Lista de vitórias dos Estados Unidos na Fórmula 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Relacionamos a seguir as trinta e três[1] vitórias obtidas pelos Estados Unidos no mundial de Fórmula 1 até o ano de 2015.[2]

Harry Schell e seus seguidores[editar | editar código-fonte]

Primeiro norte-americano na Fórmula 1, Harry Schell estreou no Grande Prêmio de Mônaco de 1950 realizado em Montecarlo em 21 de maio como piloto da Cooper e trazia em sua biografia a peculiar informação de que fora voluntário na Força Aérea Finlandesa na Guerra de Inverno travada contra a União Soviética em 1939, embora o mesmo tenha voltado aos Estados Unidos após a eclosão da Segunda Guerra Mundial.[3] Em sua carreira na Fórmula 1 disputou cinquenta e sete provas até o Grande Prêmio da Argentina de 1960 e nesse período foi o segundo colocado nos Países Baixos em 1958 com uma BRM vindo a falecer em decorrência de um acidente numa prova extracampeonato em Silverstone no dia em que se completavam dez anos de sua estreia.[4]

Durante o período no qual as 500 Milhas de Indianápolis integraram o calendário da Fórmula 1 os resultados norte-americanos foram atribuídos conforme a pontuação vigente entre 1950 e 1960, mas além dos pilotos que disputaram a referida prova também merecem destaque nomes como Dan Gurney, que entrou para a história do automobilismo em 1967 ao vencer as 24 Horas de Le Mans em dupla com A. J. Foyt e ao vencer o Grande Prêmio da Bélgica a bordo de um Eagle, carro de sua equipe. Além desse há os nomes de Peter Revson e Richie Ginther, respectivamente herdeiro da Revlon e autor da primeira vitória da Honda na Fórmula 1 no México em 1965. Vencedor das 500 Milhas de Indianápolis de 1998, Eddie Cheever é o norte-americano que mais correu pela Fórmula 1 com 132 provas em 143 fins de semana.

Rivalidade com Indianápolis[editar | editar código-fonte]

Durante as onze oportunidades em que integraram o calendário da Fórmula 1 as 500 Milhas de Indianápolis tiveram entre seus vencedores e pontuadores apenas pilotos norte-americanos e as diferenças quanto às concepções técnicas dos bólidos bem como a conveniência quanto à logística na travessia do Oceano Atlântico cimentaram uma rivalidade onde, não raro, o período entre 1950[5] e 1960 no Indianapolis Motor Speedway não seja tão documentado quanto as demais provas do "circo da velocidade". O primeiro a romper esse ambiente dividido foi Alberto Ascari que compareceu à edição de 1952 entretanto problemas com uma roda o impediram de levar adiante sua Ferrari,[6] mas viu de perto Troy Ruttman tornar-se o mais jovem piloto a vencer uma corrida válida pelo mundial de Fórmula 1 estabelecendo um recorde que só cairia no Século XXI por obra de Fernando Alonso e depois de Sebastian Vettel.

Outro estrangeiro a participar da prova foi o australiano Jack Brabham em 1961 e depois dele os europeus voltaram à carga e como resultado os britânicos Jim Clark e Graham Hill venceram as 500 Milhas de Indianápolis em 1965[7] e 1966,[8] nessa ordem, e nos anos seguintes Mario Andretti, Emerson Fittipaldi e Jacques Villeneuve foram agraciados com a vitória nesta corrida e também conquistaram os títulos da Fórmula 1 e da Fórmula Indy.[nota 1]

Campeões "made in USA"[editar | editar código-fonte]

Fora de Indianápolis a reputação norte-americana foi defendida por Phil Hill, tricampeão das 24 Horas de Le Mans (1958, 1961 1962) ao lado do belga Olivier Gendebien e primeiro a vencer pela Fórmula 1 na Itália em 1960 e a tornar-se campeão mundial em 1961, sendo que Mario Andretti alcançou o título em 1978 após dedicar-se integralmente à categoria na Lotus de Colin Chapman.

Anos recentes[editar | editar código-fonte]

O último norte-americano a pontuar na Fórmula 1 foi Michael Andretti com o terceiro lugar no Grande Prêmio da Itália de 1993 e o derradeiro representante do país na categoria foi Scott Speed no Grande Prêmio da Europa de 2007 em Nürburgring. Nas temporadas de 2013 e 2014 Alexander Rossi foi piloto de testes de Caterham e Marussia.

Desempenho em casa[editar | editar código-fonte]

Mario Andretti venceu o Grande Prémio do Oeste dos Estados Unidos de 1977 em Long Beach, único triunfo norte-americano fora dos limites de Indianápolis.

Vitórias americanas por temporada[editar | editar código-fonte]

Em contagem atualizada até 2015, os Estados Unidos estão há 37 anos sem vencer na Fórmula 1 perfazendo 625 corridas.

Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Johnnie Parsons Kurtis Kraft Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Lee Wallard Kurtis Kraft Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Troy Ruttman Kuzma Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Bill Vukovich Kurtis Kraft Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 31 de maio Bill Vukovich Kurtis Kraft Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Bob Sweikert Kurtis Kraft Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Pat Flaherty Watson Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Sam Hanks Epperly Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Jimmy Bryan Epperly Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Rodger Ward Watson Offenhauser
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos 500 Milhas Indianápolis 30 de maio Jim Rathmann Watson Offenhauser
Itália Itália Monza 4 de setembro Phil Hill Ferrari Ferrari
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Bélgica Bélgica Spa-Francorchamps 18 de junho Phil Hill Ferrari Ferrari
Itália Itália Monza 10 de setembro Phil Hill Ferrari Ferrari
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
França França Rouen-Les-Essarts 8 de julho Dan Gurney Porsche Porsche
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
França França Rouen-Les-Essarts 28 de junho Dan Gurney Brabham Climax
México México Cidade do México 25 de outubro Dan Gurney Brabham Climax
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
México México Cidade do México 24 de outubro Richie Ginther Honda Honda
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Bélgica Bélgica Spa-Francorchamps 18 de junho Dan Gurney Eagle Weslake
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
África do Sul África do Sul Kyalami 6 de março Mario Andretti Ferrari Ferrari
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Reino Unido Grã-Bretanha Silverstone 14 de julho Peter Revson McLaren Ford
Canadá Canadá Mosport Park 23 de setembro Peter Revson McLaren Ford
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Japão Japão Monte Fuji 24 de outubro Mario Andretti Lotus Ford
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Estados Unidos EUA (Oeste) Long Beach 3 de abril Mario Andretti Lotus Ford
Espanha Espanha Jarama 8 de maio Mario Andretti Lotus Ford
França França Dijon-Prenois 3 de julho Mario Andretti Lotus Ford
Itália Itália Monza 11 de setembro Mario Andretti Lotus Ford
Grande Prêmio Circuito Data da corrida Vencedor Carro Motor
Argentina Argentina Buenos Aires 15 de janeiro Mario Andretti Lotus Ford
Bélgica Bélgica Zolder 21 de maio Mario Andretti Lotus Ford
Espanha Espanha Jarama 4 de junho Mario Andretti Lotus Ford
França França Paul Ricard 2 de julho Mario Andretti Lotus Ford
Alemanha Alemanha Hockenheim 30 de julho Mario Andretti Lotus Ford
Países Baixos Países Baixos Zandvoort 27 de agosto Mario Andretti Lotus Ford

Notas

  1. Referimo-nos aqui à denominação pela qual a extinta Champ Car ficou conhecida no Brasil antes da ruptura com a Indy Race League em 1996.

Referências

  1. «The Official Formula 1 Website». Consultado em 4 de abril de 2016 
  2. «Chicane F1: Formula 1 Results and Statistics (chicanef1.com)». Consultado em 4 de abril de 2016 
  3. A Prudent Driver, New York Times, 14 May 1960, Page 21.
  4. «Perfil de Harry Schell no ESPN F1». Consultado em 4 de abril de 2016 
  5. Johnny Parsons triunfou nas 500 Milhas de Indianápolis (online). Folha da Manhã, 31/05/1950. Página visitada em 8 de julho de 2013.
  6. O jovem "volante" Troy Ruttman venceu as 500 Milhas de Indianápolis (online). O Estado de S. Paulo, 31/05/1952. Página visitada em 8 de julho de 2013.
  7. «Race Report das 500 Milhas de Indianápolis de 1965». Consultado em 4 de abril de 2016 
  8. «Race Report das 500 Milhas de Indianápolis de 1966». Consultado em 4 de abril de 2016