Real Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Real
Real EC (Angra dos Reis).png
Nome Real Esporte Clube
Alcunhas Tricolor da Japuíba
Fundação 17 de julho de 1968 (49 anos)
Estádio Carlos Henrique Varela
Presidente Brasil Benedito Bento Guimarães
Competição Rio de Janeiro Campeonato Carioca - Série B2
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Real Esporte Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro, fundada a 17 de julho de 1968.

História[editar | editar código-fonte]

Após disputar por vários anos o campeonato amador da liga de sua cidade, o Real resolveu enveredar pelo caminho do futebol profissional.

Estréia em 1993 na Segunda Divisão de Profissionais do estado do Rio de Janeiro. Na fase inicial classifica-se em terceiro lugar, classificando-se para a fase seguinte, quando é eliminado. Termina o certame em oitavo lugar na classificação geral.

Em 1994, se licencia das competições profissionais, voltando em 1995 na Terceira Divisão. Classifica-se em terceiro na fase preliminar e vai para o hexagonal final. A campanha é excelente e o clube vai para a final, perdendo-a para o campeão Esporte Clube Lucas.

Em 1996, é criada a Divisão Intermediária, na prática uma Terceira Divisão, visto que haveria nesse ano até mesmo uma Quarta. O Real vence o primeiro turno ao ganhar a final do Céres Futebol Clube e vai à final contra o vencedor do segundo turno Tio Sam Esporte Clube, mas perde, ficando com o vice-campeonato mais uma vez.

Advém um longo período de inatividade de seu departamento de futebol que durará até 2009, quando volta às competições promovidas pela FFERJ para a disputa da Terceira Divisão de Juniores, mas é excluído da competição de profissionais, ainda na primeira fase da competição por não ter pago a taxa de refiliação à FFERJ.

Costuma mandar suas partidas no estádio Municipal de Angra dos Reis Jair Toscano de Britto e tem as cores verde, vermelho e branco.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, durante a disputa do Campeonato Estadual de Futebol da Terceira Divisão, excluiu o clube da competição, ao revogar sua refiliação à entidade. O motivo da punição se deve à não quitação das pendências referentes à refiliação, tornando a equipe irregular perante o Estatuto e Regulamento da FFERJ.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 1995 Vice-campeão da Terceira Divisão;
  • 1996 Vice-campeão da Divisão Intermediária (Terceira Divisão);

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, s/d.