Corrida do Ouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Se procura o artigo sobre história da mineração relacionado com corridas do ouro, veja Febre do ouro
Corrida do Ouro
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia
Duração 55 minutos
Criador(es) Lauro César Muniz[1]
Gilberto Braga[2]
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Daniel Filho[3]
Reynaldo Boury[3]
Elenco Aracy Balabanian
Sandra Bréa
Célia Biar
Renata Sorrah
Maria Luíza Castelli (ver mais)
Tema de abertura Corrida do Ouro - Coral Som Livre[4] [5]
Tema de
encerramento
Corrida do Ouro - Coral Som Livre[4] [5]
Exibição
Emissora de
televisão original
Rede Globo
Transmissão original 8 de julho de 1974 - 24 de janeiro de 1975
N.º de episódios 179
Cronologia
Último
Último
Supermanoela
Cuca Legal
Próximo
Próximo
Programas relacionados Escalada
A Barba-Azul
Las Herederas

Corrida do Ouro foi uma telenovela brasileira em preto-e-branco produzida e exibida pela Rede Globo entre 8 de julho de 1974 e 24 de janeiro de 1975 às 19 horas[3] , substituindo Supermanoela e sendo substituída por Cuca Legal, em 179 capítulos. Escrita por Lauro César Muniz[1] e Gilberto Braga[2] , dirigida por Reynaldo Boury com supervisão de direção de Daniel Filho, foi a 14ª "novela das sete" da emissora.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O velho Durval Pontes de Albuquerque - dono de inúmeras fazendas de café, imóveis, uma fábrica e ações - morre aos 74 anos e deixa um testamento surpreendente e enigmático[6] no qual sua herança será dividida para cinco mulheres: Isadora, Tereza, Gilda, Patrícia e Ilka. Mas elas só teriam direito a fortuna se executassem, uma a uma, condições especificadas pelo milionário em uma das cláusulas, o que provocaria grandes transformações nas suas vidas. Dessa maneira, os obstáculos que cada uma das herdeiras encontrava para cumprir o testamento forneciam os ganchos da novela[7] .

Assim, Isadora Ferreira, uma cantora, deveria abandonar a carreira; Gilda Diniz Steiner, que morava na França há 20 anos, deveria ter residência fixa no Brasil; Tereza Rodrigues deveria terminar o curso de Jornalismo e obter seu diploma; Patrícia Braga Albuquerque deveria se casar com Rafael Esteves, fiel funcionário de Durval; e Ilka Silveira da Cunha teria de ir morar com a mãe, que a abandonou quando criança[8] [9] . Se, no prazo de um ano, qualquer uma das cinco não tiver cumprido sua obrigação, todas estariam deserdadas[6] .

Tereza tem um papel central no elaborado plano do milionário. Filha de Onofre, antigo caseiro de Durval, Teresa é uma moça de origem humilde, mas inteligente e decidida, que trabalha fazendo freelancer para revistas e jornais, e está prestes a se formar em jornalismo. Sua missão é aparentemente fácil de realizar mas, na verdade, Durval queria que Teresa usasse de sua persuasão para estimular as outras herdeiras a cumprirem suas funções que implicam mudanças mais ou menos radicais em suas vidas[6] .

Sobrinha paterna de Durval, Patrícia é uma jovem insegura e de personalidade frágil que não está disposta a se casar com Rafael, moço determinado que vive com os batalhadores e divertidos tios Zélia e Sérgio, e a quem Durval tratava como um filho. Patrícia sempre foi apaixonada por Fábio Rossi, jovem idealista e com vontade de crescer profissionalmente. Porém, não consegue se livrar do domínio da mãe Walkíria, mulher inescrupulosa e egoísta que não aceita o relacionamento dos dois e quer que a filha se case de qualquer jeito com Rafael para pôr a mão na herança de Durval[6] . Walkíria namora Murilo Noronha, homem sedutor - conhecido pelas suas aventuras amorosas - e determinado que trabalha como editor de uma importante revista carioca mas é frustrado profissionalmente por não ter sido romancista.

Gilda não pretende cumprir sua parte no testamento. Serena e segura, Gilda vive uma vida bem estabelecida em Paris com o marido André e a filha Vânia e não pretende voltar ao Brasil porém, André está atravessando uma crise financeira e não tem como manter a estabilidade da família. Gilda e André conheceram Durval nos anos 50 quando fecharam negócios[6] .

Ilka é uma artista plástica bem-sucedida e sofisticada que vive num casamento desgastante e infeliz com Otávio, um executivo mau-caráter que a trata com negligência e quer se apoderar da herança de Durval, o que a deixa insegura e carente. Nunca tinha ouvido falar no velho Durval, mas decide fazer um imenso sacrifício emocional para cumprir sua função pois não tem uma ótima relação com a mãe, a tresloucada Maria Ilka ou Kiki Vassourada como é conhecida. Em busca de liberdade, Kiki abandonou Ilka com poucos meses de vida deixando-a sob os cuidados do pai. Na verdade, Kiki havia sido o grande amor da vida de Durval e também o abandonou para dar vazão ao seu gosto pela independência, saindo pelo mundo montada na sua motocicleta. As duas não se veem há anos e não tem muitas afinidades, mas concordam em morar juntas[6] .

Já a atriz e cantora Isadora também não conhecia Durval e sofre com o dilema proposto pelo testamento pois ela ama o que faz, tem talento para o ofício e esperança de obter sucesso profissional mas sofre com a escassez de dinheiro[6] .

As cinco formam uma sólida amizade e se unem para cumprir suas obrigações: Gilda volta a morar no Brasil e se hospeda na casa de Patrícia; Ilka e sua mãe Kiki Vassourada se entendem bem; Tereza conclui a faculdade e engata um romance com Murilo; e Patrícia se casa com Rafael, mas na última hora não recebem a herança porque Isadora faz show onde canta, dança e atua, e consegue sucesso inesperadamente, sem conseguir largar a profissão.

A trama dá uma reviravolta quando Ilka descobre que sua mãe fora namorada de Durval, Patrícia se apaixona por Rafael - que começa a desprezá-la - e esconde sua gravidez dele, Isadora e o próprio Rafael descobrem que são filhos de Durval e sofrem misteriosos atentados promovidos por Suzana Brito, ambiciosa ex-mulher de Durval que não se conforma por não ter estado no testamento e Fábio fica decepcionado com Patrícia e acaba se apaixonando por Isadora.

No final da novela, Suzana - já enlouquecida - tenta matar Rafael no escritório da fábrica com um revólver mas acaba sendo internada; Patrícia e Rafael - depois de muitos desencontros - terminam juntos com um filho; Tereza se torna uma jornalista brilhante e se casa com Murilo; Gilda se reconcilia com André; Ilka se separa do marido e foge de motocicleta com a mãe; e Isadora termina com Fábio. Na última cena todas se reúnem na boate onde Isadora se apresenta, cantando a canção-título da novela.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Aracy Balabanian como a decidida Tereza Rodrigues.
Sandra Bréa como a divertida Isadora Ferreira.
Renata Sorrah como a insegura Patrícia Braga Albuquerque.
Célia Biar como a serena Gilda Diniz Steiner.
Walmor Chagas como o sedutor Murilo Noronha.
José Wilker como o idealista Fábio Rossi.
Castro Gonzaga como o compreensivo Onofre Rodrigues.
Renata Fronzi como a ambiciosa Suzana Brito.
Ator[10] [11] Personagem[10] [11]
Aracy Balabanian Tereza Rodrigues
Sandra Bréa Isadora Ferreira
Renata Sorrah Patrícia Braga Albuquerque
Célia Biar Gilda Diniz Steiner
Maria Luíza Castelli Ilka Silveira da Cunha
Walmor Chagas Murilo Noronha
José Augusto Branco Rafael Esteves
José Wilker Fábio Rossi
Antônio Patiño André Steiner
Nívea Maria Vânia Diniz Steiner
Jacyra Silva Lola
Paulo Gonçalves Camilo
Hemílcio Fróes Alfredo
Heloísa Helena Florinda
José Maria Monteiro Olegário
Patrícia Bueno Mônica Rossi
Fausto Rocha Mário Brito
Leila Cravo Carmem
Juan Daniel Jofre
Ilva Niño Jandira
Flávio Migliaccio Sérgio Esteves
Anilza Leoni Zélia Esteves
Oswaldo Loureiro Otávio da Cunha
Altair Lima João Paulo Colaço
Yoná Magalhães Walkíria Braga Albuquerque
Castro Gonzaga Onofre Rodrigues
Renata Fronzi Suzana Brito
Zilka Salaberry Maria Ilka Silveira (Kiki Vassourada)

Participações[editar | editar código-fonte]

Ator[11] Personagem[11]
Auricéia Araújo Madalena (Empregada de Murilo)
Betty Saady Bete (Jornalista, amiga de Tereza)
Clementino Kelé Barcelos (Amigo de Onofre)
Cláudia Loureiro Marcela Silveira da Cunha (Filha de Ilka e Otávio)
Djavan Ele mesmo (Amigo de Isadora com quem canta no primeiro capítulo)[12]
Estelita Bell Mimi Borba (Amiga de Kiki Vassourada)
Fernando José Dr. Joel (Advogado de Ilka)
Luís Delfino Dr. Sílvio (diretor do sanatório onde interna Suzana)
Margareth Boury Márcia (Amiga de Vânia)
Paulo Castelli Paulinho (Secretário de Murilo)
Sérgio de Oliveira Dr. Eliseu (Advogado do testamento de Durval)
Sidney Marques Fernando (Irmão de Lola)
Talita de Miranda Tamires (Amiga trambiqueira de Otávio)
Walter Mattesco Dr. Matos (Médico de Patrícia)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Para ajudá-lo a escrever a novela, Lauro César Muniz contou com o então iniciante Gilberto Braga. Mais tarde, o autor foi escrever a sinopse de Escalada para o horário das 20h, e Gilberto Braga terminou a novela, supervisionado informalmente por Janete Clair[12] .
  • Foi a primeira telenovela assinada por Gilberto Braga[2] [7] .
  • A abertura da novela, de Joaquim Três Rios, era um trabalho de animação desenvolvido na TV Globo de São Paulo por uma equipe dirigida pelo artista gráfico e cenógrafo Cyro Del Nero no qual bonequinhos corriam atrás de uma moeda. O calhambeque da abertura tornou-se a marca registrada da novela[9] .
  • Foi uma das novelas de maior sucesso da televisão brasileira mas, mesmo assim, perdeu para a concorrente A Barba Azul, de Ivani Ribeiro, exibida na Tupi, que inclusive, era exibida em cores.
  • Corrida do Ouro reproduzia na televisão o esquema das comédias sofisticadas do cinema norte-americano dos anos 30 e 40 [7] .
  • O enredo foi sugerido ao autor por Daniel Filho, inspirado num fato real ocorrido na Inglaterra: um milionário deixara uma fortuna como herança para sua secretária, desde que ela atendesse a estranhas exigências[12] [7] .
  • A certa altura, os autores não estavam satisfeitos com as cenas que escreviam para Patrícia e Rafael, nas quais o galã demonstrava seu interesse no casamento e a mocinha o rejeitava. Os atores Renata Sorrah e José Augusto Branco achavam chato e o público, enfadonho. Janete Clair, autora da novela das oito da época Fogo Sobre Terra, logo sugeriu aos autores: “Troca. Faz com que ele deixe de gostar dela, e ela se apaixone desesperadamente por ele”. Eles acharam a idéia meio absurda, mas seguiram o conselho. E deu super certo[9] [7] !
  • Com um elenco feminino genuíno, Corrida do Ouro imortalizou Kiki Vassourada, personagem de Zilka Salaberry, uma antimãe que logo ganhou simpatia do público. "Foi um personagem maravilhoso que fiz. Que andava de moto, uma louca varrida, e que dizia verdades na hora. Mas sabendo muito da vida. Foi bacana porque foi logo depois de Irmãos Coragem – lembrou a saudosa atriz[9] .
  • O texto de Corrida do Ouro foi exportado para o Chile e adaptado pela TVN entre 1983 e 1984 sob o título Las Herederas, onde também fez sucesso.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[4] [5] [editar | editar código-fonte]

Corrida do Ouro - Nacional
Trilha sonora de Vários intérpretes
Lançamento 1974
Gênero(s) Vários
Formato(s) LP
Gravadora(s) Som Livre[4]
Produção Guto Graça Mello[4]
Eustáquio Sena[4]

Capa : Logotipo da Novela

  1. Gerações - Zé Rodrix
  2. Quem Sabe - Montezuma
  3. Laranja da Terra - Eustáquio Sena
  4. Gilda - Orquestra Som Livre
  5. Olho D'Água - Golden Boys e Trio Esperança
  6. Corrida do Ouro - Coral Som Livre
  7. Tereza - Betinho
  8. Nem Pensar - Sandra Bréa
  9. A Bem da Verdade - Edy Star
  10. Agora - Coral Som Livre e Orquestra Som Livre
  11. Indecisão - Betinho
  12. Granizo - Orquestra Som Livre

Internacional[4] [5] [editar | editar código-fonte]

Corrida do Ouro - Internacional
Trilha sonora de Vários intérpretes
Lançamento 1974
Gênero(s) Vários
Formato(s) LP
Gravadora(s) Som Livre[4]
Produção Guto Graça Mello[4]
Eustáquio Sena[4]

Capa : Logotipo da Novela

  1. Jeux Interdits - Paul Mauriat
  2. Feelings - Morris Albert
  3. You've Got My Soul On Fire - The Temptations
  4. Noi Due Per Sempre'' - Dori Ghezzi
  5. Waterbed - The LTG Exchange
  6. Let's Put It All Together - The Stylistics
  7. The Need To Be - Jim Weatherly
  8. Pinky - Elton John
  9. She - Charles Aznavour
  10. Sexy, Sexy, Sexy - James Brown
  11. You Don't Care - The Dells
  12. Between Her Goodbye And My Hello - Gladys Knight & the Pips
  13. Broken Home - The Whispers
  14. The Reason We Live - The Dells

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b Lauro César Muniz - Teledramaturgia. Teledramaturgia. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  2. a b c Gilberto Braga - Trabalhos na TV Globo. Memória Globo. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  3. a b c Corrida do Ouro - Teledramaturgia. Teledramaturgia. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  4. a b c d e f g h i j Corrida do Ouro - Trilha Sonora. Teledramaturgia. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  5. a b c d Trilha Sonora de 'Corrida do Ouro'. Memória Globo. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  6. a b c d e f g Corrida do Ouro - Trama Principal. Memória Globo. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  7. a b c d e Corrida do Ouro - Bastidores. Teledramaturgia. Página visitada em 3 de janeiro de 2014.
  8. Corrida do Ouro - Sinopse. Teledramaturgia. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  9. a b c d Paulo Senna. Corrida do Ouro - Comédia Sofisticada e Primeira novela assinada por Gilberto Braga. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  10. a b Ficha técnica. Memória Globo. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  11. a b c d Corrida do Ouro - Elenco. Teledramaturgia. Página visitada em 2 de janeiro de 2014.
  12. a b c Corrida do Ouro - Curiosidades. Memória Globo. Página visitada em 3 de janeiro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.