Helter Duarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hélter Duarte
Nascimento 25 de setembro de 1970 (48 anos)
Goiânia (GO)
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Universidade Federal de Goiás
Ocupação Jornalista e apresentador de televisão
Principais trabalhos Globo Internacional, Bom Dia Pernambuco, Bom Dia Rio, RJTV, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e Jornal Nacional

Hélter Mendes de Mesquita e Duarte mais conhecido como Hélter Duarte (Goiânia, 25 de setembro de 1970) é um jornalista, apresentador de televisão e repórter brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Trabalhando na rádio desde os 12 anos [1],Formou-se em jornalismo na Universidade Federal de Goiás, em 1991. Ainda na faculdade montou com os amigos um programa na rádio da UFG. Em 1988, na TV Brasil Central, começou a se destacar como repórter e foi chamado, pouco tempo depois, para ingressar na TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo [2]. Logo foi chamado para apresentar telejornais, inicialmente no Bom Dia Goiás e mais tarde no Jornal Anhanguera - 2ª Edição.

Em sequência, Hélter transferiu-se para a TV Globo Nordeste no Recife, onde ficou por mais cinco anos, sempre apresentando e ao mesmo tempo fazendo reportagens. [3]. Seis meses depois, ele colocaria sua primeira reportagem no Jornal Nacional. [4]

Mudou-se então para o Rio de Janeiro e participou de coberturas como a morte de Tim Lopes e o massacre na escola em Realengo. Lá, foi apresentador fixo do Bom Dia Rio e RJTV e eventual do Brasil TV.

Em 2012 trocou de função com o repórter Flávio Fachel e foi ser correspondente em Nova York.[5] Nos EUA, Hélter também fez coberturas como o furacão Sandy e o Óscar.[6]

Em 2016, Hélter retornou ao Brasil como repórter no Rio de Janeiro e apresentador eventual do RJTV [7]

Referências