Juliana Borges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juliana Borges
Nome completo Juliana D. Borges
Local de nascimento Santa Maria,  Rio Grande do Sul
Nacionalidade brasileira
Altura 1.81m
Cor do cabelo Castanhos
Cor dos olhos Castanhos
Medidas Busto: 90cm
Cintura: 60cm
Quadril: 90cm
Peso 58 kg

Juliana Dornelles Borges (Santa Maria, 1979) é uma miss, modelo e empresária famosa por ter obtido o título nacional mais prestigiado do País, o de Miss Brasil, em 2001. O evento ocorreu no tradicional Hotel Glória, no Rio de Janeiro, com transmissão televisiva pela CNT e com todas as representantes das Unidades Federativas do Brasil. A bela manteve a tradição de títulos nacionais do Rio Grande do Sul, e foi a sexta gaúcha a obter a coroa.

Cirurgias Plásticas[editar | editar código-fonte]

Ver Também: Classificação das brasileiras no Miss Universo

A eleição de Miss Brasil não era muito coberta midiaticamente pelo país durante a década de 90 e começo dos anos 2000, devido a pouca divulgação e falta de canal de Televisão Aberta transmitindo o concurso. Porém, Juliana ficou não somente conhecida no seu País, como também no mundo inteiro, ao fazer, segundo ela mesmo contou, 19 intervenções cirúrgicas como base de preparação para o concurso nacional. [1] Ela lipoaspirou o abdômen, a cintura e parte das costas. Além de recauchutar os seios com 160ml de silicone em cada um, injetou microcápsulas do produto para aumentar maçãs do rosto, mandíbula e queixo, aumentou os lábios, extraiu pintas espalhadas pelo corpo e amenizou as orelhas de abano. [2]

Sátiras e Confusões[editar | editar código-fonte]

Com gastos totais aproximado de R$10.000 mil reais na época, Juliana era facilmente confundida com travestis. [3] No início do ano em que iria concorrer ao título nacional, a gaúcha viajou com amigos transformistas para Atlântida, uma badalada praia do Rio Grande do Sul. Lá, ao lado das "amigas", ouviu de um grupo de homens que passeava pela areia: "Nossa, que beleza de travesti!". [4] Apesar da confusão, ela nunca se incomodou com o ônus de ter feito diversas intervenções. Porém, apesar de todo seu esforço e preparação para o concurso, ela acabou não se classificando no Miss Universo 2001, realizado em Porto Rico, no Caribe.

Referências

  1. _______, _______ (5 de agosto de 2015). «Diecinueve operaciones para ser Miss!». Hola! 
  2. _______, _______ (5 de agosto de 2015). «PrimeTime: Miss Brazil's Plastic Surgery!». ABC 
  3. Dandan, Alejandra (5 de agosto de 2015). «Una Miss Brasil hecha a bisturí desata un debate!». Pagina12 
  4. Paladino, Edwin (5 de agosto de 2015). «Miss Bisturi!». IstoÉ 

Links Externos[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Maria Fernanda Schiavo
Miss Rio Grande do Sul
2001
Sucedido por
Joseane Oliveira
Precedido por
Josiane Kruliskoski
Miss Brasil
2001
Sucedido por
Joseane Oliveira (Renunciou)
Taíza Thomsen (Assumiu)