Gomes no censo demográfico de 2010 era de 9 610 habitantes, com uma taxa de crescimento média anual de 0,49% em comparação ao censo de 2000,[31] sendo que 76,71% viviam no distrito-sede (7 372) e 23,29% no distrito de São Bernardo (2 238).[32] Em termos populacionais, era o 69º município mais populoso do Rio Grande do Norte e o 3 085° do Brasil, apresentando uma densidade populacional de 57,67 hab./km².[1] Da população total, 69,57% viviam na zona urbana e 30,43% na zona rural (30,43%). Ao mesmo tempo, 50,85% eram do sexo feminino e 49,15% do sexo masculino,[32] tendo uma razão de sexo de aproximadamente 97 homens para cada cem mulheres.[30][33] Quanto à faixa etária, 63,64% dos habitantes tinham entre 15 e 64 anos, 27,16% menos de quinze anos e 9,2% acima de 65 anos ou mais.[31]

Conforme pesquisa de autodeclaração do mesmo censo, a população era composta por pardos (55,26%), brancos (40,02%), pretos (4,24%) e amarelos (0,48%).[34] Levando-se em conta a nacionalidade da população, todos os habitantes eram brasileiros natos[35] (81,3% naturais do município),[36] dos quais 96,98% nascidos na Região Nordeste (96,98%), 2,28% no Sudeste, 0,71% no Centro-Oeste (0,71%) e 0,23% no Sul, além de 0,1% sem especificação. Entre os naturais de outras unidades da federação, os estados com maior percentual de residentes eram a Paraíba (6,13%), São Paulo (2,19%) e o Ceará (1,27%).[37]

Igreja Matriz de Senhora Santana, sede da paróquia de Luís Gomes, que faz parte da Diocese de Mossoró

Ainda segundo o mesmo censo, a população de Luís Gomes era formada por católicos apostólicos romanos (87,46%), evangélicos (8,65%), testemunhas de Jeová (0,65%) e esotéricos (0,06%). Outros 3,11% não possuíam religião.[38] A cidade sedia a Paróquia Senhora Santana,[39] que também abrange geograficamente os municípios de Major Sales e Paraná. Há também alguns credos protestantes ou reformados, dentre os quais a Assembleia de Deus, a Congregação Cristã do Brasil e as igrejas Deus é Amor, presbiteriana e luterana.[38]

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M) do município é considerado médio, de acordo com dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Segundo dados do relatório de 2010, divulgados em 2013, seu valor era de 0,608, sendo o 80º maior do Rio Grande do Norte e o 3 957 º do Brasil. Considerando-se apenas o índice de longevidade, seu valor é de 0,776, o valor do índice de renda é de 0,545 e o de educação é de 0,531.[2] De 2000 a 2010, o índice de Gini caiu de 0,59 para 0,55 e a proporção de pessoas com renda domiciliar per capita de até R$ 140 reduziu de 63,6% para 40%, apresentando uma queda de 24,5%. Em 2010, 52% da população vivia acima da linha de pobreza, 28,2% estava abaixo da linha de indigência e 19,8% entre as linhas de indigência e de pobreza. No mesmo ano, os 20% mais ricos eram responsáveis por 58,3% do rendimento total municipal, valor mais de 28 vezes superior à dos 20% mais pobres, que era de apenas 2,1%.[31][40]

Política[editar | editar código-fonte]

Sendo um município do Brasil, é administrado por meio de dois poderes, independentes e harmônicos entre si, o executivo e o legislativo. O primeiro é exercido pelo prefeito, auxiliado pelo seu gabinete de secretários. A Câmara Municipal representa o poder legislativo[41] e possui nove vereadores,[42] cabendo a ela a elaboração e votação de leis fundamentais à administração e ao executivo, especialmente o orçamento municipal.[43] Luís Gomes é sede de uma comarca do poder judiciário estadual, de entrância inicial, cujos termos são José da Penha, Major Sales e Paraná.[44] Pertence à 42ª zona eleitoral do Rio Grande do Norte, possuindo um quantitativo de 8 273 eleitores registrados em dezembro de 2021, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que equivale a 0,352% do eleitorado estadual.[45]

Prefeitura de Luís Gomes, sede do poder executivo municipal
Câmara de Vereadores de Luís Gomes, onde funciona a sede do legislativo
Fórum Desembargador José Fernandes Vieira, que abriga a comarca do poder judiciário estadual

Economia[editar | editar código-fonte]

Em 2010, considerando-se a população municipal com idade igual ou superior a dezoito anos, 47,4% eram economicamente inativas, 39,8% economicamente ativa e 12,8% ativa desocupada. Ainda no mesmo ano, levando-se em conta a população ativa ocupada na mesma faixa etária, 45,36% trabalhavam no setor de serviços, 29,84% na agropecuária, 8,88% no comércio, 7,09% na construção civil, 5,27% em indústrias de transformação e 1,01% na utilidade pública.[31] Conforme a Estatística do Cadastro de Empresas de 2013, Luís Gomes possuía 78 unidades (empresas) locais, todas atuantes e 907 trabalhadores, dos quais 487 do tipo "pessoal ocupado total" e 420 do tipo "ocupado assalariado". Salários juntamente com outras remunerações somavam 7 341 mil reais e o salário médio mensal de todo o município era de 1,8 salários mínimos.[46]

Em 2012, segundo o IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) do município de Luís Gomes era de R$ 53 253 mil, dos quais 43 612 mil do setor terciário, R$ 4 544 mil do setor secundário, R$ 2 813 mil de impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes e R$ 2 284 mil do setor secundário. O PIB per capita era de R$ 5 501,91.[47] Em 2013 o município possuía um rebanho de 19 830 galináceos (frangos, galinhas, galos e pintinhos), 2 510 suínos, 1 990 bovinos, 1 016 caprinos, 365 ovinos e 121 equinos.[48] Na lavoura temporária de 2013 foram produzidos mandioca (250 t), batata-doce (26 t), milho (12 t) e feijão (9 t),[49] e na lavoura permanente coco-da-baía (16 000 frutos), manga (85 t), castanha de caju (77 t) e goiaba (12 t).[50] Ainda no mesmo ano o município também produziu 233 mil litros de leite de 470 vacas ordenhadas; dezenove mil dúzias de ovos de galinha e 7 300 quilos de mel de abelha.[48]

Mercado Municipal de Luís Gomes, no centro da cidade

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

RN-177 na entrada para Luís Gomes, no cruzamento com a BR-405, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba
Avenida Senhora Santana, importante logradouro municipal, na entrada de Luís Gomes

O serviço de abastecimento de água é feito pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN).[51] Em 2010 2 165 domicílios eram abastecidos pela rede geral de distribuição (83,27%); 244 a partir de poços (9,38%); 88 de rio(s), açude(s), lago(s) ou igarapé(s) (3,38%) e 644 através de carro-pipa ou água da chuva (2,46%), além de 39 de outra(s) forma(s) (1,5%).[52] A empresa responsável pelo abastecimento de energia elétrica é a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (COSERN).[53] A voltagem da rede é de 220 volts.[54] Do total de domicílios, 2 573 tinham energia elétrica (98,96%), sendo 2 570 a partir da companhia distribuidora (98,85%) e três a partir de uma outra fonte (0,11%).[55] O lixo era coletado em 559 domicílios (45,63%), dos quais 555 por serviço de limpeza (45,3%) e quatro por caçambas (0,33%).[56]

A frota municipal em 2014 era de 626 automóveis, 488 motocicletas, 193 caminhonetes, 48 motonetas, 42 caminhões, 37 micro-ônibus, 21 camionetas, seis ônibus, cinco utilitários e dois em outras categorias, totalizando 1 468 veículos.[57] No transporte rodoviário, Luís Gomes é atravessado pelas rodovias BR-405 (federal), na zona rural,[58] e pela RN-177 (estadual), que se encontra com a BR-405 e dá acesso à cidade.[59]

O código de área (DDD) de Luís Gomes é 084[60][61] e o Código de Endereçamento Postal (CEP) é 59940-000.[62] Desde 10 de novembro de 2008 o município é servido pela portabilidade, juntamente com outras cidades de DDDs 33 e 38, em Minas Gerais; 44, no Paraná; 49, em Santa Catarina; além de outros municípios com código 84, no Rio Grande do Norte.[63] Conforme dados do censo de 2010, do total de domicílios, 1 605 tinham somente telefone celular (61,63%), 159 possuíam celular e fixo (6,47%) e 53 apenas telefone fixo (2,02%).[64]

Saúde[editar | editar código-fonte]

A rede de saúde de Luís Gomes era constituída, em agosto de 2018, por quatro postos e dois centros,[65] entre os quais o Hospital Municipal Vereador Antônio Linhares, unidade mista de saúde, situada no Centro, que possui serviços de atendimento ambulatorial, internação, SADT (Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia) e urgência, além de leitos nas especialidades de clínica geral, obstetrícia e pediatria clínicas.[66] Neste hospital, em 2014, foram registrados doze óbitos (seis de mulheres e seis de homens), seis por doenças no sistema circulatório, três por doença no sistema respiratório, duas por tumores (neoplasias) e uma por doença infectocontagiosa/paralisia.[67]

Em 2010, a expectativa de vida ao nascer do município era de 71,56 anos, com índice de longevidade de 0,776, taxa de mortalidade infantil de 22,2 por mil nascidos vivos (até um ano de idade) e taxa de fecundidade de 2,6 filhos por mulher.[31] Em abril do mesmo ano, a rede profissional de saúde era composta por 45 auxiliares de enfermagem, treze médicos, nove enfermeiros, cinco farmacêuticos, cinco cirurgiões-dentistas, dois nutricionistas, um técnico em enfermagem e um fisioterapeuta, totalizando 81 profissionais.[68] Segundo dados do Ministério da Saúde, de 1990 e 2012 foi registrado um caso de AIDS em Luís Gomes e, entre 2001 e 2011, foram notificados 327 casos de dengue e 45 de leishmaniose.[69] Em 2014, 99,7% das crianças menores de um ano de idade estavam com a carteira de vacinação em dia[70] e, dentre as crianças menores de dois anos pesadas pelo Programa Saúde da Família (PSF), 0,9% estavam desnutridas.[40] Luís Gomes pertence à VI Unidade Regional de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (URSAP-RN), sediada em Pau dos Ferros.[71]

Educação[editar | editar código-fonte]

IDEB de Luís Gomes[72]
Ano Anos
iniciais
Anos
finais
2005 2,6 3
2007 3,2 2,1
2009 3,2 2,6
2011 3,6 2,4
2013 3,7 2,5

O fator "educação" do IDH no município atingiu em 2010 a marca de 0,531,[31] ao passo que a taxa de alfabetização da população acima dos dez anos indicada pelo último censo demográfico do mesmo ano foi de 73,2% (79,6% para as mulheres e 66,6% para os homens).[73] No mesmo ano, Luís Gomes possuía 9,82 anos esperados de estudo, valor acima da média estadual (9,54 anos).[31] A taxa de conclusão dos ensinos fundamental (15 a 17 anos) e médio (18 a 24 anos) era de 47,8% e 33,7%, respectivamente, e o percentual de alfabetização de jovens e adolescentes entre 15 e 24 anos de 93,4%. Em 2014, a distorção idade-série entre alunos do ensino fundamental, ou seja, com com idade superior à recomendada, era de 19,7% para os anos iniciais e 51,6% nos anos finais, enquanto no ensino médio essa defasagem era de 48,3%.[72]

No censo de 2010, da população total, 3 417 frequentavam creches ou escolas, 3 131 na rede pública de ensino (91,64%) e 286 na rede particular (8,36%), sendo que 1 803 cursavam o regular do ensino fundamental (52,76%), 503 o regular do ensino médio (14,71%), 398 estavam em creches (11,64%), 228 no pré-escolar (6,67%), 138 em cursos superiores de graduação (4,04%), 111 em classes de alfabetização (3,24%), 105 na alfabetização de jovens e adultos (3,06%), 95 na educação de jovens e adultos do ensino fundamental (2,78%), 21 na educação de jovens e adultos do ensino médio (0,63%), dez ma especialização de nível superior (0,28%) e seis no mestrado (0,19%).[74] Levando-se em conta o nível de instrução da população com idade superior a dez anos, 5 369 não possuíam instrução e ensino fundamental incompleto (67,71%), 1 207 tinham fundamental completo e superior incompleto (15,22%), 1 153 com médio completo e superior incompleto (14,54%), 195 com superior completo (2,46%) e cinco com nível indeterminado (0,06%).[75]

Em 2012 Luís Gomes possuía uma rede de treze escolas de ensino fundamental (com 101 docentes), onze do pré-escolar (22 docentes) e duas de ensino médio (25 docentes).[76] No ensino superior, o município abriga um polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), inaugurado em novembro de 2007.[77] O Polo Universitário Alsenir Pereira (PUAP) fez de Luís Gomes uma cidade universitária, constituído a partir da UAB I, de junho de 2005. O primeiro vestibular ocorreu no 1º semestre de 2007 para implantação do Curso de Tecnologia em Gestão Ambiental do IFRN.[78]

Cultura[editar | editar código-fonte]

No setor cultural, Luís Gomes dispõe da Fundação Francisca Fernandes Claudino (FUNFFEC), criada em 1969 como escola profissional e transformada em fundação em 2007, sendo reconhecida pela lei municipal 171, de 2 de maio de 2008, como de utilidade pública.[79] Há também a Banda de Música Dr. Vicente Lopes Fernandes e a Orquestra FUNFFEC de Cordas, fundadas em 1962 e 2012,[80][81] respectivamente, bem como grupos de artesanato, artes plásticas, capoeira, carnaval, dança, desenho/pintura, manifestação tradicional popular, música, orquestra e teatro.[82] São feriados municipais os dias 5 de julho, data de emancipação política do município, e 26 de julho, dia da padroeira municipal, Sant'Ana.[83]

Sede da Fundação Francisca Fernandes Claudino (FUNFFEC), na Praça Joca Claudino

O artesanato é uma das mais formas mais espontâneas da expressão cultural luís-gomense, tendo como principais atividades o bordado e a renda, além da culinária típica.[84] Em várias partes do município é possível encontrar uma produção feita com matérias-primas regionais e criada de acordo com a cultura e o modo de vida local. Normalmente essas peças são vendidas em lojas, feiras e/ou exposições, como a Feira de Negócios, Cultura e Turismo de Luís Gomes (FENACUT), que é realizada desde 2001, dentro das festividades de emancipação política, atraindo muitos visitantes de diversas localidades e contribuindo para a movimentação da economia local.[85][86]

Entre as principais festividades destacam-se, além da FENACUT, as festas juninas, com destaque para o São João Unificado das Escolas de Luís Gomes, que conta com apresentações de quadrilhas, danças folclóricas e animações de bandas musicais, além de barracas oferecendo comidas típicas regionais;[87][88] a festa de emancipação política, no dia 5 de julho, cuja programação inclui a alvorada, o hasteamento das bandeiras e outras apresentações culturais;[89][90] o Festival Artes de Julho, um evento de resgate da cultura regional promovido pela FUNFFEC;[91] e a festa da padroeira Sant'Ana, que se inicia no dia 16 de julho com a missa de abertura, prosseguindo durante nove noites do novenário e terminando no dia 26, com a procissão, percorrendo as principais ruas da cidade com uma imagem da padroeira, e a missa solene de encerramento, incluindo também a programação sociocultural.[92]

O turismo é uma das grandes potencialidades do município, com a presença de atributos geográficos e culturais que, em conjunto, destacam Luís Gomes positivamente no cenário regional. As paisagens com pontos de observação privilegiados, a culinária e o artesanato local, as festas tradicionais e populares atestam seu potencial estratégico para o desenvolvimento sustentável do turismo e a fomentação de mecanismos para geração de emprego e renda.[93] As principais atrações turísticas são: o Complexo Turístico do Mirante, que oferece lazer e entretenimento e é o ponto mais alto da sede municipal, de onde se podem avistar várias localidades vizinhas;[94] o Alto do Tabor, localizado no distrito de São Bernardo e, durante muito tempo, o principal local destinado aos rituais de oração da população, especialmente na época seca;[95] a Cachoeira do Relo, uma queda d'água de oito metros de altura e o principal lugar para a prática do ecoturismo e turismo de aventura em Luís Gomes;[96][97] a Igreja Matriz de Senhora Sant'Ana, localizada no coração da cidade, remonta o início da comunidade e atrai fiéis dos mais diversos lugares, especialmente no mês de julho, além de construções históricas, como casas de farinha e engenho, o Mercado Público, a Casa Paroquial e a FUNFFEC.[98]

Complexo Turístico Mirante, inaugurado em 2005

Referências

  1. a b c d e IBGE. «Brasil / Rio Grande do Norte / Luís Gomes / Brasil». Consultado em 13 de março de 2015 
  2. a b Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  3. a b IBGE. «Brasil / Rio Grande do Norte / Luís Gomes / Produto Interno Bruto dos Municípios». Consultado em 16 de fevereiro de 2022 
  4. a b «História». Confederação Nacional de Municípios (CNM). Consultado em 4 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2011 
  5. a b c «Histórico» (PDF). IBGE. Consultado em 4 de dezembro de 2011. Cópia arquivada (PDF) em 4 de Dezembro de 2011 
  6. NASCIMENTO, 2016, p. 37.
  7. NASCIMENTO, 2016, p. 202.
  8. a b c NASCIMENTO, 2016, p. 88-90.
  9. IBGE (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 29 de março de 2019. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  10. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome IBGE_DTB_2017
  11. IBGE (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 44–45. Consultado em 29 de março de 2019. Cópia arquivada (PDF) em 25 de setembro de 2017 
  12. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). «Áreas urbanas no Brasil em 2015». Consultado em 15 de fevereiro de 2022 
  13. «Distância entre Natal e Luís Gomes». Consultado em 13 de março de 2015 
  14. SILVA, 2018, p. 281.[1]
  15. a b c d Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA-RN) (2008). «Perfil do município: Luís Gomes» (PDF). Consultado em 4 de dezembro de 2011. Cópia arquivada (PDF) em 16 de fevereiro de 2022 
  16. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). «Mapa Exploratório-Reconhecimento de solos do município de Luís Gomes, RN» (PDF). Consultado em 16 de fevereiro de 2022. Cópia arquivada (PDF) em 16 de fevereiro de 2022 
  17. JACOMINE, 2008, p. 178.[2]
  18. GIULIETTI, 2004, p. 140.[3]
  19. SILVA, 2018, p. 283.[4]
  20. EMÍDIO, 2010, p. 25.[5]
  21. SANTOS, 2017, p. 15.[6]
  22. ROCHA et al, 2009, p. 202.
  23. Ministério da Integração Nacional (2005). «Nova Delimitação do Semi-Árido Brasileiro» (PDF). Consultado em 13 de março de 2015. Arquivado do original (PDF) em 22 de fevereiro de 2015 
  24. MORAIS, Alguiberto (17 de junho de 2010). «Frio chega mais cedo ao município de Luís Gomes». Consultado em 13 de março de 2015. Cópia arquivada em 13 de março de 2015 
  25. MORAIS, Alguiberto (18 de junho de 2010). «Chuva, frio e névoa chegam a serra de Luís Gomes». Consultado em 13 de março de 2015. Cópia arquivada em 13 de março de 2015 
  26. Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) (24 de janeiro de 2008). «Chove granizo em cidade do Rio Grande do Norte». Consultado em 27 de fevereiro de 2011. Cópia arquivada em 27 de Fevereiro de 2011 
  27. a b Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN). «Relatório pluviométrico». Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  28. a b EMPARN. «Relatório de variáveis meteorológicas». Consultado em 7 de fevereiro de 2022 
  29. IBGE. «Evolução da população, segundo os municípios - 1872/2010» (PDF). Consultado em 17 de fevereiro de 2014 [ligação inativa]
  30. a b IBGE (2010). «Tabela 2.1 - População residente, total, urbana total e urbana na sede municipal, em números absolutos e relativos, com indicação da área total e densidade demográfica, segundo as Unidades da Federação e os municípios – 2010». Consultado em 13 de março de 2015 
  31. a b c d e f g «Luís Gomes, RN». Consultado em 13 de março de 2015 
  32. a b «Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo - Sinopse». 2010. Consultado em 13 de março de 2015 
  33. IBGE (2010). «Razão de sexo, população de homens e mulheres, segundo os municípios – 2010». Consultado em 13 de março de 2015 
  34. IBGE (2010). «Tabela 2093 - População residente por cor ou raça, sexo, situação do domicílio e grupos de idade - Amostra - Características Gerais da População». Consultado em 13 de março de 2015 
  35. IBGE (2010). «Tabela 1497 - População residente, por nacionalidade - Resultados Gerais da Amostra». Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  36. IBGE (2010). «Tabela 1505 - População residente, por naturalidade em relação ao município e à unidade da federação - Resultados Gerais da Amostra». Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  37. IBGE (2010). «Tabela 631 - População residente, por sexo e lugar de nascimento». Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  38. a b IBGE (2010). «Tabela 2094 - População residente por cor ou raça e religião». Consultado em 13 de março de 2015 
  39. «Zonal do Alto Oeste». Consultado em 13 de março de 2015. Cópia arquivada em 17 de fevereiro de 2014 
  40. a b «1 - acabar com a fome e a miséria». Portal ODM. 2010. Consultado em 13 de março de 2015 
  41. OLIVEIRA, 2009, p. 13.[7]
  42. «Prefeito e vereadores de Luís Gomes tomam posse». 1 de janeiro de 2021. Consultado em 16 de fevereiro de 2022 
  43. OLIVEIRA, 2009, p. 24-25.[8]
  44. «LEI COMPLEMENTAR Nº 643, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2018». Consultado em 16 de fevereiro de 2022 
  45. Tribunal Superior Eleitoral (TSE). «Estatísticas do eleitorado – Consulta por município/zona eleitoral». Consultado em 13 de março de 2015 
  46. IBGE (2013). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » estatísticas do cadastro central de empresas - 2013». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  47. IBGE (2012). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » produto interno bruto dos municípios - 2012». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  48. a b IBGE (2013). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » produção agrícola municipal - pecuária - 2013». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  49. IBGE (2013). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » produção agrícola municipal - lavoura temporária - 2013». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  50. IBGE (2013). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » produção agrícola municipal - lavoura permanente - 2013». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  51. Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. «Resumo dos Custos Totais de Poços Para Atender a Demanda Humana Concentrada no Ano 2020». Consultado em 15 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 14 de agosto de 2011 
  52. IBGE (2010). «Tabela 1395 - Domicílios particulares permanentes, por situação do domicílio e existência de banheiro ou sanitário e número de banheiros de uso exclusivo do domicílio, segundo o tipo do domicílio, a forma de abastecimento de água, o destino do lixo e a existência de energia elétrica». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  53. «Quem somos». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2014 
  54. «Tensões Nominais». Agência Nacional de Energia Elétrica. Consultado em 25 de agosto de 2015. Arquivado do original em 23 de setembro de 2015 
  55. IBGE (2010). «Tabela 1398 - Domicílios particulares permanentes e Moradores em domicílios particulares permanentes, cuja condição no domicílio não era pensionista, nem empregado(a) doméstico(a) ou seu parente, por classes de rendimento nominal mensal domiciliar, a situação do domicílio, a existência e número de banheiros de uso exclusivo do domicílio, a principal forma de abastecimento de água, o destino do lixo e a existência de energia elétrica». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  56. IBGE (2010). «Tabela 3341 - Domicílios particulares permanentes, total e com rendimento domiciliar, e valor do rendimento nominal médio e mediano mensal dos domicílios particulares permanentes, total e com rendimento domiciliar, segundo a situação do domicílio, o tipo de domicílio e o destino do lixo». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  57. IBGE. «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » frota - 2014». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  58. «Luís-gomense morre após carro colidir contra árvore as margens da BR 405, zona rural de Luís Gomes/RN». Portal Rafael Fernandes. 2 de janeiro de 2014. Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2015 
  59. «Mapa multimodal do Rio Grande do Norte» (PDF). 2013. Consultado em 25 de agosto de 2015 [ligação inativa]
  60. «Estado: Rio Grande do Norte (RN)». Web Busca. Consultado em 15 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 26 de Agosto de 2011 
  61. «CÓDIGOS DO RIO GRANDE DO NORTE» (PDF). Anatel. 8 de junho de 2011. Consultado em 26 de outubro de 2011. Cópia arquivada (PDF) em 26 de Outubro de 2011 
  62. «Sobre Luís Gomes». CityBrazil. Consultado em 15 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 16 de Dezembro de 2011 
  63. Estadão (7 de novembro de 2008). «Portabilidade numérica chega a mais 8 milhões na 2ªf». Consultado em 26 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 1 de Março de 2011 
  64. IBGE (2010). «Tabela 3516 - Domicílios particulares permanentes, por existência de telefone, segundo a situação do domicílio e as classes de rendimento nominal mensal domiciliar per capita». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  65. «Infraestrutura Urbana & Social». Consultado em 15 de fevereiro de 2022 
  66. «HOSPITAL MUNICIPAL VEREADOR ANTONIO LINHARES». DATASUS. Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  67. IBGE (2014). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » morbidades hospitalares - 2014». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 11 de Setembro de 2015 
  68. «Caderno de Informações de Saúde - Município: Luís Gomes - RN». DATASUS. Consultado em 25 de agosto de 2015 
  69. «6 - combater a AIDS, a malária e outras doenças». Portal ODM. Consultado em 25 de agosto de 2015 
  70. «4 - reduzir a mortalidade infantil». Portal ODM. Consultado em 25 de agosto de 2015 
  71. «Municípios - VI URSAP». Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do Rio Grande do Norte (SUVISA/RN). Consultado em 25 de agosto de 2015. Arquivado do original em 14 de março de 2014 
  72. a b «OFERECER EDUCAÇÃO BÁSICA DE QUALIDADE PARA TODOS». Portal ODM. 2010. Consultado em 25 de agosto de 2015 
  73. IBGE (2010). «Tabela 1383 - Taxa de alfabetização das pessoas de 10 anos ou mais de idade por sexo». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  74. IBGE (2010). «Tabela 1972 - Pessoas que frequentavam creche ou escola por nível e rede de ensino». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  75. IBGE (2010). «Tabela 3540 - Pessoas de 10 anos ou mais de idade, por nível de instrução, segundo a situação do domicílio, o sexo, a cor ou raça e os grupos de idade». Consultado em 25 de agosto de 2015 
  76. IBGE (2012). «Rio Grande do Norte » Luís Gomes » ensino - matrículas, docentes e rede escolar - 2012». Consultado em 15 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  77. MORAIS, Alguiberto (12 de novembro de 2007). «Inaugurado Polo UAB de Luís Gomes». Consultado em 25 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 15 de Julho de 2016 
  78. NASCIMENTO, 2016, p. 121.
  79. «HISTÓRICO FUNFFEC». Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  80. MORAIS, Alguiberto (15 de julho de 2012). «Cotidiano». Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 31 de Maio de 2016 
  81. «Orquestra de Luís Gomes recebe convites de centros de formação musical na Europa». Jornal Gazeta do Oeste. 21 de fevereiro de 2015. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  82. IBGE (2012). «Grupos artísticos». Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  83. Associação do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (AMPERN) (2010). «Feriados Municipais das Comarcas do RN – Ano 2010». Consultado em 1 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  84. IBGE (2012). «6.4 Atividades artesanais». Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  85. «Sebrae-RN premia prefeitos que apóiam micro e pequenas empresas». 26 de abril de 2010. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  86. «Programação Completa da XI FENACUT – Feira de Negócios, Atividades Culturais e Turismo de Luís Gomes». Prefeitura de Luís Gomes. 29 de junho de 2016. Consultado em 15 de julho de 2016. Cópia arquivada em 15 de julho de 2016 
  87. «SÃO JOÃO UNIFICADO DAS ESCOLAS DE LUÍS GOMES». 16 de junho de 2015. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  88. «São João Unificado das Escolas Municipais de Luís Gomes foi considerado um sucesso pela organização». Prefeitura de Luís Gomes. 21 de junho de 2016. Consultado em 15 de julho de 2016. Cópia arquivada em 15 de julho de 2016 
  89. «Luís Gomes comemora 116 anos de emancipação política». 2006. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  90. «Programação da Festa de 124 anos de Emancipação Política de Luís Gomes/RN». 2014. Consultado em 26 de agosto de 2015 
  91. «Tropa de Danças Regionais de Joca Claudino se apresenta no I Festival de Artes de Julho e na VII Pocicultura». 2012. Consultado em 13 de março de 2015. Cópia arquivada em 13 de março de 2015 
  92. «Confira a programação da Festa de Senhora Santana 2015 em Luís Gomes». 13 de julho de 2015. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de Agosto de 2015 
  93. NASCIMENTO, 2016, p. 113.
  94. MORAIS, Francisco (30 de julho de 2008). «Turismo: Luís Gomes, uma descoberta no Oeste potiguar». Portal Luís Gomes. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 9 de março de 2012 
  95. COSTA, Nilberto (30 de janeiro de 2011). «NAS VEIAS DA RELIGIOSIDADE POPULAR, UMA HISTÓRIA DE FÉ E FLAGELAÇÃO». O Mossoroense. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 
  96. MORAIS, Alguiberto (5 de dezembro de 2007). «Turismo». Portal de Luís Gomes. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 31 de maio de 2016 
  97. MORAIS, Alguiberto (31 de agosto de 2008). «Turismo luisgomense registra crescimento». Portal Luís Gomes. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 9 de março de 2012 
  98. «Luís Gomes». Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2015 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

EMÍDIO, Ricardo Almeida. Otimização no uso de martelos e bigornas para quebrar sementes por macacos prego (Cebus flavius e C. libidinosus) no Bioma Caatinga. 69 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Comportamento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

ESCOBAR, Marco Lunardi; QUEIROZ, Raimundo Alberto Costa. Crimes contra o meio ambiente e ações do Ministério Público: um estudo sobre o Rio Apodi-Mossoró no município de Mossoró/RN, entre o período de 2013 a 2017. Brazilian Journal Of Development, Curitiba, v. 5, n. 11, p. 27970-27994, 2019.

GIULIETTI, Ana Maria. et al. Vegetação: áreas e ações prioritárias para a conservação da Caatinga. Biodiversidade da Caatinga: Áreas e Ações Prioritárias para a Conservação, v. 1, p. 113-131, 2004.

JACOMINE, Paulo Klinger Tito. A nova classificação brasileira de solos. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, v. 5, p. 161-179. Recife: 2008.

NASCIMENTO, Antonio Roberto Fernandes do. Luís Gomes: A terra e o povo de Luís Gomes entre prosa e poesia. Natal: Feedback, 2016. 236 p.

OLIVEIRA, Adalberto Alves de. Os poderes constitucionais do município. 2008. 64 f. Monografia (Especialização) - Curso de Especialização em Administração Legislativa, Universidade do Legislativo Brasileiro (Unilegis), Brasília, 2009.

ROCHA, Alexsandra Bezerra et al. Mapeamento geomorfológico da bacia do Apodi-Mossoró, RN, NE do Brasil. Mercator, Fortaleza, v. 8, n. 16, p. 201-216, 2009.

SANTOS, Geferson Mário Rebouças dos. Composição e riqueza da ictiofauna do rio Apodi/Mossoró, semiárido do Rio Grande do Norte. 27 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia de Pesca, Centro de Ciências Agrárias - CCA, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2017.

SILVA, F. E. B. et al. Compartimentação das unidades paisagem em escala de semidetalhe do município de Luís Gomes - Rio Grande do Norte: aplicando o sistema taxonômico de Bertrand utilizando o conceito de geofácies. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 21, n. 2, p. 279-292, 2019.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Luís Gomes