Google Shopping

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Google Product Search)
Ir para: navegação, pesquisa
Google Shopping
Google 2015 logo.svg
Lançamento dezembro 12, 2002; há 13 anos (2002-12-12) (como Froogle)[1]
Sistema operacional Qualquer um (aplicação baseada na web)
Gênero(s) Comparação de preços
Página oficial www.google.com.br/shopping

Google Shopping,[2] formalmente Google Product Search, Google Products e Froogle, é um serviço Google inventado por Craig Nevill-Manning que permite aos usuários procurarem por produtos em sites de compras online e comparar os preços entre os diferentes fornecedores.

Originalmente, o serviço listava os preços submetidos pelos comerciantes e foi monetizado pelo AdWords fazendo anúncios como outros serviços do Google. Porém, em Maio de 2012, o Google anunciou que o serviço (do qual também foi imediatamente renomeado para Google Shopping) iria mudar no final de 2012 para um modelo pago, onde os comerciantes teriam que pagar à companhia para poder listar seus produtos no serviço.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Criado por Craig Nevill-Manning[4] e lançado em Dezembro de 2002, Froogle era diferente da maioria dos serviços de comparação de preços pois usava o rastreador web do Google para indexar dados de produtos em websites de comerciantes ao invés de usar uma submissão paga. Assim como Google Search, Froogle foi monetizado usando a plataforma de propaganda AdWords do Google.[5][6]

Com a sua mudança de identidade para Google Product Search, o serviço foi modificado para enfatizar a integração com o Google Search; a listagem do serviço agora aparece junto com os resultados das buscas.[7]

Nomeação[editar | editar código-fonte]

Google Shopping era originalmente conhecido como Froogle, um trocadilho com o termo "frugal". Em 18 de Abril de 2007, o produto foi renomeado para Google Product Search; o nome foi descartado devido à preocupação de internacionalização, pessoas não entendendo o trocadilho ou não entendendo sobre o que era o serviço e preocupações relacionadas à ação judicial de violação de marca registrada feita pelo site competidor Froogles.[7] Em 31 de Maio de 2012, o produto foi renomeado para Google Shopping.[2] A URL "froogle.com" ainda existe como um redirecionamento para o site do Google Shopping(US).

Países[editar | editar código-fonte]

Google Shopping está atualmente disponível em:[8][9]

  • Estados Unidos
  • Reino Unido
  • Alemanha
  • França
  • Japão
  • Itáia
  • Espanha
  • Holanda
  • Brasil
  • Austrália
  • Suíça
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • México
  • Noruega
  • Polônia
  • Suécia
  • Turquia
  • República Checa
  • Canadá
  • Índia
  • Rússia

Referências

  1. «Google Feels a Little Froogle - InternetNews.». Internet News. 2002-12-12. Consultado em 12 de Março de 2016. 
  2. a b «Google Commerce: Building a better shopping experience». Google Commerce Blog. 31 May 2012. Consultado em 9 de Julho de 2012. 
  3. Efrati, Amir (1 de Junho de 2012). «Google Makes Shopping Site Pay-to-Play». The Wall Street Journal. Consultado em 9 de Julho de 2012. 
  4. David A. Vise; Mark Malseed (2006). The Google Story Delta Trade Paperbacks [S.l.] pp. 137–. ISBN 978-0-553-38366-9. 
  5. «Google searches out an e-tail niche». CNET. Consultado em 28 de Março de 2013. 
  6. «Will Froogle Be a Google for Shoppers?». Businessweek. Consultado em 28 de Março de 2013. 
  7. a b «Google takes the pun out of shopping». CNET. 18 April 2007. Consultado em 28 de Março de 2013. 
  8. Google Shopping Rolls Out In More Countries. WebProNews. Retrieved on 2013-11-29.
  9. Inside AdWords: Google Shopping

Ligações externas[editar | editar código-fonte]