Hugo de Souza Nogueira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Hugo Souza
Hugo Souza
Hugo em 2017.
Informações pessoais
Nome completo Hugo de Souza Nogueira
Data de nasc. 31 de janeiro de 1999 (22 anos)
Local de nasc. Duque de Caxias, (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,99 m
destro
Apelido Neneca
Informações profissionais
Clube atual Flamengo
Número 13
Posição goleiro
Clubes de juventude
2004–2007
2008
2008
2009–2020
Vasco da Gama
Fluminense
Vasco da Gama
Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes
2020– Flamengo
Seleção nacional
2017–2018
2018
Brasil Sub-20
Brasil

Hugo de Souza Nogueira, mais conhecido como Hugo Souza, Hugo ou pelo seu apelido Neneca (Duque de Caxias, 31 de janeiro de 1999), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente, joga pelo Flamengo.

Ganhou o apelido em referência à semelhança física ao goleiro Hélio Miguel, o Neneca, ídolo e campeão do Campeonato Brasileiro com o Guarani em 1978.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Cresceu em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Começou a jogar futebol com apenas quatro anos de idade, fazendo peneiras. Aos cinco anos, e com a insistência de seu pai, Jorge, entrou na equipe de futsal do Vasco da Gama. Nesse período, recebia uma ajuda de custo de 600,00 reais que ajudava a sobreviver, já que a família não tinha condições. Mas a ajuda foi cortada e o atleta foi deslocado para o futebol de campo, onde não se recebia ajuda de custo. Como não tinha condições de arcar, saiu do Vasco da Gama com oito anos.[2][3][4]

Chegou a atuar no futsal do Fluminense por seis meses, e depois retorna ao Vasco, saindo logo depois por ter ajuda de custo cortado mais uma vez.[5]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Base[editar | editar código-fonte]

Depois de ficar algum tempo treinando em campos de várzea e em um colégio de Irajá, chegou, em março de 2009, ao Flamengo, aos dez anos de idade. Primeiro, foi para o pré-mirim do futsal, se destacando e fazendo a transição ao campo.[6]

Para ir aos treino, Hugo enfrentava um trajeto de 4 horas de Caxias ao Ninho do Urubu, em Vargem Grande, antes da família ter condições de se mudar para uma região mais próxima ao CT do clube e aos 15 anos passou a morar no CT.[7] Ganhou inúmeros títulos na base, como o bicampeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016 e 2018, a Copa Brasil-Japão Sub-15 em 2014, e os Estaduais Sub-17 em 2016 e Sub-20 em 2018,[8] além do ano de 2019, ano em que ganhou 5 títulos, sendo esse o ano mais vencedor da categoria Sub-20 na história do clube.[9]

Profissional[editar | editar código-fonte]

2020[editar | editar código-fonte]

Após um ano vencedor na base, Hugo foi promovido juntamente com a base do Sub-20 para atuar no Carioca, devido ao time principal estar de folga por disputar o Mundial de clubes daquele ano.[10] Mas Hugo não chegou a atuar, já que Gabriel Batista, era o titular na época.

Hugo estreou pelo Flamengo no dia 27 de agosto de 2020, assumindo a meta Rubro-negro às pressas em meio ao surto de covid-19 sofrido no elenco, no empate de 1 a 1 com o Palmeiras, no Allianz Parque, sendo ainda considerado o homem do jogo logo em sua estreia.[11] Ganhou o prêmio de defesa mais bonita da Copa do Brasil 2020, feita na vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Athletico Paranaense, na partida de ida das oitavas de final.[12]

Em 3 de dezembro, após atuações boas e de destaque nos 15 jogos em que esteve na meta rubro-negra, renovou seu contrato até o fim de 2025.[13]

2021[editar | editar código-fonte]

Com o título do Campeonato Brasileiro ganhado em 2020, Hugo se tornou o goleiro mais jovem da história do Flamengo a se sagrar campeão da competição.[14] Após 6 meses sem atuar em uma partida pelo clube (sua última partida havia sido em 4 de maio, na vitória de 3–2 sobre a LDU em jogo da fase de grupos da Libertadores, entrando no intervalo após Diego Alves lesionar-se), voltou a atuar em 11 de novembro, na vitória por 3–0 sobre o Bahia na 32.ª rodada do Brasileirão.[15][16]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Foi convocado pelo técnico Carlos Amadeu para a disputa do Torneio de Toulon de 2017, na França.[17]

No dia 13 de dezembro de 2019, foi convocado para a disputa do Sul-Americano Sub-20,[18] mas não atuou na competição.

Principal[editar | editar código-fonte]

Com apenas 19 anos, Hugo foi convocado pelo técnico Tite no lugar de Ederson, para os amistosos contra os Estados Unidos e El Salvador, nos dias 7 e 11 de setembro respectivamente[19], mas não chegou a atuar.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até dia 6 de dezembro de 2021.[20][21]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Flamengo 2020 23 0 3 0 1 0 27 0
2021 7 0 0 0 0 0 5 0 12 0
Total 30 0 3 0 1 0 5 0 39 0
Total na Carreira 30 0 3 0 1 0 5 0 39 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Base[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Burlá, Leo (9 de outubro de 2020). «Neneca 'original' do Flamengo abençoa Hugo e se rende ao goleiro: "Único"». UOL. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  2. «Da Baixada ao Ninho: as batalhas de Hugo Souza, o Neneca, para brilhar no Flamengo». GE. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  3. «Destaque do Flamengo virou goleiro por acaso no Vasco e surpreendeu o pai: 'É isso o que tem, então vamos'». ESPN.com. 28 de setembro de 2020. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  4. Costa, Rogger da (28 de setembro de 2020). «HUGO SOUZA, A HISTÓRIA DA SURPRESA RUBRO-NEGRA CONTRA O PALMEIRAS». Voa Goleiro. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  5. «Hugo Souza relembra trajetória difícil e revela ligação de Taffarel após ótima estreia no Flamengo». ge. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  6. «Hugo Souza e Luiz Henrique se despedem da base no Flamengo e miram Carioca com o profissional». ge. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  7. «Títulos, emoção com o pai e mais: Hugo Souza retorna a São Januário com novo status pelo Flamengo». m.lance.com.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  8. «Hugo Souza». SMG. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  9. «Garotos do Ninho! Base do Flamengo encerra temporada com 27 títulos». Lance!. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  10. «Hugo Souza e Luiz Henrique se despedem da base no Flamengo e miram Carioca com o profissional». ge. Consultado em 1 de março de 2021 
  11. «Melhor em campo, goleiro do Flamengo que não jogava havia 9 meses vai às lágrimas ao lembrar de pai falecido». ESPN.com. 27 de setembro de 2020. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  12. Hora, Jornal Meia. «MH - Flamengo». www.meiahora.com.br. Consultado em 23 de março de 2021 
  13. «Flamengo acerta renovação do goleiro Hugo até o fim de 2025». ge. Consultado em 1 de março de 2021 
  14. «Hugo vive noite de pesadelo, mas faz história por ser o goleiro mais jovem a vencer o Brasileiro pelo Flamengo». Lance!. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  15. «VÍDEO: Hugo Souza fala sobre sentimento de voltar ao gol do Flamengo». Terra. Consultado em 13 de novembro de 2021 
  16. «Hugo celebra nova oportunidade e se declara ao Flamengo: 'Defender o manto é o que mais amo fazer'». www.uol.com.br. Consultado em 13 de novembro de 2021 
  17. «Com quatro do São Paulo e três do Fla, Amadeu convoca sub-20 para Torneio de Toulon». ge. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  18. «Seleção Brasileira Sub-20 convocada para o Sul-Americano 2019». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  19. «Convocado para a Seleção, Hugo, goleiro sub-20 do Flamengo, se emociona». ge. Consultado em 1 de março de 2021 
  20. «Hugo Souza :: Hugo de Souza Nogueira :: Flamengo». www.ogol.com.br (em bretão). Consultado em 1 de março de 2021 
  21. «Brasil - Hugo Souza - Dados do jogador, novidades e estatísticas da carreira - Soccerway». pt.soccerway.com. Consultado em 1 de março de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]