Higienópolis (Porto Alegre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Higienópolis
—  Bairro do Brasil  —
Higienópolis Porto Alegre.JPG
Município Porto Alegre
Área
 - Total 103 hectares
População
 - Total 9,096 hab (2 000)
4,211 homens
4,885 mulheres
    • Densidade 88 hab/ha hab./km²
Taxa de crescimento (+) 0,1% (de 1991 a 2000)
Domicílios 3.396
Rendimento médio mensal 17,53 salários mínimos
Fonte: Não disponível

Higienópolis é um bairro nobre da cidade brasileira de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Foi criado pela lei 2022 de 7 de dezembro de 1959.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Um prédio comercial da Avenida Dom Pedro II.

O nome do bairro, segundo o cronista Ary da Veiga Sanhudo, vem de Hígia que, na mitologia grega, é consagrada como "fada da higiene". Ainda segundo o cronista, o bairro representava, já em meados do século XX, um dos melhores e mais arejados locais de moradia da cidade.[1]

Os primeiros loteamentos da região do Higienópolis ocorreram no final do século XIX, e a malha urbana se concentrou, ao longo dos anos, sobretudo na antiga Estrada da Pedreira, atual Avenida Plínio Brasil Milano, e na Avenida D. Pedro II, a qual hoje integra a Terceira Perimetral.

No bairro se localiza a Igreja Martin Luther desde 1936 e, ao lado desta, fica o Colégio Pastor Dohms, fundado em 1931 por iniciativa de moradores do bairro, apoiados pela Comunidade Evangélica de Porto Alegre,[2] e pelo consulado alemão. Situa-se no bairro, também, o maior cemitério municipal da cidade, o Cemitério São João, em atividade desde agosto de 1936, numa área de aproximadamente 9,5 hectares.

Características atuais[editar | editar código-fonte]

Higienópolis abriga residências e uma variada rede de prestação de serviços. Assim como muitos lugares da zona norte da cidade, a tendência da paisagem do bairro é a verticalização de seus imóveis.

Pontos de referência[editar | editar código-fonte]

Áreas verdes
Educação
Outros

Limites atuais[editar | editar código-fonte]

Avenida Plínio Brasil Milano, da esquina da Avenida Carlos Gomes até a Rua Marechal José Inácio da Silva; desta, até a Travessa Marechal Simeão e Travessa Humaitá; por esta e seu prolongamento até encontrar a Rua Américo Vespúcio; desta, até a Rua São Francisco da Califórnia; desta, até a Avenida Cristóvão Colombo; e, por esta, até a Rua Dom Pedro II; desta, até o seu projetado prolongamento até a Avenida Carlos Gomes, no entroncamento com a Avenida Plínio Brasil Milano.

Seus bairros vizinhos são: Boa Vista, Passo d'Areia, Auxiliadora, São Geraldo, Floresta e São João.

Referências

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • FRANCO, Sérgio da Costa. Porto Alegre: Guia Histórico. 2ª edição. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1992.
  • SANHUDO, Ary Veiga. Porto Alegre: Crônicas da Minha cidade. Porto Alegre: Editora Movimento/Instituto Estadual do Livro,1975.
  • Dados do Censo/IBGE 2000

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Higienópolis (Porto Alegre)