São Tomé (São Tomé e Príncipe)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Tomé
Palácio presidencial
Brasão de São Tomé
Bandeira de São Tomé
Brasão Bandeira
Hino
Localização
Localização de São Tomé
Pais  São Tomé e Príncipe
Província São Tomé
Distrito Água Grande
Fundação 1485
Características geográficas
Área 17 km²
População (2005) 56.166
Densidade 180 hab./km²
Clima Tropical
Altitude 137 metros
Fuso horário UTC [0]
Cidades de  São Tomé e Príncipe

São Tomé é a capital de São Tomé e Príncipe, na África Ocidental, capital da província de mesmo nome e do distrito de Água Grande. Sua população estimada em 2005 era de 56.166 habitantes. A cidade está localizada na costa nordeste da Ilha de São Tomé, no Oceano Atlântico.

A cidade é o principal porto do país e domina a exportação de cacau, madeira e bananas. Apresenta clima quente e úmido.

História[editar | editar código-fonte]

Até à chegada dos portugueses, por volta de 1470, a ilha de São Tomé era desabitada. O clima úmido sob a linha do Equador facilitou a que se instalassem na ilha, favorecendo a sua colonização e o cultivo da cana de açúcar. A sua proximidade com o Reino do Congo favoreceu desde uma eventual fonte de trabalhadores africanos até à aquisição de escravos para as plantações da cana.

A cidade de São Tomé foi fundado pelos portugueses em 1485, nela se destacando a sua catedral, datada do século XVI.

Outro antigo edifício de interesse é o Forte São Sebastião, construído em 1575, e onde atualmente se encontra instalado o Museu Nacional de São Tomé.

No contexto da Dinastia Filipina, em 1599, a cidade foi ocupada pelos holandeses por dois dias e novamente em 1641 por um ano. Foi então capital da colônia até 1753 e, novamente, desde 1852 até aos nossos dias.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Paisagem da praia em São Tomé.

As ilhas de São Tomé e Príncipe, situada na região equatorial do Atlântico a cerca de 300 e 250 km (200 mi. E 150 mi.), respectivamente, ao largo da costa nordeste do Gabão, constituem o menor país da África. Ambos fazem parte de uma cordilheira de um vulcão extinto, que também inclui a ilha de Bioko na Guiné Equatorial, ao norte e Monte Camarões sobre a costa oeste africana.

A ilha de São Tomé possui 50 km (31 mi.) de comprimento e 32 km (20 mi.) de largura e é a mais montanhosa das duas ilhas. Seus picos atingem 2.024 metros (6.640 pés). Já a ilha do Príncipe possui cerca de 30 km (19 mi.) de comprimento e 6 km (4 mi.) de largura. Rápidos córregos radiantes descem as montanhas através de exuberante floresta e atravessam lavouras em direção ao mar.

Como um importante porto, São Tomé está localizado na Baía Ana Chaves, no nordeste da ilha de São Tomé, e o Ilhéu das Cabras fica perto da costa. São Tomé está situado no nordeste de Trindade, a sudeste de Guadalupe e noroeste de Santana.

Economia[editar | editar código-fonte]

Mercado em São Tomé.

A cidade é o principal porto do país, concentrado e exportação de cacau e banana. Na cidade também é o Palácio Presidencial, um cinema e dois mercados, uma estação de rádio, um hospital e um aeroporto internacional. A cidade de São Tomé é também o centro da rede de transportes e estradas da ilha.

Meio de Transporte[editar | editar código-fonte]

A cidade se une com as demais localidades através de várias estradas, aínda que a vía de comunicação principal é a rodovia que percorre o perímetro da ilha. O Aeroporto Internacional de São Tomé (IATA: TMS, ICAO: FPST) serve o país em termos internacionais, possui administração pública e recebe voos principalmente de Portugal e Angola.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre São Tomé (São Tomé e Príncipe)
Portal A Wikipédia possui o
Portal de São Tomé e Príncipe
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da África, integrado no Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.