Turismo de saúde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O turismo de saúde é uma das atividades mais antigas conhecidas na história da humanidade. Remonta a milênios e culturas históricas como a indiana, a grega e a romana. Envolvia desde os tratamentos medicinais ligados a água (doce e do mar) como os banhos romanos e turcos que ficaram famosos, o clima de algumas regiões e cidades e até mesmo o espiritualismo ou curas espirituais. Atualmente está focado principalmente na atividade médica e hospitalar, não deixando de envolver também o cuidado com o corpo e a mente, que nem sempre está atrelado ao ambiente hospitalar ou depende necessariamente de algum médico.

Para o escritor Adalto Felix de Godoi, trata-se dos deslocamentos regionais e internacionais de pacientes em busca de tratamento médico, hospitalar ou espiritualistas que objetivam a melhora da saúde ou busca do seu bem-estar. Trata-se de uma atividade tão antiga quanto a história humana, mas que apenas nos últimos anos tem atraido a atenção de governos e empresários em todo o mundo. Para José V. de Andrade trata-se do “...conjunto de atividades turísticas que as pessoas exercem na procura de meios de manutenção de seu físico e de seu psiquismo”.

São várias as definições encontradas, sendo que a mais conhecida internacionalmente é "Turismo Médico", ou "Medical Tourism". Outras nomes encontrados são "Viagens Médicas", "Viagens de Saúde", "Viagens para tratamento de saúde" e a expressão mais conhecida e aceita no Brasil, "Turismo de Saúde".

Os principais países que atuam nesse segmento são a Tailândia, Cingapura, India, Costa Rica, África do Sul, México, Estados unidos e o Brasil. Os Estados Unidos não são apenas os principais emissores internacionais, como também abocanham uma parcela considerável do mercado internacional. As principais especialidades procuradas são cirurgias plásticas, ortopédicas, ortodônticas, gástricas (bariátricas) e cardiológicas. Segundo Adalto Godoi, trata-se de um segmento que movimentará cerca de US$ 100 bilhões nos próximos anos. Apenas os pacientes oriundos dos Estados Unidos gastaram em 2006 US$16 bilhoões nos países que atuam com essa atividade.

Uma cirurgia By-Pass Cardíaca que custa US$130 mil nos Estados, pode custar US$35 mil na Costa Rica, US$ 40 mil no México e apenas US$ 15 mil na Índia. Um implante no joelho que custa em média US$ 40 mil nos Estados Unidos pode custar US$12 mil no Panamá, US$6,500 mil no México e US$6 mil na Costa Rica. Dentre os principais motivos que levam uma pessoa a procurar o tratamento médico em outro país, está os valores cobrados nos países emissores, como os Estados Unidos ou a longa fila de espera para cirurgias e tratamentos em países onde o sistema de saúde é universalidado como na Europa. Outros motivos estão ligados a regulação como as restrições a tratamentos impostas por organismos governamentais como a FDA (Food and Drug Administration) e novos tratamentos que surgem ou são possíveis em outros países, os países receptores.

Obviamente há fatores que são levados em conta na escolha do paciente pelo tratamento e pelo país, como a distância entre os países, se a instituição possui algum sistema de Acreditação Internacional (Auditoria de Qualidade), um sistema judicial confiável e questões legais como o suporte jurídico em caso de erros e falhas médicas. Tendo em vista que o paciente estará sujeito às leis e normas de outro país. Outra preocupação tem sido os problemas que podem ocorrer após o procedimento cirúrgico e que pode levar ao óbito do paciente. Embora várias associações de médicos tenha se colocado contra a atividade, principalmente nos países que perdem seus pacientes, estas estão mais preocupados com a fuga desses pacientes do que necessariamente com o seu bem-estar.

O turismo de Saúde pode ocorrer também nos grandes centros urbanos que sejam referências nacionais para o tratamento de uma ou várias especialidades, como a cidade de São Paulo. Um dos mais conhecidos autores sobre o tema no Brasil é o escritor Adalto Felix de Godoi, autor do livro Turismo de Saúde - uma visão da hospitalidade médica mundial, abordando também a temática no livro Hotelaria Hospitalar e Humanização no atendimento em hospitais, além de vários artigos sobre o tema.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Turismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.