Sérgio Chapelin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sérgio Vieira Chapelin
Chapelin (esq.) nos anos 1970
Nascimento 12 de maio de 1941 (79 anos)
Valença, RJ
Ocupação jornalista
apresentador
repórter
locutor
Nacionalidade brasileiro

Sérgio Vieira Chapelin (Valença, 12 de maio de 1941) é um jornalista, repórter, locutor e apresentador de televisão brasileiro.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sérgio iniciou a carreira como locutor de rádio, passando pela Rádio Nacional, Rádio MEC e Rádio Jornal do Brasil. Estreou na Rede Globo em 1972 como âncora do Jornal Hoje substituindo Ronaldo Rosas, e no mesmo ano passou a ancorar o Jornal Nacional ao lado de Cid Moreira.

Em 1983, Sérgio deixou a Rede Globo para apresentar o Show sem Limite, no SBT, mas a experiência não deu certo, pois o então presidente das Organizações Globo Roberto Marinho boicotou em sua emissora as propagandas em que Sérgio apresentava — tais propagandas eram as principais fontes de renda de Sérgio, e assim logo retornou à Rede Globo em 1984 para ancorar novamente o Jornal Nacional a partir de 1989 e como âncora exclusivo do Fantástico até 1992.[2]

Sérgio tornou-se também o primeiro apresentador do Globo Repórter, programa que apresentou durante 23 anos, até 27 de setembro de 2019, quando se despediu do programa e da emissora. Depois de quase cinquenta anos na Globo, o jornalista decidiu se aposentar.[1][3] Chapelin tem uma fazenda em Itamonte, na região de São Lourenço, sul de Minas Gerais.[4]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Ano Título Cargo
1972-1983; 1989-1996 Jornal Nacional Âncora
1973 Fantástico âncora
1973-1983; 1986-1989; 1996-2019 Globo Repórter Apresentador
1974 Isto É Pelé (versão em português) Narrador
1977-1978 Amanhã Âncora
1978 Samba da Criação do Mundo Narrador
1978 Nas Ondas do Surf Narrador
1979 Copa 78 - O Poder do Futebol Narrador
1979-1981 Jornal da Globo Âncora
1983-1984 Show sem Limite Apresentador
1986 Uma Canção Brasileira
2004 Fantástico 30 Anos - Grandes Reportagens

Referências

  1. a b «Sérgio Chapelin se despede com emoção do "Globo Repórter" nesta sexta-feira (27)». Diário do Nordeste. 27 de setembro de 2019. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  2. «O dia em que Sérgio Chapelin trocou a Globo pelo SBT». Tribuna do Paraná. 27 de setembro de 2019. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  3. Balles, Alessandra (9 de agosto de 2019). «Sandra Annemberg e Maju Coutinho mudam de jornal». MSN. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  4. «Sérgio Chapelin cai do cavalo e se afasta do "Globo Repórter"». Folha de S.Paulo. 19 de junho de 2008. Consultado em 12 de janeiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons
Precedido por
Hilton Gomes
Apresentação do Jornal Nacional
1972 — 1983
Sucedido por
Celso Freitas
Precedido por
Celso Freitas
Apresentação do Jornal Nacional
1989 — 1996
Sucedido por
Lillian Witte Fibe
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.