Rubem Berta (Porto Alegre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rubem Berta
  Bairro do Brasil  
Rubem Berta Porto Alegre.JPG
Município Porto Alegre
Área
 - Total 851 hectares
População
 - Total 87,367 moradores (2 010)[1]
41,323 homens[1]
46,044 mulheres[1]
    • Densidade 92 hab/ha hab./km²
Taxa de crescimento (+) 1,0% (de 1991 a 2000)
Domicílios 31.344[1]
Rendimento médio mensal 4,05 salários mínimos
Fonte: Não disponível

Rubem Berta é um bairro da cidade brasileira de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Foi criado pela Lei 3159 de 9 de julho de 1968 e alterado pela Lei 12112/16.

Localizado no limite norte da cidade, faz divisa a leste com o município de Alvorada, a oeste com o bairro Sarandi, e ao sul com o bairro Mário Quintana.

Atualmente é o bairro mais populoso da capital, contando com mais de 87 mil habitantes, de acordo com dados do censo do IBGE em 2010.[1]

Histórico[2][editar | editar código-fonte]

O nome do bairro foi dado em homenagem a Rubem Martin Berta, um dos pioneiros da aviação comercial brasileira e o primeiro funcionário da Varig, fundada em 1927.[3]

Até o início do século XX, era uma região agropastoril, com sua economia baseada na venda de leite. Os minifúndios dominavam a paisagem e também abasteciam a área central. O desenvolvimento e a alta densidade habitacional da região teve início na década de 1960, e foi reflexo do crescimento e desenvolvimento industrial e comercial de Porto Alegre.

Características atuais[editar | editar código-fonte]

O Rubem Berta caracteriza-se por ser um bairro residencial, dispondo de um enorme comércio de abastecimento, como supermercados, farmácias e lojas diversificada s.

Vilas e conjuntos habitacionais que compõem o Bairro Rubem Berta: Nova Gleba, Santa Rosa, Dois Diques, Pôr-do-Sol, João Paris, Fraternidade, Beco dos Maias, Nova Santa Rosa (ex-Vila Ramos), Páscoa, São Borja, União, Paris, Dutra Jardim, Diamantina, Varig, Alexandrina, Max Guess, Parque Santa Fé, Jardim Alpino, Parque Madepinho, Fernando Ferrari, Guapuruvu, Parque dos Maias, Rubem Berta e Ícaro e Jardim Leopoldina.[4][5]

Limites atuais[editar | editar código-fonte]

Ponto inicial e final: encontro da Avenida Martim Félix Berta com a Avenida Baltazar de Oliveira Garcia; desse ponto segue pela Avenida Baltazar de Oliveira Garcia até a Avenida João Ferreira Jardim, por essa até a Avenida Bernardino Silveira Amorim, por essa até a Rua dos Maias, por essa até a Rua Gamal Abdel Nasser, por essa até o Arroio do Feijó, ponto de coordenadas E: 291.527; N: 1.679.854, no limite com o Município de Alvorada; segue a montante pelo eixo desse arroio, até encontrar o ponto de coordenadas E: 291.584; N: 1.677.494; desse ponto, segue por dois segmentos de linha reta e imaginária, passando pelo ponto de coordenadas E: 290.880; N: 1.677.665 e seguindo até a Estrada Antônio Severino, ponto de coordenadas E: 290.576; N: 1.677.655; desse ponto segue por linha reta e imaginária até o entroncamento da Avenida Adelino Ferreira Jardim com a Rua da Poesia; desse ponto segue o limite de propriedade do Loteamento Rubem Berta passando pelos pontos de coordenadas E: 290.257; N: 1.677.054, E: 289.932; N: 1.677.040 e E: 289.926; N: 1.676.886 até encontrar a Avenida Martim Felix Berta, ponto de coordenadas E: 289.598; N: 1.676.879, por essa até a Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, ponto inicial. Lei 12112/16.

Lei dos limites de bairros-proposta 2015-2016[editar | editar código-fonte]

Na região do bairro Rubem Berta foram criados novos oficiais como Parque Santa Fé,[6] Costa e Silva, [7] Jardim Leopoldina[8] e Santa Rosa de Lima.[9] No fim do ano de 2015, as propostas com as emendas foram aprovadas pela câmara de vereadores de Porto Alegre. Em relação aos limites atuais, o limite entre o Bairro Santa Rosa de Lima e Rubem Berta foi movido para o sul através da emenda final, passando a ser na Avenida Gamal Abdel Nasser e não mais no Beco do Paulino, conforme proposta inicial. [10] [11] O bairro Rubem Berta com as emendas feitas possui os seguintes limites:Ponto inicial e final: encontro da Avenida Martim Félix Berta com a Avenida Baltazar de Oliveira Garcia. Desse ponto segue pela segue pela Avenida Baltazar de Oliveira Garcia até a Avenida João Ferreira Jardim, por essa até a Avenida Bernardino Silveira Amorim, por essa até a Rua dos Maias, por essa até a Avenida Gamal Abdel Nasser, por essa até o Arroio do Feijó, limite com o Município de Alvorada. Segue a montante pelo eixo central desse arroio, até encontrar o ponto de coordenadas 00000. Desse ponto, segue por dois segmentos de linha reta e imaginária até encontrar a Rua Adelino Ferreira Jardim, por essa até encontrar o limite de propriedade do Loteamento Rubem Berta, segue por esse limite de propriedade até encontrar a Avenida Martim Felix Berta, por essa até a Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, ponto inicial. [12] [13]

Referências

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • BARCELLOS, Jorge Alberto Soares; NUNES, Marion Kruse; VILARINO, Maria da Graça Andrade. A Grande Santa Rosa. Porto Alegre. Secretaria Municipal da Cultura, 1993 (Memória dos bairros)
  • SOUZA, Celia Ferraz; MULLER, Doris Maria. Porto Alegre e sua evolução urbana. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1997.
  • Dados do censo/IBGE 2000

Ligações externas[editar | editar código-fonte]