Somalilândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jamhuuriyadda Soomaaliland
جمهورية أرض الصومال
Jumhūrīyat Ard' As-sumalِ

República da Somalilândia
Bandeira da Somalilândia
Brasão da Somalilândia
Bandeira Brasão
Lema: لا إله إلا الله محمد رسول الله  (árabe)
Lā ilāhā illā-llāhu; muhammadun rasūlu-llāhi  (transliterado)
"Não há nenhum outro Deus, exceto Alá; Maomé é o mensageiro de Alá"

e também:
"Justiça, paz, liberdade, democracia e sucesso para todos"

Hino nacional: Samo ku waar
Gentílico: Somalilandense

Localização  Somalilândia

Capital Hargeisa
9°33′N 44°03′E
Língua oficial Somali, inglês e árabe
Governo República presidencialista
 - Presidente Ahmed Mahamoud Silanyo
 - Vice-presidente Abdirahman Saylici
 - Presidente do Parlamento Abdirahman Mohamed Abdilahi
Independência Da Somália 
 - Declarada 18 de maio de 1991 
 - Reconhecimento não houve 
Área  
 - Total 137.600 km² 
 Fronteira Djibuti, Etiópia e Somália
População  
 - Estimativa de 2005 3.500.000 hab. 
 - Densidade 25 hab./km² 
Moeda Shilling da Somalilândia (SLSH)
Cód. telef. +252

Mapa  Somalilândia

Somalilândia (em somali: Soomaaliland) é um Estado não-reconhecido internacionalmente. Embora pertença oficialmente à Somália, a região declarou unilateralmente sua independência em 1991 e, atualmente, é um estado de facto.

Localizada na região do Chifre da África, o território incorpora a antiga Somalilândia Britânica, delineada por tratados internacionais realizados entre 1888 e 1897 e faz fronteira com o Djibuti, a oeste, Golfo de Aden, ao norte, Etiópia, ao sul e Somália (Puntlândia) a leste. A Somalilândia é formada por cinco regiões administrativas. Uma sexta região - Saaxil - foi criada em 1996. Possui uma área de cerca de 137.600 km² e sua capital e sede do governo é Hargeisa.

Em 18 de maio de 1991, líderes do Movimento Nacional Somali (SNM) e líderes dos clãs do norte revogaram o ato (1960 Act of Union) que tinha unido os antigos territórios coloniais da Somália Italiana e da Somalilândia Britânica na República da Somália, e declararam a independência da República da Somalilândia.

A Somalilândia manteve uma existência estável, auxiliado pelo domínio opressivo de um clã governante e com a infraestrutura econômica deixado para trás por programas de auxílios militares britânicos, russos, e americanos.

História[editar | editar código-fonte]

Anteriormente conhecido como Protetorado da Somalilândia Britânica, imediatamente após ganhar a independência em 26 de junho de 1960 se uniu com a Somalilândia Italiana formando a Somália. O primeiro-ministro da Somalilândia Britânica, Ibrahim Egal, tornou-se um ministro na nova república da Somália. Ele passou a ser primeiro-ministro em 1967 mas um golpe de Estado o depôs em 1969.

Em 1991, após o colapso do governo na Somália, o território declarou sua independência como República da Somalilândia, embora tenha recebido pequeno senão nenhum reconhecimento internacional. Ibrahim Egal foi eleito presidente em 1993, reeleito em 1998 e permaneceu no poder até a sua morte em 3 de maio de 2002. O vice-presidente Dahir Riyale Kahin foi declarado novo presidente pouco tempo depois.

Desde 1998, a autoridade da Somalilândia sobre as regiões de Sool e Sanaag tem sido contestadas por Puntlândia (estado da Somália auto-declarado autônomo). O coronel Abdullahi Yusuf de Puntlândia tem conduzido várias invasões a estas regiões consideradas partes do estado de Puntlândia.

A Somalilândia está tentando declarar também sua independência econômica, mas sem as regiões de Sanaag e Sool fica carente de terras para fazer o estado economicamente viável.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Somalilândia faz fronteira com Djibuti, Etiópia e com o estado da Puntlândia, um estado da Somália.

A população foi estimada em algum valor entre 2,5 e 3,5 milhões de pessoas. Estimativas afirmam que a população da capital, Hargeisa, está entre 500.000 e 800.000. Entretanto, essas estimativas não são confiáveis, porque não houve nenhum censo feito recentemente no país, e também por causa do rápido processo de urbanização nas regiões da Somália e Somalilândia desde 1991.

O nordeste é historicamente conhecido como Costa Ajan.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

A Somalilândia está dividida em seis regiões (capitais entre parênteses):

Regiões da Somalilândia

Religião[editar | editar código-fonte]

Com algumas exceções, os habitantes do país são inteiramente adeptos do Islã.[1] [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Middle East Policy Council – Muslim Populations Worldwide. Mepc.org (1 de dezembro de 2005). Página visitada em 6 de maio de 2010.
  2. Somalia. United States Department of State. (Agosto de 2009). Página visitada em 6 de novembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Somalilândia


Bandeira da Somalilândia Somalilândia
Bandeira • Brasão • Imagens