Street Fighter II V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Street Fighter II Victory)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Street Fighter II V
ストリートファイターII V
(Sutorīto Faitā II V)
Gênero Luta, Ação
Anime
Direção Gisaburo Sugii
Estúdio Japão Group TAC
Exibição original 10 de abril de 1995 – 27 de novembro de 1995
Emissoras de TV Japão Yomiuri TV
Emissoras lusófonas Brasil SBT
Brasil Cartoon Network Brasil
Brasil Rede Brasil de Televisão
Nº de episódios 29
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Street Fighter II V (ストリートファイターII V, Sutorīto Faitā Tsū Bui?, Lutador de Rua II V) é um anime baseado no jogo Street Fighter 2. Dirigido por Gisaburo Sugii, a série foi exibida pela primeira vez no Japão em 1995, de 10 de abril à 27 de novembro. No Brasil, a série foi exibida pelo canal SBT durante a década de 1990 e, em 2001, pelo Cartoon Network.

Resumo[editar | editar código-fonte]

A série é uma adaptação do jogo Street Fighter 2, tendo criado várias liberdades com a história e os personagens do jogo. A série segue as aventuras dos jovens Ryu e Ken, eles percorrem vários lugares do mundo para melhorar suas habilidades das artes marciais depois que ambos enfrentaram uma humilhante derrota para Guile. Durante o decorrer da série, Ryu e Ken se familiarizaram com outros personagens, tais como Chun-Li, Fei Long, Sagat e Dhalsim. Eventualmente a dupla procura derrotar o chefe da Shadaloo, M. Bison, que faz vários ataques aos personagens durante a série.

No momento da série, Super Street Fighter II Turbo foi a última parcela, no vídeo game da série. Dos 17 personagens que aparecem na Super Street Fighter II Turbo, apenas E. Honda, Blanka, Dee Jay e T. Hawk, não foram apresentados no programa de TV. Akuma (ou Gouki, como o personagem é chamado no Japão) faz várias aparições durante as multidões.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Ryu é o personagem principal. Ele é muito dedicado às artes marciais e sempre está tentando melhorar suas habilidades. Nasceu e cresceu no Japão. Ryu e seu melhor amigo Ken, treinaram juntos, quando crianças. Durante suas viagens, ele aprende como usar uma base de um ki chamado Hadou, sob a forma do Hadouken. Ryu não usa nenhuma faixa na cabeça e nem suas luvas. Em vez disso, usa uma pulseira e seu cabelo é espetado. Depois de viajar com Ken e Chun Li, ele acabou sendo preso injustamente por tráfico de drogas. Na prisão da Tailândia, enfrentou o seu futuro rival Sagat. M.Bison percebeu o enorme potencial de lutador que Ryu tinha e controlou a sua mente, fazendo ele lutar contra Ken. No final da série, Ryu venceu o terrível Bison.
Melhor amigo de Ryu e filho único da rica família Masters. Ele vive em San Francisco com os seus pais em uma grande mansão - que leva vinte minutos da entrada para o pátio principal da casa. Ele também passa muito tempo teinando, mas não tanto como Ryu. Ken também adora sua moto, anda com ela todo tempo. Sua mãe é japonesa. Seu lado charmoso e galanteador é muito evidenciado na série, uma vez em que se mostra paquerando várias garotas em alguns episódios.
Ken também aprende a usar o poder da Hadou mais tarde, ao mesmo tempo que são mantidos prisioneiros por Shadaloo. Só Ryu conhece o Hadouken, enquanto os dois conhecem o Shoryuken (o que provavelmente é inspirado no fato de somente Ryu possuir o Hadouken de fogo nos jogos). Ken demora mais para aperfeiçoar o Shoryuken para Hadou Shoryuken, e assim encurtá-lo para Hadou Shoryu. Curiosamente, na dublagem em inglês, Ken ainda o chama de Shoryuken, enquanto Ryu o chama de Rising Dragon Punch (que quer dizer Shoryuken em inglês). Quando Ryu foi controlado por Bison, Ken só conseguiu sair vivo depois de atingir Ryu com o Hadou Shoryu, fazendo ele voltar ao normal.
Chun-Li primeiro aparece como um guia turístico contratado por Ken e Ryu à sua chegada em Hong Kong, no entanto, ela logo se revelou ser a filha do inspetor da polícia de Hong Kong. O pai dela a treina na arte do Kung-Fu como auto-defesa e, como parte de sua criação. Ela acompanha Ken e Ryu longo da maior parte de suas viagens em toda a Ásia e a Europa, mas raramente se engaja na luta ao menos que é atacada ou ameaçada. Chun-Li não é vista em seu mini-qipao azul e branco com botas, somente perto do final da série, onde ela está em cativeiro na base de Bison. Além disso, as alterações a este disfarce incluem a ausência de seus cabelos-bun, bem como a sua pantyhose sendo substituídos por kneepads. Ela, Ryu e Ken são bem próximos. Isso fez Vega enlouquecer, pois ele era apaixonado por ela. Chun-Li parece ter uma intimidade maior com Ken, possivelmente são pretendentes, o que deixa Ryu um tanto enciumado, já que possui uma queda por Chun-Li. Na Espanha, Vega aparece no quarto de Chun-Li e rouba-lhe um beijo, mas na verdade a dopa. Chun-Li e Ken são convidados por Vega e Chun-Li sente os efeitos da droga, que faz Ken lutar por Chun-Li para salvá-la de Vega. Depois de salvá-la, Chun-Li dá de cara com M.Bison e dopa Ken. Chun-Li enfrenta o M.Bison para salvar Ken, mas sucumbe perante ao poder de M.Bison e se torna numa guerreira da Shadaloo tendo o micro-ciber chip em sua testa. É obrigada a enfrentar Guile, que veio a mando do Sr. Masters para salvá-los, mas Ken rompe o poder hipnótico de M.Bison a salvando de M.Bison.
Guile é um coronel da Força Aérea dos Estados Unidos. Ele tem orgulho da Força Aérea e de seus homens, e muitas vezes sai para beber com eles sempre que podem. Ele e seu parceiro, Nash, têm servido juntos por muitos anos em várias missões e conflitos militares. Sendo que é regularmente encontrado trabalhando fora e levantando pesos. Ele já ganhou, pelo menos, um torneio de boxe e, provavelmente, outros não mencionados na série. Seu estilo de arte marcial é vagamente parecido com as técnicas de combates dos militares americanos. Quando Nash foi morto, Guile partiu para cima de Bison mas, acabou sendo derrotado. É colocado fora da fortaleza onde enfrenta Chun-Li. Quando Ryu e Ken derrota o terrível Bison, Guile conforta Chun-Li dizendo que Ryu e Ken estão bem e depois completa dizendo "Esses dois só me dão trabalho!".
  • Hong Kong Inspetor Dubal
O pai de Chun-Li. Seu principal ocupação é como capitão do Departamento de Polícia de Hong Kong, e é rotineiramente envolvido na caça a traficantes, e várias outras atividades policiais, e não é estranho os riscos que enfrenta no trabalho. Sua residência também é como um templo e de formação onde ele ensina sua filha, e vários outros estudantes. Pouco tempo depois de uma bem sucedida operação, na qual apreendeu uma grande quantidade de cocaína e de contrabando. Inspetor Dubal é convocado pela Interpol para ir até Barcelona, a fim de assistir uma conferência sobre a organização criminosa: a Shadaloo. Durante a reunião, Dubal foi quase morto por Cammy, seguindo as ordens do operador da Shadaloo, mas a sua sobrevivência foi mantida em segredo pelo Chefe da Interpol até que a pessoa que ordenou o ataque poderá ser identificado. Ao contrário dos jogos, Dubal não morre, o que pode servir de prefixo aos eventos dos jogos, já que nesta série ele ainda é vivo.
Um dos melhores alunos de Dubal, ele é agora um recém-formado em artes marciais, estrela do cinema cuja insistência em "fazer a verdadeira luta" rapidamente se torna prejudicial para a produção, devido, principalmente aos adereços danificados e propriedade pública, assim como para as lesões. Ken Masters foi chamado para ser voluntário em uma luta, enquanto passeava em Hong Kong com Ryu e Chun-Li, mas a destruição causada pela luta forçou o diretor de parar a filmagem e cortar a cena completamente. Mais tarde, após saber da suposta "morte" de seu mestre, Fei Long se entristece e promete vingança. Enquanto visitava o hospital que Dubal estava, o Chefe da Interpol informa a Fei Long sobre o truque. Mais tarde ainda, Fei Long com a ajuda de Cammy (após uma breve luta com ela no hospital) identifica como o operador da Shadaloo que mandou atacar Dubal, Balrog. O estilo de luta de Fei Long é muito parecido com o de Bruce Lee e Jackie Chan.
Sagat foi o "Rei do Muay Thai", que é famoso como uma das mais ferozes formas de artes marciais do mundo. Quando ele lutou profissionalmente, ele foi o campeão da Tailândia, e todos lhe chamaram de "Rei". Mas, após recusar-se a lançar um desafio para o sindicato de Ashura, ele foi enquadrado pela venda de drogas e foi preso, caindo em desgraça. Prometendo vingança a Dubal, Ken e Ryu, a Ashura manda seus homens para colocar heroína na bagagem de Ryu no aeroporto de Bangkok. Ryu foi levado para a mesma prisão que Sagat estava. Os dois viraram companheiros e foram capazes de aprender mais sobre as operações da Ashura. Após a prisão do chefe da Ashura, a prova da inocência de Sagat foi "descoberta" por parte da polícia tailandesa e ele foi libertado da prisão. Ao contrário do que os jogos mostram, ele não tem a sua cicatriz em seu peito (o que ele tinha desde Street Fighter 2), nem o tapa-olho e também a sua pele é mais escura. Sua "rivalidade" com Ryu é uma das mais amigáveis da série.
Dhalsim é um monge que vive em uma aldeia remota na Índia. Sagat tinha aconselhado Ryu a procurar Dhalsim para saber mais sobre as formas do Hadou. Dhalsim é um praticante de ioga e tem algumas capacidades psíquicas e, embora ele sabe muito sobre Hadou, é incapaz de ensinar a Ryu como usar o Hadouken. Apesar disso, fez Ryu e Ken melhorarem muito em seu treinamento.
Seu nome na série é Fabio La Cerda Vega. Vega é o popular domador de touros em Barcelona com uma volúpia de sangue e de nenhum valor para a vida. Ele também luta numa gaiola de ricos socialites. Durante uma tourada com a participação de Ken, Ryu, e Chun-Li, Vega, desenvolve uma obsessão por Chun-Li, e usa uma estranha "poção do amor" para persuadi-la. Enquanto estava no transe, ela assiste Vega lutando contra Ken na gaiola de aço. No final da luta, um Ken seriamente ferido aplica um Shoryuken para impedir o "ataque final" de Vega e o deixa inconsciente. Apesar de ser um toureiro, Vega é contratado da Shadaloo em segredo, e cumpriu sua missão ao ferir Ken severamente durante a luta, deixando-o debilitado afim de Bison o capturar assim.
Balrog é um executivo da Interpol, mas trabalha para a Shadaloo como informante infiltrado. Suspeitas tinham sido levantadas quando falhou no assassinato do Inspetor Dubal. Em última instância, o segredo de Balrog é descoberto por Fei Long. Antes de ser levado para a prisão, Cammy se vingou de Balrog e quase o matou mas deixa nas mãos de Fei Long. Ele não é retratado como um lutador na série e só mostra-se no boxe durante a segunda abertura.
Cammy White é uma ex-agente do MI6 e agora trabalha como mercenária assassina. Sendo Católica, ela sempre reza para o perdão, antes e depois de cada luta. Ela tem muito orgulho na qualidade do seu trabalho, e acredita quando estava contratado para um emprego, a morte de seu alvo devem ser provenientes dela mesma, e não como um acidente ou ocorrência acidental. Também, como uma questão de orgulho, ela se recusa a agir em falsos pretextos para o emprego. O seu caráter é radicalmente diferente, em comparação com qualquer outro aspecto. Ela usa um halter top preto, preto spandex tights, e uma pulseira decorada com um crucifixo, este último que ela utilizados para esconder um mortal, retrátil, fio metálico para assassinar o suas vítimas. Apesar de ser uma assassina fria, Cammy é uma das lutadoras mais belas nos Animes.
O melhor amigo de Guile, que tem servido junto a ele em várias situações. Nash morre durante a missão de salvamento de Ken na fortaleza de Bison. Na série, ele possui uma impressionante semelhança com Jean Reno. Enquanto Nash é conhecido como Charlie nos jogos em inglês, Nash conserva seu nome em japonês para a dublagem em inglês (exceto em uma cena onde ele solicita Guile por Charlie).
Ele é um lutador de luta-livre da Rússia, suas habilidades servem para ser considerado um dos homens fortes da Shadaloo. Ele não parece ter qualquer desejo particular ou inclinação para ferir ou matar alguém, mas ele não utiliza sua força contra alguém que não seja seu alvo. Zangief pode ser visto vestindo uma camisa tipo loincloth, enquanto que nos jogos, ele aparece topless. Venceu Ryu que estava fraco por causa do Hadouken, mas depois foi derrotado por Guile.
Pouco se sabe sobre Bison. Só que ele é o chefe da Shadaloo. Em contraste com o Hadou de Ken e Ryu (que é baseada no ki), os poderes de Bison são baseados na sua raiva e ódio, e são referidos como seu "Psycho Power". A utilização do seu "Psycho Power" implica, normalmente, em perder a razão, e em uma instância quase estrangula Chun-Li. Como o líder da Shadaloo, o seu único objectivo é conhecido: A dominação mundial, e a maior parte das suas atividades são financiadas através de uma variedade de operações subterrâneas, como o sindicato da Ashura. Para a ambição e poder de Bison, sugere-se que muito do seu trabalho pode ser o resultado de influências telepáticas originários de um "totem" de prata, sob a forma de uma cabeça de águia, o que é mostrado em pelo menos duas vezes para se comunicar com ele. Bison conseguiu controlar Ryu e Chun Li e fez os dois partirem para cima de Guile e Ken. Foi derrotado por Ryu e Ken.

Elenco de dublagem[editar | editar código-fonte]

Temas da série[editar | editar código-fonte]

Abertura
  • "Kaze Fuiteru" por Yuki Kuroda (eps 1-19) como também Ao Encontro do Mais Forte (tema de abertura dublado passado no Cartoon Network na maioria dos episódios)
  • "Ima, ashita no tame ni" por Shuji Honda (eps 20-29)
Encerramento
  • "Cry" por Yuki Kuroda (eps 1-19) como também Vou Mudar (tema de encerramento dublado passado no Cartoon Network na maioria dos episódios)
  • "Lonely Baby" por Shuji Honda (eps. 20-29)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Um dos equívocos da série Street Fighter II V é sua cronologia, já que a série conta a adolescência de Ryu e Ken, ambos com 17 anos, A Cammy nessa série aparenta ser mais velha que Chun-Li que devia ser ao contrário. De acordo com a data de nascimento posto pela Capcom, Cammy é dez anos mais nova que Ryu e Ken.
  • Gouki (Akuma) aparece diversas vezes ao longo do anime sem muitas vezes ser percebido, como figurante em aeroportos, bares, até mesmo quando o grupo Ashura vai à casa de Chun-Li para assassinar seu pai. Gouki aparece como um dos bandidos, sem participar da batalha, apenas como cenário.
  • O tipo de Hadouken atribuído à série, foi depois colocado em Street Fighter III, como o Denjin Hadouken.
  • Na versão brasileira do anime, vários dos dubladores também fizeram as vozes dos personagens em Street Fighter II: The Animated Movie (como Ryu e Ken por exemplo, ambos possuem as mesmas vozes não só no filme animado como também no filme live-action).
  • Na dublagem brasileira do episódio final, Ryu pronuncia o golpe Hurricane Kick ao invés de Tatsumaki Senpuukyaku (Chute Giratório Tornado, episódios 4 e 5). Durante a exibição de episódios, há diálogos que não foram dublados, apenas estão com áudio em japonês, esses erros foram corrigidos na redublagem.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.