Marvel Super Heroes vs. Street Fighter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde junho de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Marvel Super Heroes vs. Street Fighter
Produtora Capcom
Editora(s) Capcom
Plataforma(s) Arcade
Sega Saturn (somente Jap.)
Playstation
Conversões/
relançamentos
Sega Saturn, PlayStation
Data(s) de lançamento Arcade
Sega Saturn
  • JP 22 de outubro de 1998
Playstation
  • JP 25 de fevereiro de 1999
  • PAL maio de 1999
Gênero(s) Jogo de luta
Modos de jogo 1 ou 2 jogadores
Número de jogadores 1 ou 2
Controles Joystick, 6 botões
Hardware
Sistema CPS-2
CPU Motorola 68000 16 MHz
Zilog Z80 8 MHz
Som Qsound
Vídeo Raster, 384 x 224 pixels (Horizontal),
4096 cores

Marvel Super Heroes vs. Street Fighter ( マーヴル・スーパーヒーローズ VS. ストリートファイター?) é o quarto jogo de luta licenciado pela Marvel Comics produzido pela Capcom (ver Marvel vs Capcom série). É uma sequência do jogo X-Men vs. Street Fighter que substituiu os personagens do jogo X-Men: Children of the Atom por personagens do jogo Marvel Super Heroes. Na tentativa de corrigir alguns problemas do jogo anterior (X-Men vs. Street Fighter), o motor de jogo foi alterado, embora esteticamente o jogo siga a mesma linha. Marvel Super Heroes vs. Street Fighter foi lançado para arcade em 1997, para Sega Saturn em 1998 e para Playstation em 1999.

O jogo[editar | editar código-fonte]

Utiliza o mesmo sistema de luta em duplas inaugurado em X-Men vs. Street Fighter. Adicionou alguns características ao sistema de jogo, como poder chamar o parceiro para executar um movimento especial na tela, podendo neste meio tempo, controlar o jogador que havia na tela.

A maioria dos personagens Street Fighter do jogo anterior retornaram, com exceção de Cammy e Charlie, que foram substituídos por Dan e Sakura. Contudo, todos os personagens de X-Men (com exceção de Cyclops, Wolverine e Omega Red) foram substituídos por personagens de Marvel Super Heroes (Wolverine faz parte desse jogo).

Na versão de Playstation, bem como em X-Men vs. Street Fighter, há o modo single-player que consiste em batalhas com somente um-contra-um, assim como em outros jogos de luta, embora sejam escolhidos dois jogadores. Na batalha com somente um jogador, o primeiro jogador escolhido será o jogador principal e o segundo jogador escolhido será seu parceiro. No final do jogo os dois lutadores enfrentam Apocalipse, e depois novamente lutam juntos contra Cyber-Akuma. O jogador que aplicar o golpe final em Cyber-Akuma será o jogador que terá o final do jogo.

Todos os cenários de X-Men vs. Street Fighter foram mantidos em Marvel Super Heroes vs. Street Fighter.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Street Fighter[editar | editar código-fonte]

Personagens

Marvel[editar | editar código-fonte]

Personagens

Chefes[editar | editar código-fonte]

  • Flag of None.svg Apocalipse - Serve como um chefe do jogo, assim como no jogo anterior. Porém possui golpes novos como um Laser disparado de seus olhos.
  • Flag of None.svg Cyber-Akuma (メカ豪鬼, Mech-Gouki?) - Uma versão ciborgue de Akuma criada por Apocalipse, para ser um de seus cavaleiros do apocalipse, a morte. Ele é chefe final do jogo.

Personagens secretos[editar | editar código-fonte]

  • Estados Unidos Agente Americano: Embora seja diferente do Capitão América o mundo Marvel, no jogo ele é somente um Capitão América com palheta de cores diferente. Ele possui poses de vitória próprias, que são mais agressivas que do Capitão América. Também é mais resistente à golpes.
  • Flag of None.svg Mephisto: Uma palheta de cores diferente de Black Heart. Seus ataques físicos incendeiam o oponente quando acertados, mas isso é apenas uma diferença estética. Ele é o pai de Black Heart no mundo Marvel.
  • Estados Unidos Armored Spider-Man: Uma versão cinza do Homem-Aranha com armadura, baseada em uma roupa metálica que ele utilizou em alguns episódios dos quadrinhos e na série de televisão animada dos Estúdios Marvel. Ele salta mais devagar com o uso da armadura no jogo, porém possui maior resistência a golpes e seus combos são mais difíceis de serem quebrados.
  • União Soviética Mech-Zangief: Uma versão de Zangief que não possui defesa e não pode sofrer alguns golpes de combo. Esta versão é chamada de 'zumbi demoníaco' e possui uma versão azul do 'Yoga Fire' de Dhalsim que ele expele pela boca. Ele não é arrastado quando leva danos e pode interromper ataques e combos do oponente à qualquer momento. Seus movimentos causam um grande dano ao oponente e ele sofre dano menor que Zangief, porém Mech-Zangief é extremamente lento e seu salto é limitado. Ele é similar à Colossus.
  • Japão Sakura Demoníaca: Uma versão demoníaca de Sakura também conhecida como Dark Sakura, que possui o hadouken horizontal quando usado no chão, e diagonal quando usado no ar, bem como Akuma. Ela também possui o teleport Ashura Warp e o golpe Shun Goku Satsu idênticos ao de Akuma.
  • Estados Unidos Shadow: Versão negra robótica de Charlie com movimentos especiais que tem uma incrível demora ao serem acionados. Essa versão de Charlie sofreu experiências e lavagem cerebral pelas mãos de M. Bison, a quem ele serve agora.

Original do jogo (neutro)[editar | editar código-fonte]

  • Norimaro: Um personagem originalmente criado pelo comediante japonês Noritake kinashi que não representa nenhum personagem Marvel ou Capcom. Ele aparece somente como um jogador normal na versão japonesa do jogo e nas versões de Sega Saturn e Playstation, mas foi removido nas outras versões do jogo. Ele representa um estudante japonês covarde e nerd e luta armado com uma câmera. Ele arremessa objetos comuns de escola no oponente, bonecos do Akuma e outros objetos como projéteis. Ele também tenta pedir ao oponente um autógrafo no meio da luta (pode ser visto quando o jogador pressiona START durante a luta).

Conversões[editar | editar código-fonte]