Perigosas Peruas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Perigosas Peruas
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 50 min. aproximadamente
Criador(es) Carlos Lombardi com a supervisão de texto de Lauro César Muniz
País de origem Brasil
Idioma original Português
Produção
Elenco Vera Fischer
Sílvia Pfeifer
Mário Gomes
Cassiano Gabus Mendes
Alexandre Frota
José Lewgoy e grande elenco.
Tema de abertura "Perigosas Peruas", As Frenéticas
Transmissão original 10 de fevereiro de 199228 de agosto de 1992
N.º de episódios 173
Cronologia
Último
Último
Vamp
Deus Nos Acuda
Próximo
Próximo

Perigosas Peruas foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo entre 10 de fevereiro e 28 de agosto de 1992, substituindo, Vamp e sendo substituida por Deus Nos Acuda, com 173 capítulos. Foi escrita por Carlos Lombardi, supervisão de texto de Lauro César Muniz e teve direção geral de Roberto Talma.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Amigas desde a infância, Cidinha e Leda seguiram caminhos opostos: a primeira virou uma dona-de-casa que jamais pensou em trabalhar fora e, a segunda, tornou-se uma profissional bem sucedida, com aversão a casamento e filhos. Em comum, apenas um amor do passado: Belo, filho da italiana Dona Gema, o qual acabou por casar-se com Cidinha.

O que Cidinha não sabe é que, durante a sua gravidez, Leda também esperava um bebê de Belo e que, com a morte prematura do bebê de Cidinha, Belo havia trocado os bebês na maternidade.

De volta ao Brasil depois de anos de sucesso profissional no exterior, Leda irá reivindicar a guarda da filha com Cidinha. Mas Belo trabalha para os Torremolinos, uma família poderosa da máfia, chefiada pelos primos Franco e Branco. E eles envolvem Belo em uma grande enrascada: ou ele mata Leda e Cidinha, ou eles o matam.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Vera Fischer como Cidinha.
Sílvia Pfeifer como Leda.
Alexandre Frota como Jaú.
Tato Gabus Mendes como Paulinho Pamonha.
Beth Goulart como Diana.
Ator Personagem
Vera Fischer Cidinha
Sílvia Pfeifer Leda
Mário Gomes Belo
Alexandre Frota Jaú (Ângelo Garcia)
Guilherme Karan Hector
Françoise Forton Caroline
Tato Gabus Mendes Paulinho Pamonha
Beth Goulart Diana
Rosita Thomaz Lopes Walkíria
Irving São Paulo Johann
Gerson Brener Giovanni
Sílvia Buarque Maria Doida
Flávio Colatrello Jr. Baby Face
Cláudia Lira Manuela
John Herbert Cervantes
Carlos Kroeber Michelângelo
Bianca Byington Téia (Sthepanie)
Felipe Martins João Maluco
Alberto Baruque Romano
Rômulo Arantes Téio (Otávio)
Cleyde Blota mãe de Maria Doida
Leina Krespi Ambrósia
Ana Paula Bouzas Pimenta
Victor Branco PH (Paulo Henrique)
Cissa Guimarães Zu
Fabiana Scaranzi Joana
Fernanda Muniz Irina
Natália Lage Tuca
Igor Logullo Toninho
Adriana Tausz Zazá
Nicette Bruno Vivian Bergman
Flávio Migliaccio Venâncio
Nair Bello Gema
Cassiano Gabus Mendes D. Franco Torremolinos
José Lewgoy D. Branco Torremolinos

e ainda

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora nacional[editar | editar código-fonte]

Perigosas Peruas Nacional
Trilha sonora de Vários intérpretes
Lançamento 1992
Gênero(s) Vários
Formato(s) CD, vinil, fita cassete
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de Vários intérpretes
Último
Último
-
Perigosas Peruas Internacional
Próximo
Próximo

Capa: Alexandre Frota

  1. "Perigosas Peruas" - Frenéticas
  2. "Eu Não Sei Dançar" - Marina
  3. "Sábado" - Os Paralamas do Sucesso
  4. "Será" - Simone
  5. "Tô Indo Embora" - Sandra de Sá
  6. "Coisas da Paixão" - Emílio Santiago
  7. "Torremolinos" - Nova Era
  8. "Eu Te Amo (And I Love Her)" - Zezé Di Camargo & Luciano
  9. "Situação Mágica" - instrumental
  10. "Fêmea" - Fábio Jr.
  11. "Glória" - Sílvia Patrícia
  12. "Sentado À Beira Do Caminho" - Erasmo Carlos
  13. "Profissional da Noite" - Rômulo Arantes
  14. "Baila Baila Manuela" - Espírito Cigano
  15. "Saga" - Nova Era
  16. "Esse Mundo" - Vange Leonel
  17. "Ritmo Quente" - instrumental

Trilha sonora internacional[editar | editar código-fonte]

Capa: Mário Gomes

  1. "All Together Now" - The Farm
  2. "Spending My Time" - Roxette
  3. "I'm Too Sexy" - Right Said Fred
  4. "Senza Una Donna (Without a Woman)" - Zucchero com Paul Young
  5. "Change" - Lisa Stansfield
  6. "I Just Wanna Have You" - Megabeat
  7. "Give It Away" - Red Hot Chili Peppers
  8. "Milonga" - Julio Iglesias
  9. "Slipping Away" - Information Society
  10. "Get Ready for This" - 2 Unlimited
  11. "Tears In Heaven" - Eric Clapton
  12. "Hold On My Heart" - Genesis
  13. "Just You And Me" - Garry Thorts
  14. "Innocence" - Deborah Blando

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Exibida entre 10 de fevereiro e 29 de agosto de 1992 em 173 capítulos.
  • O autor Cassiano Gabus Mendes fora convidado por Carlos Lombardi para atuar na novela.
  • Vera Fischer chegou a ser cortada do elenco, devido à problemas que apresentou no início das gravações. Para assumir o papel de Cidinha, chegou-se a convidar Natália do Valle, Bruna Lombardi e Maria Zilda Bethlem. Nenhuma delas aceitou e Vera Fischer pediu para continuar na história, prometendo se comportar bem até o final. Prometeu, cumpriu e sua personagem foi um grande sucesso. Dois anos depois, em 1994, Vera Fischer voltaria a enfrentar problemas com a produção de uma novela, dessa vez, em Pátria Minha. No entanto, não teve a mesma sorte e sua personagem, Lídia Laport, foi tirada da trama, morta num incêndio de um hotel.
  • Duas mudanças foram feitas no texto original: a tentativa de suicídio da menina Tuca (Natália Lage), com 13 anos na época, cortada pela direção da emissora; e o final escrito para Belo (Mário Gomes), que deveria morrer por volta do capítulo 100. Como tinha grande popularidade entre os telespectadores, preferiu-se manter o personagem vivo.
  • Interessante núcleo formado pela Família Torremolinos, encabeçado por Franco Torremolinos, personagem de Cassiano Gabus Mendes.
  • O grupo de cantoras As Frenéticas gravou o tema de abertura especialmente para a novela.
  • Excelente trilha sonora internacional com grandes sucessos do ano de 1992, como All Together Now, com The Farm, Spending My Time, com Roxette, I'm Too Sexy, com Right Said Fred, Senza Una Donna, com Zucchero & Paul Young, Change, com Lisa Stansfield, Give It Away, com Red Hot Chili Peppers, Slipping Away, com Information Society, Get Ready For This, com 2 Unlimited, Tears In Heaven, com Eric Clapton, Hold On My Heart com Genesis, dentre outros.
  • Antes de se tornar apresentadora de telejornais, Fabiana Scaranzi estreou como atriz, nesta novela, com a personagem Joana.
  • John Herbert chegou a ser creditado, em umas das aberturas, como "Jonh Herbert".
  • sucessos lembrado ate hoje nunca reprisada no vale apena ver de novo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.