Itabirito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para pelo minério de ferro itabirito, veja Itabirito (geologia).
Itabirito
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Itabirito
Bandeira
Brasão de armas de Itabirito
Brasão de armas
Hino
Lema Cidade Ativa
Apelido(s) "Cidade Encanto"
Gentílico itabiritense
Localização
Localização de Itabirito em Minas Gerais
Localização de Itabirito em Minas Gerais
Itabirito está localizado em: Brasil
Itabirito
Localização de Itabirito no Brasil
Mapa de Itabirito
Coordenadas 20° 15' 10" S 43° 48' 03" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Região metropolitana Colar Metropolitano de Belo Horizonte
Municípios limítrofes Ouro Preto, Moeda, Santa Bárbara, Rio Acima, Nova Lima.
Distância até a capital 57 km
História
Fundação 7 de setembro de 1923 (96 anos)
Administração
Prefeito(a) Orlando Caldeira (CIDA, 2019 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 543,007 km²
População total (estimativa IBGE/2018[3]) 51 281 hab.
Densidade 94,44 hab./km²
Clima Tropical de altitude
Altitude 823 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 35450-000 a 35459-999[1]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,786 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 1 070 387,829 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 24 712,28
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Boa Viagem[6]
www.itabirito.mg.gov.br (Prefeitura)
www.itabirito.mg.leg.br (Câmara)

Itabirito é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Segundo informações do IBGE, o município contava com uma população estimada em 51 281[3] habitantes em 2018, e uma área de 543 km². Pertence ao Colar Metropolitano de Belo Horizonte.

História[editar | editar código-fonte]

Itabirito, conhecido na época como Itabira do Campo (distrito criado em 1752 e subordinado ao município de Ouro Preto), foi elevado à categoria de vila com a denominação de Itabirito em 7 de setembro de 1923 e à condição de cidade em 10 de setembro de 1925.[7]

Foi no século XVIII, entre 1706 e 1709, que o Capitão-Mor Francisco Homem Del Rey e o piloto da Nau Nossa Senhora da Boa Viagem, Luiz de Figueiredo Monterroyo chegaram na região em busca de ouro. A partir de 1752, já na condição de Distrito Colonial de Vila Rica, recebeu o nome de Itabira do Campo, que o identificou até o ano de 1923, quando emancipou-se politicamente em 7 de setembro, com o nome de Itabirito, originário do Tupi, que significa "pedra que risca vermelho", nome este que denomina um minério de ferro abundante na região.

O fato de a cidade se localizar exatamente entre Ouro Preto e o antigo Curral del Rei, local escolhido para se tornar a nova capital de Minas Gerais, tornou a cidade um ponto estratégico de parada dos tropeiros que transitavam pelas montanhas entre as duas localidades.

Durante o século XIX, houve um alto fluxo de imigração para Itabirito, causados tanto pela exploração aurífera quanto pela construção da Estrada de Ferro.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Situado no quadrilátero ferrífero de Minas Gerais, sua economia gira em torno da mineração, siderurgia e comércio, sendo que os dois últimos dependem invariavelmente da atividade mineral desempenhada no município.

Localiza-se na latitude 20º 15' 12" sul e longitude 43º 48' 05" oeste, estando a uma altitude média de 901 metros, predominando o clima tropical de altitude, de tipo Cwb na classificação climática de Köppen, com verões temperados e úmidos e invernos secos, são registradas geadas ocasionais no município. O ponto culminante de Itabirito é encontrado no Pico do Itabirito, monolito de hematita com de 1.586 metros. A cidade é cortada pela Rodovia dos Inconfidentes rodovia esta de fácil acesso, porém sinuosa e perigosa devido vários vítimas que faz anualmente. Situa-se à meia distância entre Ouro Preto (48 km) e Belo Horizonte (55 km).

Turismo[editar | editar código-fonte]

Culinária típica[editar | editar código-fonte]

O pastel de angu de Itabirito é considerado patrimônio cultural do município[8]. Há uma variedade grande de recheios. A cidade realiza inclusive a Festa do pastel de Angu desde 2000[9], que envolve degustação da quitanda, quadrilhas, apresentações musicais e apresentações folclóricas.[8]

Julifest[editar | editar código-fonte]

Na tradicional Julifest, que todos os anos acontece na segunda semana do mês de Julho, na Praça dos Inconfidentes, são oferecidos várias delícias da culinária itabiritense como, por exemplo, o pastel de angu que é o prato típico da cidade. Os pontos de venda (barracas, que retratam as construções típicas da zona rural) são construídas pelos próprios moradores. Outras delícias como frango ao molho pardo, feijão tropeiro, caldos, vinho quente, pinga com mel, quentão, canjica, doces, umbigo de banana com angu e carne, podem ser encontradas durante os quatro dias de festa.[10]

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 2 de setembro de 2018 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 16. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  7. «Itabirito - Histórico» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. 2008. Consultado em 20 de junho de 2012 
  8. a b Prefeitura de Itabirito. (31 de maio de 2010). Neste fim de semana acontece a 10ª Festa do Pastel de Angu, acesso em 10 de junho de 2010
  9. Gontijo, Luisana. (10 de junho de 2010). Tout Court Minas - Pastel de angu. Estado de Minas
  10. «A festa | Julifest Itabirito». julifest.com.br. 2012. Consultado em 20 de junho de 2012. Arquivado do original em 29 de agosto de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.