Gitega (cidade)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Provincia de Gitega

Gitega é a segunda maior cidade do Burundi, localiza-se ao leste da capital, Bujumbura. É capital da Província de Gitega, uma das 17 províncias de Burundi. A cidade abriga o Museu Nacional de Burundi.

Gitega, vista panôramica do setor da Mushasha

História[editar | editar código-fonte]

Em 1912, Von Languenn transfiriu a capital de Burundi ao centro do país, sobre a colina de Musinzira na qual foi batizada Residencia de Kitega. Em 1916, os belgas receberam o controle do país das mãos dos alemães e mantiveram a capital em Gitega.

Em 1962 com a independência e sem maior discussão a capital passou a ser Bujumbura. Entre 1976 e 1987 houve um movimento liderado pelo coronel Jean Bagaza Baptist que propunha o restabelecimento de Gitega como capital de Burundi.

Gitega era preferida como capital pelos governantes europeus devido a seu clima de altitude além de sua localização geográfica equidistante de todas as fronteiras do país.

Proposta como capital[editar | editar código-fonte]

Em março de 2007, o presidente Nkurunziza anunciou que planeja mudar novamente a capital do país para Gitega.