Estácio Gonçalves Souto Maior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Estácio Gonçalves Souto Maior (Bom Jardim, Pernambuco, 30 de julho de 1913Brasília, Distrito Federal, 12 de outubro de 1974) foi um médico e político brasileiro.[1]

Médico formado em 1935 pela Faculdade de Medicina de Pernambuco, ingressou na vida politica filiando-se ao Partido Trabalhista Brasileiro. Elegeu-se deputado federal por seu estado no pleito de outubro de 1954 e reelegeu-se quatro anos depois. Após a renúncia do presidente Jânio Quadros, votou conta a Emenda Constitucional nº 4, que implantou o sistema parlamentarista de governo, sob o qual foi nomeado ministro da Saúde, de 25 de agosto de 1961 a 19 de junho de 1962 do governo de João Goulart. Retornou depois à Câmara.

Com a extinção dos partidos políticos em decorrência da edição do Ato Institucional Número Dois e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação da ditadura militar instalado no país em 1 de abril de 1964.

Pai do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet.

Referências


Precedido por
Edward Catete Pinheiro
Ministro da Saúde do Brasil
1961 — 1962
Sucedido por
Manuel Cordeiro Vilaça


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.