Higienópolis (Porto Alegre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Higienópolis
  Bairro do Brasil  
Higienópolis Porto Alegre.JPG
Localização
Município Porto Alegre
Características geográficas
Área total 103 hectares
População total 9,096 hab (2 000)
4,211 homens
4,885 mulheres hab.
Densidade 88 hab/ha hab./km²
Outras informações
Taxa de crescimento (+) 0,1% (de 1991 a 2000)
Domicílios 3.396
Rendimento médio mensal 17,53 salários mínimos
Fonte: Não disponível

Higienópolis é um bairro nobre da cidade brasileira de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Foi criado pela lei 2022 de 7 de dezembro de 1959.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Um prédio comercial da Avenida Dom Pedro II.

O nome do bairro, segundo o cronista Ary da Veiga Sanhudo, vem de Hígia que, na mitologia grega, é consagrada como "fada da higiene". Ainda segundo o cronista, o bairro representava, já em meados do século XX, um dos melhores e mais arejados locais de moradia da cidade.[1]

Os primeiros loteamentos da região do Higienópolis ocorreram no final do século XIX, e a malha urbana se concentrou, ao longo dos anos, sobretudo na antiga Estrada da Pedreira, atual Avenida Plínio Brasil Milano, e na Avenida D. Pedro II, a qual hoje integra a Terceira Perimetral.

No bairro se localiza a Igreja Martin Luther desde 1936 e, ao lado desta, fica o Colégio Pastor Dohms, fundado em 1931 por iniciativa de moradores do bairro, apoiados pela Comunidade Evangélica de Porto Alegre,[2] e pelo consulado alemão. Situa-se no bairro, também, o maior cemitério municipal da cidade, o Cemitério São João, em atividade desde agosto de 1936, numa área de aproximadamente 9,5 hectares.

Características atuais[editar | editar código-fonte]

Higienópolis abriga residências e uma variada rede de prestação de serviços. Assim como muitos lugares da zona norte da cidade, a tendência da paisagem do bairro é a verticalização de seus imóveis.

Pontos de referência[editar | editar código-fonte]

Áreas verdes
Educação
Outros

Limites atuais[editar | editar código-fonte]

Avenida Plínio Brasil Milano, da esquina da Avenida Carlos Gomes até a Rua Marechal José Inácio da Silva; desta, até a Travessa Marechal Simeão e Travessa Humaitá; por esta e seu prolongamento até encontrar a Rua Américo Vespúcio; desta, até a Rua São Francisco da Califórnia; desta, até a Avenida Cristóvão Colombo; e, por esta, até a Rua Dom Pedro II; desta, até o seu projetado prolongamento até a Avenida Carlos Gomes, no entroncamento com a Avenida Plínio Brasil Milano.

Seus bairros vizinhos são: Boa Vista, Passo d'Areia, Auxiliadora, São Geraldo, Floresta e São João.

Referências

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • FRANCO, Sérgio da Costa. Porto Alegre: Guia Histórico. 2ª edição. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1992.
  • SANHUDO, Ary Veiga. Porto Alegre: Crônicas da Minha cidade. Porto Alegre: Editora Movimento/Instituto Estadual do Livro,1975.
  • Dados do Censo/IBGE 2000

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Higienópolis (Porto Alegre)