Zileide Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zileide Silva
Zileide Silva (cropped).jpg
Biografia
Nascimento
Nome nativo
Zileide Silva da Luz
Cidadania
Atividade
Outras informações
Empregador

Zileide Silva da Luz (São Paulo, 26 de outubro de 1958) é uma jornalista brasileira. É repórter especial do Jornal Nacional e Globo Repórter e apresentadora eventual do Jornal Hoje, da Rede Globo de Televisão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formada em jornalismo na Faculdade de Comunicação Cásper Líbero, a jornalista iniciou suas atividades profissionais na rádio Jornal de São Paulo quando ainda frequentava a faculdade. Trabalhou na Radio Cultura e na rádio e na TV Bandeirantes, TV Cultura, no SBT em São Paulo e em Brasília. Em 1997 entrou na Globo e de 2000 a 2003 foi correspondente da emissora em Nova York.[1]

Enquanto correspondente, participou da cobertura "histórica" dos atentados de 11 de setembro de 2001.[2][3]

Em 2006, Zileide Silva foi a primeira repórter negra a integrar comitiva presidencial, acompanhando o então presidente Lula em viagem à África do Sul [4]. Entre 2009 e 2013, a jornalista apresentou diariamente as notícias políticas do Bom Dia Brasil, com isto se tornou a 1ª mulher negra a apresentar como titular um telejornal diário para todo o Brasil na Rede Globo [5]. Alegando cansaço ela retornou às reportagens. [6]

Em 2021, a jornalista revelou estar com câncer de mama, e, atualmente, faz tratamento.[7]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Comunique-se. Categoria jornalista política:2004, 2006 e 2008 [8]
  • Prêmio Comunique-se. Categoria melhor repórter:2005 [8]


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.