Rosana Jatobá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rosana Jatobá
Nome completo Rosana Rocha Cavalcante Jatobá
Nascimento 16 de janeiro de 1971 (46 anos)
Salvador (BA)
Ocupação Jornalista , Escritora e Radialista
Divorciada
Filho(s) Lara e Benjamin
Nacionalidade brasileira
Atividade Ancora e Comentarista da Radio Globo FM
Trabalhos notáveis Jornal da Globo
Jornal Hoje
SPTV
Super Domingo

Rosana Jatobá (Salvador, 16 de janeiro de 1971) é uma advogada e jornalista brasileira. Formou-se em Direito pela Universidade Católica do Salvador e Jornalismo pela Universidade Federal da Bahia. Rosana possui mestrado em Gestão e Tecnologias Ambientais pela Universidade de São Paulo. Trabalhou na Procuradoria do Trabalho por 5 anos. Reporter e Apresentadora da Tv Band por 5 anos. Reporter e Apresentadora da Tv Globo por 12 anos. Foi vencedora do Prêmio Comunique-se como melhor jornalista de Sustentabilidade em 2013, repetindo o feito em 2016 Foi vencedora do Prêmio Chico Mendes como Personalidade Ambiental do ano de 2014.[1] Apresentadora de TV. Ancora do Redação Globo na Radio Globo FM. Comanda o Portal Universo Jatoba Autora do livro de crônicas Questão de Pele e da Coleção Jatobá para Ecoalfabetizaçao

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rosana Jatobá iniciou sua carreira como Advogada do Ministério Público Federal, onde permaneceu por três anos.  Formou-se em Jornalismo e começou na televisão em 1996 como Repórter e Apresentadora da TV Bandeirantes, nos programas Dia a Dia News, Dia a Dia Revista e Jornal da Band, onde permaneceu por quatro anos.

Em 2000 foi contratada pela TV Globo atuando por 12 anos como repórter e apresentando a previsão do tempo nos telejornais Jornal Nacional, Jornal da Globo, Jornal Hoje, Bom Dia Brasil e de ter apresentado eventualmente o Bom Dia São Paulo, SPTV, Globo Rural e Antena Paulista e o Jornal Hoje. Em 2010 apresentou o programa "Um Mundo para Chamar de Seu" da GNT. Tornou-se Colunista de Sustentabilidade no G1, o Portal de Notícias da Globo.

Após a saída da TV Globo,[2] migrou-se para a Rádio Globo em 2013 no Programa "Conversa com a Jatobá" e também com o quadro Tempo Bom, Mundo Melhor.[3] Em fevereiro de 2013 o canal National Geographic anunciou Rosana como apresentadora do programa Super Domingo.[4] Cursou Teatro na Oficina de Atores de Nilton Travesso.

Rosana possui um portal de sustentabilidade.[5] É Âncora do Redação Globo e Comentarista de Sustentabilidade na Radio Globo FM. Palestrante. Foi colunista do G1. Lançou seu primeiro livro " “Questão de Pele – A Terra Como Organismo Vivo” em 2013. Em 2015, lançou a Coleção Jatobá para Ecoalfabetizaçao.

É divorciada e tem dois filhos.

Pratica Yoga.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 2013-Categoria Comunicação/Sustentabilidade- Venceu
  • 2016-Categoria Comunicação/Sustentabilidade- Venceu [1]

2014- Personalidade Ambiental / Chico Mendes

Referências

  1. a b http://terceirotempo.bol.uol.com.br/noticias/pra-mio-comunique-reune-os-astros-do-jornalismo-no-tom-brasil
  2. Folha de S.Paulo (8 de março de 2012). «Rosana Jatobá deixa a Globo e é substituída por Flávia Freire». Consultado em 11 de dezembro de 2014 
  3. O Fuxico (15 de maio de 2012). «Após deixar a TV, Rosana Jatobá é contratada pela Rádio Globo». 12:45. Consultado em 15 de maio de 2012 
  4. Ricco, Flávio; Carlos, José (26 de fevereiro de 2013). «Globo nega mudanças em entretenimento e garante "Vale a Pena"». Coluna do Flávio Ricco. Universo Online. Consultado em 27 de fevereiro de 2013 
  5. http://universojatoba.com.br/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
---
Apresentação do Globo Rural (DIÁRIO)
2000
Sucedido por
Priscilla Brandão
Precedido por
Fabiana Scaranzi
Previsão do tempo do Jornal Nacional
1998 - 2004
Sucedido por
Flávia Freire
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.