Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa do Brasil Feminino de 2010
IV Copa do Brasil de Futebol Feminino
Dados
Participantes 32
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 16 de agosto4 de dezembro
Gol(o)s 190
Partidas 56
Média 3,39 gol(o)s por partida
Campeã Rio de Janeiro Duque de Caxias (1º título)
Vice-campeã Paraná Foz do Iguaçu
Melhor marcadora Raquel (Duque de Caxias) – 9 gols
Maior goleada
(diferença)
Vila Nova Espírito Santo (estado) 0 – 10 Rio de Janeiro Duque de Caxias
Estádio Municipal do SESIVila Velha
26 de agosto, Primeira fase
◄◄ Brasil 2009 Soccerball.svg 2011 Brasil ►►
Equipe do Duque de Caxias, campeã. Foto de Vitor Costa.

A Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2010 ocorreu entre 16 de agosto e 4 de dezembro, foi organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e participaram 32 equipes de todas as regiões do Brasil.[1]

O Duque de Caxias sagrou-se campeão ao vencer o Foz do Iguaçu por 1 a 0 na decisão, realizada no estádio Marrentão, em Duque de Caxias. A primeira partida da decisão foi realizada em 1 de dezembro, no estádio do ABC, com o placar de 2 a 1 para o Foz do Iguaçu. O desempate, já que o placar agregado foi 2 a 2, se deu na regra do gol fora de casa.[2]

Sistema de disputa[editar | editar código-fonte]

O sistema de disputa foi semelhante ao da Copa do Brasil de futebol masculino, com jogos eliminatórios (mata-mata) até a decisão do título. A equipe que somou o maior número de pontos ganhos ao final das duas partidas disputas, dentro do próprio grupo, em cada fase, foi classificada para compor os grupos das fases seguintes. As equipes iniciaram cada fase com zero pontos, ou seja, os resultados da fase anterior foram descartados na fase seguinte.

Na primeira fase as equipes foram dispostas em grupos regionalmente (grupos 1 a 8 - região Norte e Nordeste; grupos 9 a 16 - Centro-Oeste, Sul e Sudeste) para facilitar o deslocamento das equipes e, apenas nesta fase, caso a equipe visitante tivesse vencido a primeira partida por três gols ou mais de diferença, estaria automaticamente classificada.

Nas 3 primeiras fases, as equipes se enfrentaram em jogos de ida e volta (exceto se o jogo de volta tivesse sido eliminado por vitória do visitante por um placar superior a 3 gols na primeira fase), sendo o mandante do jogo de volta a equipe pertencente à federação melhor posicionada no ranking da CBF.

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Os critérios de desempate, caso houvesse igualdade em pontos ganhos ao final das duas partidas de cada grupo, em cada fase, foram os seguintes, aplicáveis à fase, nessa ordem:

  • Maior saldo de gols (diferença entre os gols marcados e sofridos)
  • Maior número de gols marcados nas partidas em que o mando de campo foi do clube adversário
  • Cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board (essa disputa, quando aplicável, deverá ser iniciada 10 minutos após o término da partida)

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Primeira fase Oitavas-de-final Quartas-de-final Semifinal Final
 
 Acre Assermurb 1
 Amazonas São Raimundo-AM 5
 Amazonas São Raimundo-AM 3 3
 Roraima Atlético Roraima 0 0
 Roraima Atlético Roraima 2 0
 Amapá Oratório 0 2
 Amazonas São Raimundo-AM 1 1
 Mato Grosso Mixto 2 1
 Rondônia Genus 1 0
 Mato Grosso Mixto 2 3
 Mato Grosso Mixto 0 4
 Pará Pinheirense 0 1
 Maranhão Internacional-MA 0 1
 Pará Pinheirense 1 6
 Mato Grosso Mixto 1 0
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 5 5
 Distrito Federal (Brasil) ASCCOP 4 3
 Minas Gerais Atlético Mineiro 1 2
 Distrito Federal (Brasil) ASCCOP 1 1
 São Paulo Francana 1 0
 Mato Grosso do Sul Comercial-MS 0
 São Paulo Francana 3
 Distrito Federal (Brasil) ASCCOP 1 0
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 1 1
 Espírito Santo (estado) Vila Nova-ES 0
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 10
 Rio de Janeiro Duque de Caxias 2 1
 São Paulo Botucatu 1 2
 Rio de Janeiro Volta Redonda[i] 1 1
 São Paulo Botucatu 0 2
 Rio de Janeiro Duque de Caxias (gf) 1 1
 ParanáFoz do Iguaçu 2 0
 Tocantins Atenas 1 0
 Goiás Aliança 3 1
 Goiás Aliança 0 0
 São Paulo Santos 6 8
 Minas Gerais Iguaçu 0
 São Paulo Santos 7
 São Paulo Santos 1 0
 Paraná Foz do Iguaçu 1 1
 Santa Catarina Kindermann 8 2
 Rio Grande do Sul GEPOL 0 0
 Santa Catarina Kindermann 0 2
 Paraná Foz do Iguaçu 0 3
 Paraná Foz do Iguaçu 5 3
 Rio Grande do Sul Guaíba 0 0
 Paraná Foz do Iguaçu 1 3
 Bahia São Francisco 2 1
 Piauí Tiradentes 3 1
 Ceará Fortaleza 0 1
 Piauí Tiradentes 3 0
 Pernambuco Vitória-PE 0 5
 Sergipe Boca Júnior 0
 Pernambuco Vitória-PE 6
 Pernambuco Vitória-PE 0 2
 Bahia São Francisco 1 2
 Paraíba Botafogo-PB 3 1
 Rio Grande do Norte Potiguar de Parnamirim 0 0
 Paraíba Botafogo-PB 2 0
 Bahia São Francisco 1 3
 Alagoas ECA 2
 Bahia São Francisco 10
  • i. ^ O Volta Redonda foi eliminado da competição por escalação irregular da atleta Diany. A vaga ficou com o Botucatu.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2010
Rio de Janeiro
DUQUE DE CAXIAS
Campeão
(1º título)

Referências

  1. «Copa do Brasil de Futebol Feminino começa no dia 26 de agosto com 32 clubes. Veja a tabela». CBF. 4 de agosto de 2010. Consultado em 4 de novembro de 2010 [ligação inativa]
  2. «Com confusão, CEPE é campeão da Copa do Brasil de Futebol Feminino». LANCE!. 4 de dezembro de 2010. Consultado em 5 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]