Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Naruhito
Príncipe Herdeiro do Japão
Príncipe Naruhito no Brasil, 18 de junho de 2008
Príncipe Herdeiro do Japão
Reinado 23 de fevereiro de 1960 – presente
 
Cônjuge Masako, Princesa Herdeira do Japão
Descendência Príncipe Herdeiro Japonês (1999)

Aiko, Princesa Toshi

Casa Dinastia Yamato
Nome completo
皇太子徳仁親王
Nascimento 23 de fevereiro de 1960 (57 anos)
  Tóquio, Japão
Religião Xintoísmo
Pai Akihito do Japão
Mãe Michiko do Japão

Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão[1] GCC (徳仁皇太子殿下 Naruhito Kōtaishi Denka; Tōgū, Tóquio, 23 de fevereiro de 1960) é o filho varão primogênito[2] do Imperador Akihito[3] e da Imperatriz Michiko.[4]

Titulado Príncipe Hiro (浩宮 Hiro-no-miya)[5] durante a infância, ele tornou-se o herdeiro aparente[6] do Trono do Crisântemo com a morte de seu avô, o Imperador Showa (Hirohito),[7] no dia 7 de janeiro de 1989.[8]

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 1982, Naruhito graduou-se do Departamento de História da Universidade de Gakushuin, especializando-se em história medieval japonesa. De 1983 até 1985, ele estudou em Merton College, na Universidade de Oxford, Reino Unido. Em 1988, completou seu doutorado em Humanidades na Gakushuin,[9] tornando-se um pesquisador convidado dos arquivos da Universidade[10] em abril de 1992. Desde 2003, concede palestras para alunos universitários.[11]

Noivado e casamento[editar | editar código-fonte]

Casa Imperial do Japão
Dinastia Yamato
Imperial Seal of Japan.svg


SAI a Princesa Mikasa

O príncipe pediu, como se alega,[12] pelo menos duas vezes a mão de Masako Owada (nascida em 1963) em casamento. Masako[13] era uma então diplomata de vinte e nove anos do Ministério das Relações Exteriores japonês e trabalhava juntamente com seu pai, Hisashi Owada. O Palácio Imperial anunciou o noivado de Miss Owada[14] em 19 de janeiro de 1993.

No dia 9 de junho de 1993, o príncipe herdeiro do Japão e Masako Owada casaram-se[15] numa cerimônia xintoísta imperial em Tóquio, com oitocentos convidados e com uma audiência estimada em quinhentos milhões de pessoas ao redor do mundo. Todos os soberanos da Europa compareceram, bem como a maioria dos Chefes de Estado eleitos europeus.

Como conseqüência do casamento, Masako Owada foi titulada "Sua Alteza Imperial a Princesa Herdeira do Japão". Ela é popularmente conhecida apenas como "Princesa Masako",[16] embora essa forma de tratamento esteja incorreta. O casal estabeleceu residência no Palácio Tōgū, em Tóquio.

A princesa Masako[17] teve que desistir de sua carreira diplomática com seu casamento,[18] já que a constituição japonesa não permite que membros da família imperial tenham um emprego.[19][20]

Filhos[editar | editar código-fonte]

O Príncipe Herdeiro Naruhito[21] e a Princesa Herdeira Masako do Japão[22] tiveram dois filhos:

  1. O primeiro filho[23] a ser, sim, concebido[24] morreu Príncipe Herdeiro do Trono do Japão[25] em conseqüência de aborto, em dezembro de 1999.[26][27]
  2. Sua Alteza Imperial[28] a Princesa Aiko (seu título real é Princesa Toshi), nascida no dia 1º de dezembro de 2001.

Passatempos favoritos e interesses[editar | editar código-fonte]

O príncipe Naruhito,[29] é um instrumentista[30] de cordas, e costuma fazer apresentações de viola e violino[31] como amante de música clássica. Gosta de praticar esportes[32] como o tênis,[33] o jogging e o montanhismo no seu tempo livre.[34]

Ele já escreveu um livro, intitulado "The Thames And I: A Memoir Of Two Years At Oxford" (ISBN 1-905246-06-4), memórias sobre suas experiências na Universidade de Oxford que foram publicadas em 1992 e que tiveram a colaboração de Charles, Príncipe de Gales.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2007, o Príncipe Naruhito submeteu-se a uma cirurgia[35] para retirada de um pólipo[36] no duodeno. Seu avô paterno, o falecido Imperador Hirohito, padeceu de câncer duodenal em janeiro de 1989.

Em 2003, o pai do príncipe japonês, o Imperador Akihito teve uma próstata cancerígena removida,[37] e em 2012 o Imperador do Japão sofreu uma nova cirurgia,[38] dessa vez cardiológica,[39] para inserção de marcapasso no coração.

Também, houve o nascimento do novo Príncipe do Brasil,[40] Dom Maximilian de Orleans e Bragança, Cavaleiro Grã-Cruz das Imperiais Ordens de Pedro I e da Rosa,[41] nascido em São Paulo,[42] no dia 14 de junho de 2012. O único Yonsei[43] (nome dado aos bisnetos de japoneses nascidos no Brasil) descendente dos Imperadores do Brasil e membro[44] da Casa Principesca de Orleans e Bragança.[45][46] 

Debate sobre sucessão imperial[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2005, um comitê governamental recomendou mudar a Lei de Sucessão Imperial de 1947 para garantir que o primogênito dos príncipes herdeiros, de qualquer sexo, se tornasse o herdeiro do Trono do Crisântemo. A opinião pública debatia uma reforma para possibilitar a ascensão da Princesa Aiko.[47] O então primeiro-ministro, Junichiro Koizumi, comprometeu-se a levar a reforma ao Parlamento.

Entretanto, a gravidez da Princesa Kiko, esposa do Príncipe Akishino, anunciada oficialmente em fevereiro de 2006, mudou os planos. Em setembro daquele ano, nasceu um menino, o Príncipe Hisahito de Akishino, que é o terceiro na linha de sucessão sob a atual lei. O nascimento de Hisahito foi um alívio para membros partidários tradicionalistas e, de fato, desencorajou as propostas que sugeriam a sucessão feminina. Antes de seu nascimento, 84% da população mostrava-se favorável à mudança.

Acredita-se que o debate será continuado e finalizado em um momento apropriado no futuro.[48]

A ascensão de Naruhito ao Trono do Crisântemo poderá ser antecipada, após seu pai anunciar que pretende abdicar.[49] Porém a renúncia dependerá de mudanças na constituição japonesa, que atualmente não prevê tal manobra.

Estilo real de tratamento de
Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão
Imperial Seal of Japan.svg
Estilo real Sua Alteza Imperial
Estilo alternativo Senhor

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 23 de fevereiro de 1960 - 23 de fevereiro de 1991Sua Alteza Imperial o Príncipe Hiro
  • 23 de fevereiro de 1991 - presenteSua Alteza Imperial O príncipe herdeiro do Japão
  • Novembro de 2007 - dezembro de 2015: Presidente honorário do Conselho Consultivo do Secretário-Geral das Nações Unidas sobre Água e Saneamento
  • Abril de 1989 - presente: Vice-Presidente Honorário da Sociedade da Cruz Vermelha Japonesa

Deveres como príncipe-herdeiro[editar | editar código-fonte]

O estandarte de Naruhito.

Além de participar de eventos públicos e representar a Família Imperial do Japão no exterior, o Príncipe Naruhito tem deveres dentro do exército, da marinha e da força aérea do Japão.

Foi o patrono do Comitê Olímpico Japonês até 1998, quando se tornou membro do Comitê Olímpico Internacional.

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Their Imperial Highnesses the Crown Prince and Crown Princess - The Imperial Household Agency». www.kunaicho.go.jp (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  2. «Princess Mary welcomes Japan's Crown Prince Naruhito to Denmark». Mail Online 
  3. «For the first time in 200 years, a Japanese emperor will abdicate from the throne». Vox 
  4. Langley, William (19 de maio de 2007). «Japanese Empress who dreams of being invisible» (em inglês). ISSN 0307-1235 
  5. «Naruhito | crown prince of Japan». Encyclopædia Britannica (em inglês) 
  6. «Japan's crown prince vows to be a devoted emperor like his father». Los Angeles Times (em inglês). 13 de junho de 2017. ISSN 0458-3035 
  7. «Hirohito, 124th Emperor of Japan, Is Dead at 87». www.nytimes.com. Consultado em 28 de outubro de 2017 
  8. «Emperor Hirohito dies - Jan 07, 1989 - HISTORY.com». HISTORY.com 
  9. «Gakushuin University». Gakushuin University (em japonês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  10. «Gakushuin University Museum of History». www.gakushuin.ac.jp (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  11. http://www.kunaicho.go.jp/e03/ed03-03.html
  12. Hills, Ben (28 de dezembro de 2006). Princess Masako: Prisoner of the Chrysanthemum Throne (em inglês). [S.l.]: Penguin. ISBN 9781101216101 
  13. «Masako | princess of Japan». Encyclopædia Britannica (em inglês) 
  14. «A Princess Ever, an Empress Never? | Kyoto Journal». www.kyotojournal.org (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  15. Sanger, David E. (9 de junho de 1993). «Royal Wedding in Japan Merges the Old and New». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  16. «The diplomatic princess» (em inglês). 30 de novembro de 2001 
  17. «Princess Masako». Ben Hills (em inglês). 10 de novembro de 2013 
  18. «A modern Masako goes backwards in time». Ben Hills (em inglês). 23 de novembro de 2013 
  19. «Japan's Emperor-to-be Prince Naruhito's most touching family moments». hellomagazine.com (em inglês). 14 de julho de 2016 
  20. Brooke, James (20 de maio de 2004). «Japan Crown Prince Complains Wife Is Stifled by Palace Guard». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  21. «Their Imperial Highnesses the Crown Prince and Crown Princess - The Imperial Household Agency». www.kunaicho.go.jp (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  22. «Crown Prince and Princess celebrate their 20th wedding anniversary». The Japan Times Online (em inglês). 10 de junho de 2013. ISSN 0447-5763 
  23. Weisman, Steven R. (13 de dezembro de 1996). «A Princess Speaks». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  24. Hossain, Anushay (8 de maio de 2010). «The Case of Japan's Princess Masako Shows Us the Value Still Placed on Sons Over Daughters». Huffington Post (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  25. Watts, Justin McCurry Jonathan (31 de dezembro de 1999). «Royal miscarriage stuns an expectant Japan». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  26. «雅子さま». Pinterest. Consultado em 28 de outubro de 2017 
  27. «A thorn removed». South China Morning Post (em inglês) 
  28. «Japan's little prince could be last emperor on unreformed Chrysanthemum Throne». Reuters. Thu Oct 13 23:07:56 UTC 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  29. «Crown Prince Naruhito says will devote his 'heart and soul' to job as emperor». The Japan Times Online (em inglês). 13 de junho de 2017. ISSN 0447-5763 
  30. Lies, Elaine. «Japan's crown prince says will model himself after father as emperor». U.K. (em inglês) 
  31. «Japan's reclusive Crown Princess Masako to become empress». NewsComAu 
  32. «Japan's crown prince at sports competition for disabled». Getty Images (em japonês) 
  33. «Crown Prince Naruhito Visits Yamagata - Day 3». Getty Images 
  34. Israely, Jeff. «As All Toast Dutch Royals, The Saddest Princess Arrives On Rare Escape From Japan» 
  35. «Japan's Prince Naruhito has successful surgery». DeseretNews.com (em inglês). 7 de junho de 2007 
  36. «Japan's Crown Prince Naruhito surgery a success». Reuters. Wed Jun 06 09:08:32 UTC 2007  Verifique data em: |data= (ajuda)
  37. http://search.japantimes.co.jp/cgi-bin/nn20070607b1.html
  38. «What happened to Japan's disappearing princess?». New York Post (em inglês). 15 de junho de 2017 
  39. «Akihito heart surgery 'a success'». BBC News (em inglês). 18 de fevereiro de 2012 
  40. «Causa Imperial». www.facebook.com. Consultado em 28 de outubro de 2017 
  41. «CASAS REAIS». Pinterest. Consultado em 28 de outubro de 2017 
  42. «'Febre de princesas' impulsiona escola e gera oficina de 'desprincesamento'». Folha de S.Paulo 
  43. «Miguita, Luiz Carlos». familiasimigrantesjaponesaspr.blogspot.jp. Consultado em 28 de outubro de 2017 
  44. «Diario de uma Monarquista». diariodeumamonarquista.tumblr.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2017 
  45. «SOCIEDADE - OSWALDO MILITÃO». Folha de Londrina 
  46. «Oswaldo Militão». Folha de Londrina 
  47. Rich, Motoko (17 de maio de 2017). «Japanese Princess's Engagement Revives Debate on Women in Royal Family». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  48. «Princess Mako engagement to commoner rekindles debate on shrinking Imperial line». The Japan Times Online (em inglês). 1 de setembro de 2017. ISSN 0447-5763 
  49. «Imperador Akihito, do Japão, indica que deve abdicar». 8 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  50. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Naruhito". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 9 de abril de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]