Região Geográfica Intermediária de Belo Horizonte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Região Geográfica Intermediária de Belo Horizonte
Divisão regional do Brasil
Localização
Características geográficas
Unidade federativa  Minas Gerais
Regiões geográficas
imediatas
Belo Horizonte
Curvelo
Itabira
Santa Bárbara-Ouro Preto
Sete Lagoas
Regiões limítrofes Barbacena
Divinópolis
Governador Valadares
Ipatinga
Juiz de Fora
Montes Claros
Patos de Minas
Teófilo Otoni
Área 40 768,239 km² 2017
População 6 237 890 hab. est. 2018
Densidade 153,01 hab./km²
Cidade mais
populosa
Belo Horizonte

A Região Geográfica Intermediária de Belo Horizonte é uma das treze regiões intermediárias do estado brasileiro de Minas Gerais e uma das 133 regiões intermediárias do Brasil, criadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2017.[1] É composta por 74 municípios, distribuídos em cinco regiões geográficas imediatas.

Sua população total estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 1º de julho de 2018 é de 6 237 890 de habitantes, distribuídos em uma área total de 40 768,239 km².[2]

Belo Horizonte é o município mais populoso da região intermediária, além de ser capital do estado, com 2 501 576 habitantes, de acordo com estimativas de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).[3]

Regiões geográficas imediatas[editar | editar código-fonte]

Região geográfica imediata Municípios População
Estimativa 2018
Área (km²)
Região Geográfica Imediata de
Belo Horizonte
Belo Horizonte
Betim
Brumadinho
Caeté
Confins
Contagem
Esmeraldas
Florestal
Ibirité
Igarapé
Jaboticatubas
Juatuba
Lagoa Santa
Mário Campos
Mateus Leme
Moeda
Nova Lima
Nova União
Pedro Leopoldo
Raposos
Ribeirão das Neves
Rio Acima
Sabará
Santa Luzia
São Joaquim de Bicas
São José da Lapa
Sarzedo
Taquaraçu de Minas
Vespasiano
5 233 283 7 744,207
Região Geográfica Imediata de
Sete Lagoas
Araçaí
Baldim
Cachoeira da Prata
Caetanópolis
Capim Branco
Conceição do Mato Dentro
Congonhas do Norte
Cordisburgo
Fortuna de Minas
Funilândia
Inhaúma
Jequitibá
Matozinhos
Morro do Pilar
Paraopeba
Prudente de Morais
Santana de Pirapama
Santana do Riacho
Sete Lagoas
410 168 9 043,748
Região Geográfica Imediata de
Santa Bárbara-Ouro Preto
Barão de Cocais
Catas Altas
Itabirito
Mariana
Ouro Preto
Santa Bárbara
253 873 4 247,369
Região Geográfica Imediata de
Curvelo
Augusto de Lima
Buenópolis
Corinto
Curvelo
Felixlândia
Inimutaba
Monjolos
Morro da Garça
Presidente Juscelino
Santo Hipólito
Três Marias
184 886 15 628,471
Região Geográfica Imediata de
Itabira
Bom Jesus do Amparo
Carmésia
Ferros
Itabira
Itambé do Mato Dentro
Passabém
Santa Maria de Itabira
Santo Antônio do Rio Abaixo
São Sebastião do Rio Preto
155 680 4 104,444
Total
74
6 237 890
40 768,239

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Divisão Regional do Brasil». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. Consultado em 9 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  2. «Áreas dos municípios brasileiros em 1º de julho de 2017». Área dos Municípios 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2017. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios brasileiros em 1º de julho de 2018 - Belo Horizonte». Estimativa populacional 2018. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2018. Consultado em 9 de fevereiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.