Línguas africanas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Distribuição das línguas africanas

Costuma-se chamar de línguas africanas, às línguas cujas família linguística é originária de África. Em africa fala-se pretogues

Línguas africanas[editar | editar código-fonte]

Conhecem-se mais de 1000 línguas, que estão atualmente divididas nas seguintes quatro famílias de línguas:

Línguas não-africanas faladas na África[editar | editar código-fonte]

Os grupos acima são as famílias de línguas originárias de África. No entanto, existem várias línguas que pertencem a famílias de línguas não-africanas, como o malgaxe que é uma língua austronésia e o africâner (que se pode considerar uma língua "nativa") que pertence à família das línguas indo-européias, assim como o são, no léxico, a maioria das línguas crioulas de África.

Para além disso, a maior parte dos países africanos adoptou como, pelo menos uma das suas línguas oficiais, uma língua europeia - o português, nas ex-colónias portuguesas, o francês, o espanhol nas espanholas e o inglês nas inglesas - e, neste momento, estas línguas são faladas pela população urbana desses países e, em geral, por todas as pessoas com uma escolaridade significativa. A língua alemã e a língua italiana são ainda faladas por minorias respectivamente na Namíbia e Camarões, que foram colónias alemãs, e na Somália, da qual uma parte foi colónia italiana.

O estudo das línguas africanas[editar | editar código-fonte]

Na Europa existe um projeto em curso no sentido de criar um currículo comum em línguas e linguística africana chamado EEQUALL (European Equivalences In African Languages And Linguistics), que se pretende permitir que os estudantes tenham créditos de diferentes universidades.

Línguas oficiais[editar | editar código-fonte]

As línguas oficiais na África
  Afrikaans
  Árabe
  Inglês
  Francês
  Português
  Espanhol
  Swahili
  outras línguas africanas

Além das antigas línguas coloniais do Inglês, Francês, Português, e Espanhol, apenas algumas línguas são oficiais a nível nacional. Estas são:

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]