Mega TV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde março de 2013).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mega TV
Canal Brasileiro da Informação CBI Ltda.
LOGO 2014 MEGA TV SP.jpg
logotipo da emissora.
País  Brasil
Fundação 15 de outubro de 2009 (6 anos)
Pertence a Grupo Objetivo
Cidade de origem Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, SP
Sede Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo, SP
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Canais irmãos Mix TV
RBI
Cobertura Grande São Paulo[nota 1]
Microrregião de Bragança Paulista[nota 2]
Nome(s) anteriore(s) TV Jovem Pan
CBI
Mix TV
Página oficial www.megatv.com.br
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
16 UHF (São Paulo) e
40 UHF (Brasília)
Digital
15 UHF (São Paulo)
Em Implantação:
41 UHF (Brasília)
Disponibilidade por cabo
Vivo TV
Canal 14 (Plus)
Canal 20 (Fibra)
NET
Canal 23 (Barueri, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santana do Parnaíba e São Paulo)
Canal 25 (Atibaia e Bragança Paulista)
TV Alphaville
Canal 195

Mega TV é um canal de televisão brasileira de infomerciais, programas de vendas e ofertas de imóveis, automóveis e outros bens. Pertence ao Grupo Objetivo, que também detém a Mix TV.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Mega TV se origina da extinta CBI (Canal Brasileiro da Informação), que transmitiu por muitos anos o programa Shop Tour. Em 2004, o Shop Tour ganha um canal próprio na cidade de São Paulo e deixa o canal 16.

Com a saída do Shop Tour, o canal passa a transmitir um programa de vendas muito semelhante ao formato criado pelo empresário Luiz Galebe, que consegue uma liminar proibindo o formato por alguns dias. Após algum tempo, a CBI passa a transmitir programas de entrevistas e em 2009, estreia a Mega TV.[1]

Em março de 2014 a emissora foi condenada por veicular publicidade acima dos 25% do tempo diário.[2]

Informações[editar | editar código-fonte]

No tempo da CBI (Canal Brasileiro da Informação) a vinheta de identificação era uma nave grande viajando pelo espaço e começa a atirar, no alvo surge a sigla "CBI" e o narrador diz seu significado.

A sucessora da CBI se chama Mix TV e logo depois passa se chamar Mega TV.[1]

Programas[editar | editar código-fonte]

  • Espaço Mix
  • Mega TV Autos
  • Mega TV Imóveis
  • Link
  • Bota Fora
  • Mega Oferta
  • Mega Web

Canais[editar | editar código-fonte]

Cidades do Estado de São Paulo
Mercado Canais Cidades
Grande São Paulo Canal 14 Vivo TV
Canal 15 UHF Digital
Canal 16 UHF Analógico
Canal 23 NET
Alphaville Canal 24 TV Alphaville
  • Alphaville

Notas

Referências

  1. a b c sobre a MEGA TV
  2. «Três emissoras são condenadas por excesso de publicidade». Tela Viva. Converge Comunicações. 6 de março de 2014. Consultado em 10 de Março de 2014. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.