Região Metropolitana do Vale do Itajaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

Região Metropolitana do Vale Rio Itajaí
Localização
Localização da Região Metropolitana do Vale Rio Itajaí
Unidade federativa  Santa Catarina
Lei Criada pela LCE 162/1998
Extinta pela LCE 381/2007
Recriada pela LCE 495/2010
Data da criação 6 de janeiro de 1998
Número de municípios 5
Área de expansão: 11
Cidade-sede Blumenau
Características geográficas
Área 5 006,417 km²[1]
População 809 072 hab. (27º) 2018[2]
Densidade 161,61 hab./km²
PIB R$ 14.609.598,833 IBGE/2008[3]
PIB per capita R$ 22.235,85 IBGE/2008[3]

A Região Metropolitana do Vale do Itajaí é uma região metropolitana brasileira. Criada pela lei complementar estadual n° 162 de 1998, foi extinta pela lei complementar estadual n° 381 de 2007 e reinstituída pela lei complementar estadual n° 495 de 2010. Localiza-se no estado de Santa Catarina. Com uma população de 449.726 habitantes (IBGE/2005) compreendia os municípios de Blumenau, Gaspar, Indaial, Pomerode, Timbó. Sua área de expansão metropolitana engloba onze municípios localizados em torno do núcleo metropolitano.

Município[editar | editar código-fonte]

Municípios População
(2018)[2]
Anexado em Legislação
Blumenau 352.460 1998 Lei complementar estadual
Gaspar 68.465 1998 Lei complementar estadual
Indaial 67.923 1998 Lei complementar estadual
Pomerode 32.874 1998 Lei complementar estadual
Timbó 43.484 1998 Lei complementar estadual
Total 565.206 1998 Lei complementar estadual

Área de expansão metropolitana[editar | editar código-fonte]

A área de expansão metropolitana da Região Metropolitana do Vale do Itajaí é integrada pelos municípios de:

Município População
(2018)[2]
Apiúna 10.636
Ascurra 7.889
Benedito Novo 11.526
Botuverá 5.169
Brusque 131.703
Doutor Pedrinho 4.013
Guabiruba 23.272
Ilhota 14.005
Luiz Alves 12.609
Rio dos Cedros 11.542
Rodeio 11.502
Total 243.866

Transporte coletivo[editar | editar código-fonte]

O transporte coletivo na Região Metropolitana do Vale do Itajaí é composto basicamente por ônibus, sendo utilizado largamente para deslocamento da população residente nos municípios de Blumenau, Gaspar, Indaial, Pomerode, Timbó, que formam o núcleo metropolitano, além da área de expansão metropolitana composta por onze municípios (Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Botuverá, Brusque, Doutor Pedrinho, Guabiruba, Ilhota, Luiz Alves, Rio dos Cedros, Rodeio).

Ele pode ser dividido em:

  • Linhas municipais urbanas de Blumenau (Sistema Integrado de Transporte, formado pelo Consórcio SIGA, com 6 terminais) é operado pelas empresas Coletivo Rodovel Ltda. (antiga Transportes Coletivos Fiedler Ltda. e Coletivo Ouro e Prata Ltda., e absorveu a Coletivo Gomes Ltda.), Empresa Nossa Senhora da Glória Ltda. (absorveu Coletivo Cidade Jardim Ltda., Transporte Coletivo Ulrich Ltda., Kumm Irmãos & Cia. Ltda.) e Viação Verde Vale Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Gaspar (com 1 terminal) é operado pela empresa Auto Viação do Vale Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Indaial (com 1 terminal) é operado pela empresa Auto Viação Rainha Ltda. (antiga Transporte Coletivo Indaial)
  • Linhas municipais urbanas de Pomerode é operado pela Empresa de Transportes Coletivos Volkmann Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Timbó é operado pela empresa Lancatur Transporte e Turismo Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Apiúna é operado pela empresa Alvostur Transporte e Turismo Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Brusque (Sistema Integrado de Transporte, com 1 terminal) é operado pelas empresas Santa Luzia Transporte e Turismo Ltda. – Geneve Turismo e Santa Teresinha Transporte e Turismo S.A. – Brusquetur (antiga Santa Terezinha Transporte e Turismo S.A. – Brusquetur)
  • Linhas municipais urbanas de Ilhota é operado pela empresa Auto Viação do Vale Ltda.
  • Linhas municipais urbanas de Rio dos Cedros é operado pela empresa Lancatur Transporte e Turismo Ltda.
  • Linhas intermunicipais urbanas é operado pelas empresas Auto Viação Rainha Ltda., Viação Verde Vale Ltda., Empresa de Transportes Coletivos Volkmann Ltda., Santa Teresinha Transporte e Turismo S.A., Expresso Presidente Getúlio Ltda., Lancatur Transporte e Turismo Ltda.
  • Linhas intermunicipais rodoviárias é operado pelas empresas Auto Viação Catarinense Ltda., Reunidas S.A. Transportes Coletivos, Empresa União de Transportes Ltda., Auto Viação Rainha Ltda., Viação Nossa Senhora dos Navegantes Ltda., Santa Teresinha Transporte e Turismo Ltda., Expresso Presidente Getúlio Ltda., Pluma Conforto e Turismo S.A., Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo Ltda. – Eucatur, Viação Itapemirim S.A., Unesul de Transportes Ltda., Auto Viação Venâncio Aires Ltda. – Viasul, Empresa de Ônibus Nossa Senhora da Penha S.A.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  2. a b c «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da Federação com data de referência em 1° de julho de 2018» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 1 de julho de 2018 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 12 de dezembro de 2010. 

Ver também[editar | editar código-fonte]